Location of Repository

Generic strategies in the retail alimentary trade of fruits and vegetable farmers: a comparative study between supermarkets of different carriages

By Marcelo Ferreira Trezza Knop

Abstract

O presente trabalho procura responder se há ou não diferenças estratégicas adotadas no varejo de hortifrutigranjeiros por supermercados de diferentes portes (dois pequenos e dois médios). Nesse sentido, foram adotadas quatro tipologias estratégicas, denominadas estratégias genéricas, ou seja, aquelas que podem ser aplicadas a todos os tipos de empresas. Conseqüentemente, foram aplicadas as tipologias de Porter (2004), Mintzberg (1988; 2006) e Miles et al. (1978). A primeira enfatiza que as empresas devem buscar estratégias de liderança em custo ou diferenciação ou enfoque, visando enfrentar as cinco forças competitivas; a segunda, que é um refinamento da primeira tipologia, destaca que uma empresa pode diferenciar-se no mercado competitivo por meio da qualidade de seus produtos, do preço, da imagem, do design, do suporte e da não-diferenciação dos mesmos. Já a terceira tipologia destaca como as empresas estudadas se posicionam no seu ambiente competitivo, destacando que as mesmas podem adotar estratégia prospectora, defensiva, analítica e reativa, na solução dos seus problemas empreendedores, de engenharia e administrativos. Os resultados da pesquisa mostram posicionamentos distintos das PMEs com relação a como estas definem no setor seu domínio de produto/mercado e constroem mecanismos para atingi-lo. Assim, as pequenas empresas apresentaram um comportamento conservador, enquanto as médias são mais agressivas, isto é, as primeiras buscam estabilidade, e as segundas, crescimento. Com relação às demais estratégias adotadas, pode-se dizer que foram encontradas algumas similaridades, mas também diferenças. Como similaridade pode-se destacar a adoção da estratégia de diferenciação pelas empresas A, B e C, no que tange à qualidade e suporte, e, como diferença, a adoção da estratégia de enfoque em custo no setor pela empresa D. É importante esclarecer também que uma tipologia serviu como complemento para as outras e que verificou-se a importância de um relacionamento mais próximo entre empresa varejista/fornecedor e empresa varejista/cliente, visando à efetividade das ações das mesmas no setor

Topics: Hortifrutigranjeiros, Supermercado, Estratégias, Fruits and vegetable, Supermarkets, Strategies
Year: 2014
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFLA:oai:localhost:1/2511
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.