Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Idade e peso a primeira monta de novilhas no Pantanal.

By J. R. B. SERENO, A. O. PELLEGRIN, M. A. C. LARA, U. G. P. de ABREU, F. T. P. de S. SERENO and L. V. de A. S. CHALITA

Abstract

O Pantanal e considerado a maior regiao (140 mil km2) brasileira de cria de bovinos de corte, onde a atividade e desenvolvida extensivamente em pastos nativos com carga animal de 0,27 UA/ha. A exploracao pecuaria e de fundamental importancia para o desenvolvimento e conservacao do ecossistema pantaneiro, pois representa a principal fonte de renda dos produtores locais, que praticam na sua grande maioria uma pecuaria que pode ser considerada ecologica, pois aproveita de forma racional os recursos naturais da regiao produzindo carne oriunda de bovinos criados exclusivamente em pastagem nativa. A idade a primeira monta no Pantanal e considerada tardia quando comparada aos demais sistemas de producao de gado de corte brasileiro, estando situada em torno dos tres-quatro anos de idade. Como consequencxia a idade ao primeiro parto ocorre aos quatro-cinco anos. Esse retrocesso provoca maior intervalo entre partos e retardo nos avancos geneticos, dificultando sobremaneira a renovacao do plantel e encarecendo os custos de producao. O peso a primeira monta parece ser mais importante que a idade pois significa, em outras palavras, que este animal atingiu a maturidade sexual e mostra-se apto para reproducao. O objetivo deste trabalho foi estimar a idade e peso a primeira monta de novilhas das racas Pantaneira (P), Nelore (N) e Mesticas Pantaneira x Nelore (PxN), uma vez que a regiao carece de informacoes desta natureza.200

Topics: Bovino, Reproducao, Pantanal, Bovine, Reproduction
Publisher: Corumba: Embrapa Pantanal, 2002.
Year: 2002
OAI identifier: oai:www.infoteca.cnptia.embrapa.br:doc/809973
Provided by: Infoteca-e

Suggested articles


To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.