1,429 research outputs found

    Catalisadores das Fake News: Uma Discussão Teórica no Âmbito Sociológico

    Get PDF
    A desinformação está em ascensão nesta era intitulada de pós-verdade, e apresenta-se como um assunto capaz de permitir um amplo campo de investigação. Tendo em consideração as ameaças e consequências da desinformação, através de casos práticos dos últimos anos, é importante perceber no viés sociológico possíveis fatores que impulsionam as pessoas para a credibilização de inverdades. Com isso, o presente artigo propõe uma revisão de literatura, com trabalhos publicados de 2015 a 2019, e uma discussão sobre os possíveis fatores no contexto referido. Como resultado, foram apresentados insights capazes de trazer uma reflexão para investigações futuras.Desinformação; viés sociológico; fake news; catalisadores

    Educação na era da pós-verdade: como lidar com esta realidade?

    Get PDF
    A desinformação, as fake news, as meias verdades e o cenário denominado “pós-verdade” em que nos encontramos influenciam vários campos e dinâmicas sociais. Um desses territórios é o contexto da educação, em que importa compreender as implicações desta era de informação turbulenta e de ascensão de ferramentas tecnológicas que fomentam estados de desinformação. A atual conjuntura tem reflexos nas interações em sala de aula e é necessário perceber de que forma isso acontece e que ferramentas e/ ou métodos poderão ser usados para mitigar efeitos, nomeadamente via mudanças nas práticas pedagógicas. Portanto, este artigo apresenta uma revisão de literatura desenvolvida com o objetivo de começar a perceber as implicações e formas de lidar com a realidade da era da pós-verdade no contexto educacional. Além disso, foram incluídos autores-chave em temas essenciais nesse panorama, como a educação, que permitiram também uma compreensão da necessidade de trabalho a longo prazo neste combate. A literatura sugere, por exemplo, a necessidade de formação contínua dos professores, necessidade de aumentar a capacidade de pesquisa dos estudantes e a importância de criar debates em sala de aula, tendo em vista que uma das características da pós-verdade é a dificuldade do diálogo plural.Este trabalho é apoiado por fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito da bolsa de investigação UI/BD/151163/2021 do projeto 101676689 (TID) que está sendo desenvolvido também com o apoio do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS). Assim, este trabalho é também apoiado por fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto UIDB/00736/2020 (financiamento base) e UIDP/00736/2020 (financiamento programático)

    Educação na Era da Pós-Verdade: Como Lidar Com Esta Realidade?

    Get PDF
    A desinformação, as fake news, as meias verdades e o cenário denominado “pós-verdade” em que nos encontramos influenciam vários campos e dinâmicas sociais. Um desses territórios é o contexto da educação, em que importa compreender as implicações desta era de informação turbulenta e de ascensão de ferramentas tecnológicas que fomentam estados de desinformação. A atual conjuntura tem reflexos nas interações em sala de aula e é necessário perceber de que forma isso acontece e que ferramentas e/ou métodos poderão ser usados para mitigar efeitos, nomeadamente via mudanças nas práticas pedagógicas. Portanto, este artigo apresenta uma revisão de literatura desenvolvida com o objetivo de começar a perceber as implicações e formas de lidar com a realidade da era da pós-verdade no contexto educacional. Além disso, foram incluídos autores-chave em temas essenciais nesse panorama, como a educação, que permitiram também uma compreensão da necessidade de trabalho a longo prazo neste combate. A literatura sugere, por exemplo, a necessidade de formação contínua dos professores, necessidade de aumentar a capacidade de pesquisa dos estudantes e a importância de criar debates em sala de aula, tendo em vista que uma das características da pós-verdade é a dificuldade do diálogo plural

    Factors influencing adaptation from university to employment in Portugal and Brazil

    Get PDF
    The career adaptation model helps to explain the process of transitioning from university to employment among college students. This study tested the invariance of the model for gender and for Portuguese and Brazilian cultural contexts. Participants included 638 students (69% women, 66.1% Brazilian), aged 18 to 56 (M = 23.78, SD = 20.33). Individuals’ adaptability resources, adapting responses, and adaptation results were considered and assessed. Multigroup path analysis results indicated invariance of the model only for contexts, indicating that the adaptation process, in university to employment transition, is equivalent in Portugal and Brazil, guiding career interventions in both contexts.info:eu-repo/semantics/acceptedVersio

