Location of Repository

Impacto da superexpressão da proteína Prion Celular sobre o sistema imune correlação com maior susceptibilidade à infecção experimental pelo Trypanosoma cruzi

By Luiz Ricardo Berbert

Abstract

A proteína Príon celular (PrPc) é uma glicoproteína constitutivamente expressa no sistema nervoso, bem como no sistema imune, porém, seu papel fisiológico e em processos infecciosos é pouco compreendido. Dados prévios da literatura sugerem disfunções fisiológicas no sistema imune em modelos murinos transgênicos que superexpressam essa proteína podendo levar os mesmos a um processo de imunodeficiência mediante infecçãos. Para testar essa hipótese, este projeto tem o objetivo de avaliar o impacto da infecção experimental pelo T. cruzi em camundongos que superexpressam (TG20) ou não expressam PrPc (KO), analisando parâmetros de infecção correlacionados com a infiltração linfocitária no tecido cardíaco. Nossos resultados demonstram que a superexpressão de PrPc em camundongos gera inicialmente susceptibilidade do modelo à infecção se comparado ao grupo que não expressa a proteína, conforme observado nas taxas de sobrevida e parasitemia A presença de células T, B, bem como células CD11b+ de infiltrado inflamatório é numericamente maior no grupo TG20, porém, esse evento não parece estar relacionado diretamente com alterações observadas no baço e linfonodos desses animais durane cinética de infecção; em relação à expressão de moléculas de ativação linfócitos nestes modelos, observamos aumento das mesmas nas subpopulações linfocitárias do grupo TG20. Nos timo dos modelos TG20 foram observadas alterações fenotípicas, bem como aumento de espressão de laminina e fibronectina e seus receptores nos timócitos. Os dados deste trabalho demonstram que Prpc tem um grande impacto na fisiologiada infecção pelo T. cruzi no modelo murino que superexpressa essa proteína, correlacionando esse evento a uma imunodeficiência previamente observada no mesmo modelo não infectadoCellular Príon Protein (PrP c ) is a glycoprotein constitutively expressed in nervous an d immune systems, but its physiological role is not well und erstood. Previous data suggest that murine models which overexpress PrP c show physiological disfunctions that could be related with a possible immunodeficiency, which might lead to poor immune response against infections. To support this hypothesis, this project has the aim to evaluate the impact of experimental T. cruzi infection in mice that overexpress or do not express PrP c , correlating infection parameters to lymphocyte infilt ration on heart tissue. Our results demonstrated that PrP c overexpression in mice leads to animal susceptibility during acute infection when compared to KO group, comp aring survival and parasitemia rates on these groups. Inflammatory infiltrate cells such as T and B lymphocytes, as well as CD11b + cells are present in higher numbers in TG20 model, but it seems to be not correlated with spleen and lymph nodes alteractions duri ng infection kinectics; activation molecules are highly express in TG20 periferical lympho cytes. TG20 mouse thymus showed phenotypic alteractions, as well as higher expressio n of laminin and fibronectin and its receptors in thymocytes, which could be possibily re lated to immature thymocyte exportation and their presence in heart tissue. Those data suggest thar PrP c has an important impact during T. cruzi infection in murine model that overexpress PrP c , correlating these alteractions to previous immunodeficien cy in non infected TG20 murine model

Topics: Trypanosoma cruzi, Sistema Imunológico, Príons, Proteínas PrPC, Camundongos
Year: 2010
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_FIOCRUZ:oai:localhost:icict/9095
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.