Location of Repository

Contribuição para o estudo da tese da estrutura sincrética do serviço social à luz da teoria social crítica

By Marlon Garcia da Silva

Abstract

Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Serviço SocialO presente trabalho retoma e expõe determinações principais da tese defendida por José Paulo Netto acerca da estrutura sincrética do Serviço Social, ao mesmo tempo em que explicita elementos da teoria social crítica de Marx e Lukács, sugerindo a pertinência destes estudos para a decifração e crítica da sociedade burguesa, seus complexos e categorias constitutivos, bem como para a compreensão do estatuto profissional e teórico do Serviço Social. Argumenta-se, a partir dos autores mencionados, que prepondera o complexo da produção na instauração da peculiaridade e do desenvolvimento do ser social, o que o demonstra a análise do complexo do trabalho. Na sociedade burguesa, as relações da propriedade privada dos meios de produção, do capital e do trabalho assalariado, alienado e estranhado, são determinantes das formas de ser e existir dos indivíduos e dos complexos sociais. As manifestações e expressões multiversas da chamada "questão social" são congeniais às relações da produção capitalista, se intensificam no contexto do capitalismo monopolista, determinando, dentre outras coisas, a refuncionalização do Estado burguês. Demonstra-se a estrutura sincrética prática e teórica do Serviço Social a partir de tais relações e raízes.This work takes determination and exposes the main argument put forward by Netto syncretic structure of Social Work, while making explicit the theoretical elements of critical social theory of Marx and Lukács, suggesting the relevance of these studies to decipher and critique of bourgeois society, its complex and constitutive categories, as well as for understanding the theoretical and professional status of social services. It is argued, from the authors mentioned that the complex of production prevails in the establishment and development of the peculiarity of social being, which is shown by the analysis of complex work. In bourgeois society, the relations of private ownership of means of production, capital and wage labor, alienated and estranged, are key ways of being and existence of complex social and individual. Manifestations and expressions of multiversas called "social question" are congenial relations of capitalist production, intensify in the context of monopoly capitalism, determining, among other things, refunctionalisation of the bourgeois state. Shows the structure syncretic theoretical and practical Social Work from such relationships and roots

Topics: Serviço social, Capitalismo, Sincretismo, Ontologia
Publisher: Florianópolis, SC
Year: 2012
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFSC:oai:repositorio.ufsc.br:123456789/96247
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.