    Educación en el trabajo de los profisionales de la salud en hospitales públicos

    Get PDF
    Estudo exploratório-descrito cujos objetivos foram identificar, caracterizar e analisar as atividades educativas desenvolvidas com profissionais de saúde, à luz das concepções de integralidade, trabalho em equipe e educação permanente. A coleta de dados ocorreu em três hospitais do Município de São Paulo, através de entrevista dirigida a informantes-chave, representantes de todas as categorias profissionais. As entrevistas foram gravadas e transcritas, as informações sistematizadas em categorias operacionais e armazenadas em banco de dados. Os resultados mostram que predominaram atividades educativas voltadas às ações de recuperação da saúde, com participação de profissionais de áreas específicas, revelando um distanciamento da concepção de integralidade e de trabalho em equipe. Concluiu-se que as ações de educação dos profissionais de saúde reiteram o modelo clínico de assistência individual, com fragmentação das ações. Recomenda-se que elas sejam repensadas como estratégia integradora de saberes, capazes de promover a integralidade na atenção hospitalar.The objectives of this descriptive exploratory study were to identify, characterize and analyze educational activities developed with health professionals based on integrality, teamwork and permanent education. Data collection was carried out in three hospitals of the city of São Paulo, by means of key-informant interviews, representing all the professional categories. Interviews were recorded and transcribed, information was systematized into operational categories and storage in data bank. The results showed that educational activities aiming actions to recover health with the assistance of professionals of specific areas, revealed a distance from the integrality conception and team work. It was concluded that actions aiming education of health professionals emphasizes the individual clinical model, with fragmented actions of professional categories. So, we suggest reconsidering the integrated strategies of knowledge to promote integrality of hospital attention.Estudio exploratorio-descriptivo cuyos objetivos fueron identificar, caracterizar y analisar las actividades educativas desarrolladas con profisionales de la salud, a la luz de concepciones de integralidad, trabajo en equipo y educación permanente.La colecta de datos ocurrió en tres hospitales del Municipio de São Paulo, a través de entrevista dirigida a informantes-clave, representantes de todas las categorías profisionales. Las entrevistas fueron grabadas y transcritas, las informaciones sistematizadas en categorías operacionales y almacenadas en banco de datos. Los resultados muestran que predominaron las actividades educativas hacia acciones de recuperación de la salud, con participación de profisionales de áreas específicas, revelando un distanciamiento de la concepción de integralidad y de trabajo en equipo. Concluyóse que las acciones de educación de los profisionales de salud reiteran el modelo clínico individual, con fragmentación de las acciones en las categorías profisionales. Estas acciones deberían ser repensadas como estrategia integradora de saberes, capazes de promover la integralidad en la atención hospitalaria

    ACESSIBILIDADE AO SERVIÇO DE SAÚDE: PERCEPÇÕES DE USUÁRIOS E PROFISSIONAIS DE SAÚDE

    Get PDF
    This qualitative study aimed to understand how factors which hinder access to the Family Health Strategy are seen by health service users and health care professionals. The data was collected through semi-structured interviews with 27 health care professionals and 16 health service users of four Family Health Strategy units, and was analysed using Bardin’s thematic content analysis. The results showed that in the perception of health service users and professionals alike, the principal obstacles to accessing the service were the unit’s location, the local geographical characteristics, transport, inadequate clarification of the area covered by the unit, the lack or unpreparedness of the health care professionals, and – finally – urban violence. It is noted that although the Family Health Strategy is meant to be organized based on a territorial perspective, in practice the mapping out of the health situation is done without a full comprehension of areas’ multiple characteristics.Estudio cualitativo, cuyo objetivo fue conocer la percepción de los usuarios y profesionales de salud acerca de los factores que dificultan la accesibilidad a la Estrategia Salud de la Familia. Las informacciones fueron recogidas por medio de entrevista semiestructurada con 27 profesionales y 16 usuarios de cuatro unidades con Estrategia Salud de la Familia. Como método de análisis de informaciones se utilizó la Análisis de Contenido de Bardin. Los resultados demostraron que, en la percepción de los profesionales y usuarios, los principales impedimientos para el acceso al servicio fueron la localización de la unidad, las características geográficas locales, el transporte, la delimitación inadecuada del territorio de abrangencia, la falta de preparación de los profesionales y, finalmente, la violencia urbana. Se concluye que, a pesar de la Estrategia Salud de la Familia ser organizada con base en la perspectiva territorial, en la práctica, el “mapeamento” de la situación de salud es realizado sin una comprensión del territorio en sus múltiplas singularidades.Estudo qualitativo, objetivou conhecer a percepção dos usuários e profissionais de saúde sobre os fatores que dificultam a acessibilidade à Estratégia Saúde da Família. As informações foram coletadas por meio de entrevista semiestruturada junto a 27 profissionais e 16 usuários de 4 Unidades com Estratégia Saúde da Família. Como método de análise das informações coletadas utilizou-se a Análise de Conteúdo de Bardin. Os resultados demonstraram que, na percepção dos profissionais e usuários, os principais empecilhos para o acesso ao serviço foram a localização da unidade, as características geográficas locais, o transporte, a delimitação inadequada do território de abrangência, a falta e o despreparo dos profissionais e, finalmente, a violência urbana. Nota-se que, embora a Estratégia Saúde da Família deva ser organizada com base na perspectiva territorial, na prática, o mapeamento da situação de saúde é realizado sem que se tenha uma compreensão do território em suas múltiplas peculiaridades

