Location of Repository

Evolução da paisagem e cenários para conservação da biodiversidade do entorno da Floresta Nacional de Passo Fundo, Mato Castelhano, RS

By Eliziane Carla Scariot

Abstract

A investigação das mudanças no uso da terra como resultado da pressão dos processos antrópicos e uma abordagem metodológica fundamental para estabelecer correlações entre padrões espaciais e temporais e processos ecológicos da paisagem, sendo adequada para o manejo e gestão do entorno das áreas protegidas. O entorno das Unidades de Conservaçao (UCs) no Brasil necessita de medidas que complementem as estratégias de conservação adotadas, unicamente para os limites das UCs. O entorno ou as chamadas zonas de amortecimento das unidades de conservação ainda não tem recebido a atenção necessária para efetivar os objetivos da conservação in situ. O objetivo geral desta tese foi analisar e quantificar a dinâmica de uso e cobertura da terra, o processo de fragmentação dos habitats naturais, a sustentabilidade ecologica e a elaboração de cenários de conservação da biodiversidade da paisagem do entorno da Floresta Nacional de Passo Fundo, RS, no período de 1986 a 2011, a fim de gerar informações que contribuam para o manejo e implementação de medidas de conservação, do entorno desta UC. Foram realizados mapeamentos de uso e cobertura da terra, com base em imagens Landsat 5 de 12/09/1986; 9/08/1997 e de 01/09/2011, órbita 222, pontos 79 e 80. O mapeamento foi efetuado por classificação visual das imagens, em software Mapinfo 10.0. O processo de fragmentação dos habitats naturais em 1986, 1997 e 2011, foi analisado a partir da elaboração de mapas temáticos da vegetação natural do entorno da Flona-PF, e aplicação das seguintes metricas da paisagem, no software Fragstats 4.1: número de fragmentos, área media dos fragmentos, proporção de área natural na paisagem, maior mancha, graus de isolamento/conectividade e complexidade de formas. A sustentabilidade ecológica foi avaliada pelo uso de indicadores de naturalidade/urbanidade (IB), qualidade ambiental dos fragmentos de vegetação natural (IQAbio) e vulnerabilidade ambiental (IVA-P), cujas equações foram calculadas através do software Idrisi Selva. Com os indicadores de naturalidade e qualidade ambiental da vegetação natural foram selecionados os fragmentos da área em estudo com maior naturalidade e qualidade para o delineamento do cenário de conservação da biodiversidade do entorno da Flona-PF. Os resultados mostraram que as forcas diretas e indiretas de mudanças que atuam sobre a paisagem são respectivamente, as atividades agropecuarias, urbanização e conflitos com a comunidade indígena local. De 1986 a 2011 houve uma redução das áreas ocupadas pelas atividades antropicas e um aumento na proporção de áreas naturais. A área média dos fragmentos ou manchas de habitat natural aumentou e a distância de isolamento entre os fragmentos reduziu em 2011, em relaçao aos períodos anteriores (1986 e 1997). Todos os indicadores IB, IQAbio e IVA-P sugerem que a Flona-PF e os fragmentos vizinhos e contínuos a mesma, são as áreas com maior qualidade ambiental, naturalidade e menor vulnerabilidade. A analise de vulnerabilidade (IVA-P) considerou somente as forcas diretas de mudanças da paisagem, no entanto, forças indiretas, como a demanda por apropriação de território pela comunidade indígena local, poderão provocar mudanças na unidade de conservação, inclusive a alteração de sua categoria. Os resultados apontam um tendência para a redução das forças diretas de mudanças no entorno da Flona-PF no período de 1986 a 2011.The investigation of land use changes as a result of pressure from anthropogenic processes, is a tool for establishing correlations between spatial and temporal patterns and ecological processes of the landscape, being adequate for management of the surrounding protected areas. The Conservation Units surrounding_s in Brazil require measures that complement conservation strategies adopted only for the limits of the protected areas. The bu_er zones of conservation units surrounding has not yet received the attention needed to meet the objectives of in situ conservation. The general aim of this work was to analyze and quantify the land use dynamic and fragmentation process of natural vegetation, analyze the ecological sustainability and delineate scenarios for biodiversity conservation in the Passo Fundo National Forest surrounding, in the period 1986 to 2011, in order to generate information to management and implementation of conservation measures. Land use maps were made from Landsat image 5 of 12/09/1986, 08/09/1997 and 01/09/2011, orbit 222, 79 and 80 points. The mapping was done by visual classi_cation in software Mapinfo 10.0. The natural vegetation fragmentation process in 1986, 1997 and 2011 was analyzed from the elaboration of thematic maps of natural vegetation, and application of the landscape metrics in software Fragstats 4.1 (number of fragments, mean area of the fragments, proportion of natural area in the landscape, and degrees of isolation /connectivity and complexity of shapes of the patches). Ecological sustainability was assessed by using naturalness / urbanity (IB), environmental quality of fragments of natural vegetation (IQABIO) and environmental vulnerability (VAT-P) indicators, whose equations were calculated using the Idrisi software Selva. With environmental quality and naturalness and natural vegetation indicators were selected fragments of the study area with higher naturalness and quality to delineate a biodiversity conservation scenario for the Flona-PF surrounding. The results showed that the direct and indirect drivers of landscape change are respectively the agricultural activities, urbanization and conict with the local indigenous community. From 1986 to 2011 there was a reduction in the areas occupied by human activities and an increase in the proportion of natural areas. The average size of fragments or patches of natural vegetation increased, and the isolation distance between the fragments decreased in 2011, compared to previous periods (1986 and 1997). The indicators (IB, IQABIO and VAT-P) pointed Flona-PF and neighboring fragments as the areas with higher environmental quality, naturalness and less vulnerability. However, the vulnerability analysis (VAT-P) take into account only the direct forces changes of landscape changes disregarding the indirect forces as the demand of land by the local indigenous community, which can cause changes in this conservation area, including change of category. The results show a tendency to decrease the direct forces of landscape change for the Flona-PF surrounding during 1986 to 2011

Topics: Conservação, Unidades de conservação, Forças de mudança, Fragmentação florestal, Sustentabilidade ecológica, ECOLOGIA, Surrounding protected areas, Direct and indirect drivers of landscape change, Fragmentation, Ecological sustainability, ECOLOGIA
Publisher: Universidade Federal de São Carlos
Year: 2014
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.BDTD_UFSCAR:oai:ufscar.br:6231
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.