Location of Repository

Ovimbundu imperialism : a false problem

By Alberto Kanjongo

Abstract

À guisa de conclusão, e de acordo com Morais e Correia (1993), as causas da crise que vivem as populações pastoris e agropastoris do Sul de Angola que, inclusivamente as põem em risco de extinção, são os fracos apoios nos serviços de produção animal, a degradação da captação e retenção da água e a liberalização do comércio. Daí que, ao invés de se fazer dos Ovimbundu bode expiatório de alguns dos males que afectam esses grupos, dever-se-ia, como é óbvio, reforçar as capacidades locais, visando promover uma melhor adaptação dos Muíla, Kuvale e outros grupos da região para integrá-los, da melhor maneira, no contexto social e económico vigente em Angola. Isso não é apenas uma acção humanitária, mas o respeito dos direitos das populações marginalizadas e que necessitam também de se sentiram cidadãos. Por outras palavras: uma questão de Direitos Humanos

Topics: Angola, Ethnische Gruppe, Minderheit, Mehrheit, Imperialismus, Nutztierzucht, Landwirtschaft, Konflikt, Territorialer Anspruch, Mbundu, ddc:360
Year: 2009
OAI identifier: oai:publikationen.ub.uni-frankfurt.de:21969

Suggested articles

Preview


To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.