    Objectively Measured Physical Activity and Body Mass Index in Preschool Children

    Get PDF
    Aim. To examine the association between objectively measured physical activity (PA) and body mass index (BMI) in preschool children. Methods. The study comprised 281 children (55.9% boys) aged from 4 to 6 years. PA was measured by accelerometer. Children were categorized as non-overweight (NOW) and overweight/obese (OW) according to the sex-adjusted BMI z-score (<1 and ≥1, resp.). Results. Total and moderate intensity PA were not associated with BMI. We observed that a higher proportion of OW children were classified as low-vigorous PA compared to their NOW peers (43.9 versus 32.1%, resp., P > .05). Logistic regression analysis showed that children with low-vigorous PA had higher odds ratio (OR) to be classified as OW compared to those with high-vigorous PA (OR = 4.4; 95% CI: 1.4–13.4; P = .008) after adjusting for BMI at first and second years of life and other potential confounders. Conclusion. The data suggests that vigorous PA may play a key role in the obesity development already at pre-school age

    A influência da obesidade infantil no desenvolvimento de Flutter e Fibrilação Atrial: uma mini revisão de literatura

    Get PDF
    Crianças obesas apresentam um perfil de risco cardiometabólico que pode predispô-las a doenças cardiovasculares como a fibrilação e flutter atrial na idade adulta, nosso estudo se encarregou de analisar a relação do aumento de peso na infância com o surgimento dessas cardiopatias. Trata-se de uma mini revisão de literatura, utilizando a base de dados PubMed, foram incluídos artigos originais publicados nos 5 anos, gratuitos e em inglês, e excluídos artigos que não se correlacionam, sendo selecionados 5. Nos artigos analisados foram encontrados uma relação significativa entre obesidade infantil e aumento de fibrilação e flutter ao longo da vida, verificando os valores IMC, CC, variabilidade genética, atraso eletromecânico e outros. É necessário a diminuição do peso da infância, pois esses apresentam correlação com o surgimento de doenças cardiovasculares ao longo da vida

    ADESIÓN DEL ANCIANO AL TRATAMIENTO DE LA HIPERTENSIÓN ARTERIAL SISTÉMICA: REVISIÓN INTEGRATIVA

    Get PDF
    Objetivando identificar en la literatura los factores que interfieren en el proceso de adesión al tratamiento de la hipertensión, en especial entre ancianos, fue realizada una revisión integrativa de literatura. Utilizándose las bases de datos SciELO, LILACS y PubMed, fueron elegidos 36 artículos, publicados entre enero de 2006 y diciembre de 2010, delimitándose, a partir de estes, cinco grandes grupos de factores que interfieren en la adesión al tratamiento: régimen terapéutico; aspectos socioeconómicos y demográficos; relación con los servicios y profesionales de salud; aspectos psicosociales y culturales; y apoyo familiar y social. Con base en la literatura, personas del sexo masculino y ancianos con baja renta constituyen las poblaciones más vulnerables, siendo múltiplos los aspectos que dificultan la adesión al tratamiento de la hipertensión arterial. La adopción de un abordaje multiprofesional en el tratamiento de los portadores de hipertensión se constituye en el abordaje más adecuado para promover la adesión al tratamiento.Objetivando identificar na literatura os fatores que interferem no processo de adesão ao tratamento da hipertensão, em especial entre os idosos, foi realizada uma revisão integrativa de literatura. Utilizando-se as bases de dados SciELO, LILACS e PubMed foram selecionados 36 artigos, publicados entre janeiro de 2006 e dezembro de 2010, delimitando-se, a partir destes, cinco grandes grupos de fatores que interferem na adesão ao tratamento: regime terapêutico; aspectos socioeconômicos e demográficos; relação com os serviços e profissionais de saúde; aspectos psicossociais e culturais; e apoio familiar e social. Com base na literatura, pessoas do sexo masculino e idosos com baixa renda constituem as populações mais vulneráveis, sendo múltiplos os fatores que dificultam a adesão ao tratamento da hipertensão arterial. A adoção de uma abordagem multiprofissional no tratamento dos portadores de hipertensão constitui-se na abordagem mais adequada para promover a adesão ao tratamento.An integrative literature review was carried out with the aim of identifying in the literature the factors which interfere with the process of complying with treatment for hypertension, especially among the elderly. Using the data-bases SciELO LILACS and Pubmed, 36 articles were selected, published between January 2006 and December 2010. From these, five major groups of factors which interfere with compliance with treatment were defined: therapeutic regime: socio-economic and demographic aspects: relationship with the healthcare service and healthcare professionals: psycho-social and cultural aspects: and family and social support. According to the literature, elderly men on a low income are the most vulnerable population, there being multiple factors which impede compliance with treatment for arterial hypertension. The most appropriate step for promoting compliance with treatment is the adoption of a multiprofessional approach in treatment for carriers of hypertension
    • …
    corecore