Location of Repository

Avaliação das alterações da qualidade da água em função das variações de vazões no baixo curso do rio São Francisco

By Sidney Carlos de Jesus Santana

Abstract

204 f,A maioria dos métodos para determinar vazão ecológica são focados na quantidade de água, ficando a qualidade negligenciada, a despeito da sua óbvia importância. A legislação vigente no Brasil é voltada para as demandas humanas, não existindo abordagens para determinar fluxos ecológicos objetivando a qualidade da água para o ecossistema aquático. Modelos matemáticos são cada vez mais empregados na proposição de vazões ecológicas, uma vez que correlacionam a vazão do corpo hídrico com a qualidade da água, podendo, portanto ser reconhecidos como instrumentos úteis para aparar processos de gestão das águas. Tais modelos são constantemente refinados e atualizados, atrelados aos avanços tecnológicos computacionais. Poucos, porém são os exemplos de modelos com enfoque na avaliação da qualidade de água. Este trabalho foi desenvolvido no âmbito do projeto da rede Ecovazão, financiado pelo CT-HIDRO (Edital MCT/CNPq/CT-Hidro no 045/2006), e tem como objetivo principal analisar as condições físicas e químicas da qualidade da água no baixo curso do rio São Francisco, associadas aos cenários de vazões propostas para este ecossistema aquático: vazões ecológicas, propostas pela Rede EcoVazão e a vazão provisória adotada pelo Comitê da Bacia do São Francisco (CBHSF). Para tal, foi utilizado o modelo QUAL-UFMG, que simula a qualidade da água de rios e córregos, com base nos parâmetros OD, DBO, Namoniacal, Nitrito, Nitrato e Pinorgânico. A vazão ecológica proposta para o Ano Seco/período de estiagem (2090 m³ s-1) favoreceu a condição do OD, mas também aumentou a concentração de nutrientes, interferindo negativamente na qualidade da água com relação a esses parâmetros. O mesmo ocorreu no Ano Normal/Período de estiagem, quando a vazão ecológica proposta foi a mais alta entre todas (3170 m³ s-1). Comparando-se todos os cenários estabelecidos em função das vazões, observou- se que a qualidade da água no período de estiagem não foi tão influenciada pelas vazões aplicadas no Ano Seco, quanto no período chuvoso, onde apresentaram vazões mais baixas. No entanto, vazões mais altas propostas para o Ano Normal, mostraram qualidade inferior da água. Dentre os diversos parâmetros de qualidade de água monitorados e que são legislados, apenas a turbidez e o Ptotal apresentaram valores acima do estabelecido pela Resolução CONAMA 357/05 para rio classe 2. A aplicação de alguns métodos quimiométricos de análise de dados permitiu descrever como tais parâmetros se correlacionaram positiva ou negativamente ao longo dos anos em estudo. A partir dos resultados da pesquisa, ficou evidenciado a importância do monitoramento da qualidade da água em função do controle de vazão de um rio, uma vez que a condição da qualidade desejada para a água pode ser prejudicada, mesmo com o uso de uma vazão ecológica proposta dentro dos melhores padrões metodológicos

Topics: Qualidade, Água, Modelagem, Rio São Francisco, Vazão, Ecológica, Quality, Water, Modeling, São Francisco River, Ecological Flow
Year: 2012
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFBA:oai:192.168.11:11:ri/12959
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.