Revistas Eletrônicas CNEC/IESA (Instituto Cenecista de Ensino Superior de Santo Angelo)
Not a member yet
    456 research outputs found

    PROTOCOLOS ESTÉTICOS PARA O MELASMA

    Get PDF

    O USO DO PEELING QUÍMICO NA HIPERPIGMENTAÇÃO CUTÂNEA

    Get PDF

    PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DE PACIENTES SOROPOSITIVOS NO MUNICÍPIO DE ÓBIDOS/PA, ENTRE OS ANOS DE 2012 A 2017

    Get PDF
    A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida é causada pelo retrovírus HIV, caracterizado como um grave problema de saúde pública devido suas características imunossupressoras no organismo. O objetivo desse trabalho foi caracterizar o perfil epidemiológico dos casos notificados e atendidos de HIV no período de 2012 a 2017 no município de Óbidos/Pará. Trata-se de um estudo descritivo, retrospectivo, transversal e documental com abordagem quantitativa, realizado no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) do referido município. As informações foram obtidas a partir da análise do banco de dados do CTA e foram estratificadas de acordo com a variável sexo. Assim, a distribuição de casos por ano evidenciou um aumento gradativo das notificações no período estudado, tanto para o sexo masculino quanto para o feminino, redarguindo desta maneira com o maior numero de casos no ano de 2017. Quanto à incidência e prevalência anual foi encontrado, 3,65 e 4,05 casos/ 10000 habitantes (respectivamente). Em relação ao perfil sociodemográfico da amostra, foi visto que a maioria das participantes do sexo feminino eram solteiras e do sexo masculino casados, com raça/cor parda, baixa escolaridade, com ocupação nas classificações “do lar e empregados”, provenientes do município de Óbidos, da zona urbana (masculino) e da zona rural (feminino). O tipo de exposição foi “relação sexual” para ambos os sexos, com características Heterossexuais. Em relação ao uso dos antirretrovirais, verificou-se que, 97,1% do sexo feminino e 100% do sexo masculino estavam em tal terapia. Destarte, ressalta-se que com o esclarecido do perfil dos pacientes convivendo com HIV foi possível alcançar os objetivos desta pesquisa e compreender a necessidade de novos e mais aprofundados estudos, também foi visível a importância da Equipe de Enfermagem no processo de vigilância epidemiológica e assistência em saúde para com indivíduos soropositivos e a sociedade susceptível

    PADRÃO HORMONAL FEMININO NA MENOPAUSA: PARÂMETROS LABORATORIAIS E CONSEQUÊNCIAS INESTÉTICAS

    Get PDF
    A menopausa é definida pelo último sangramento uterino e, para a sua determinação, é necessário que ocorra a amenorreia por um ano. Por ser de diagnóstico clínico, é indispensável a realização de exames laboratoriais. Através de punção venosa é feita a dosagem hormonal, para que se possa ter um resultado concreto e confiável. A idade média em que ocorre esse processo é de 45 a 55 anos, porém há fatores internos e externos que podem fazer com que essa idade se prolongue ou antecipe. É um período de transição na vida das mulheres, um momento em que o organismo toma novas formas e se manifesta de maneira desigual, resultando em alguns sintomas que afetam a autoimagem feminina como resposta ao desiquilíbrio hormonal. O conhecimento das funções hormonais femininas é de suma importância para a saúde da mulher como um todo. O objetivo dessa pesquisa foi gerar conhecimento e apresentar as alterações e implicações fisiológicas, laboratoriais e inestéticas relacionadas à falência ovariana. Foi realizada uma pesquisa bibliográfica, a partir de bases de dados de pesquisa múltipla da Scielo, PubMed, Biblioteca Virtual da Saúde e Google Acadêmico, publicados a partir do ano de 2009, em português e inglês. A pesquisa ocorreu de março a outubro de dois mil e dezenove

    Expediente Editorial

    Get PDF

    EXPOSIÇÃO SOLAR: DE ALIADA Á VILÃ

    Get PDF
    O sol é necessário a vida e a sobrevivência na Terra, servindo como uma fonte de benefícios para a saúde física e psíquica das pessoas.  Ele também pode atuar como um vilão, sendo nocivo para a saúde de acordo com o tempo de exposição ou desuso de proteção solar, causando efeitos adversos no organismo.  O objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos da exposição solar ao corpo humano. Foi realizado uma pesquisa bibliográfica, utilizando artigos, livros e documentos oficiais do ministério da saúde. Como resultado do estudo, verificamos que a exposição solar pode ser benéfica, auxiliando desde a absorção cálcica até regulação do sono, colaborando ainda no tratamento da depressão a partir da vitamina D ou maléfica causando eritemas solares, fotoenvelhecimento e desenvolvimento do câncer de pele. Concluímos que a exposição solar, se utilizada de forma saudável e em horários adequados, tem grande importância na saúde dos seres humanos

    PERFIL DA AUTOMEDICAÇÃO EM ESTUDANTES DE ENSINO SUPERIOR: IMPACTO NA RESISTÊNCIA BACTERIANA

    Get PDF
    A resistência bacteriana, causada pela mutação espontânea e recombinação de genes, além do consequente surgimento das superbactérias, são problemas crescentes de saúde pública na atualidade e estão diretamente relacionados ao uso indevido de antibióticos. A autoadministracão desses fármacos é um fator determinante, considerando a automedicação como problema de saúde pública. Diante disso, o presente estudo trata-se de um estudo transversal descritivo (observacional), a partir da aplicação de um questionário aos estudantes de uma faculdade de ensino superior da região Noroeste do Rio Grande do Sul. O objetivo central foi estabelecer um comparativo entre o uso irracional de antibióticos entre os estudantes da área da saúde e os demais cursos, além de avaliar o comportamento destes futuros profissionais com relação à prática da automedicação. Os sujeitos submetidos a pesquisa foram os acadêmicos dos cursos de Administração, Análises e Desenvolvimento de Sistemas, Biomedicina, Ciências Contábeis, Direito, Estética e Cosmética, Fisioterapia e Odontologia. Através desta pesquisa, entre ambos os cursos, observou-se um alto índice de automedicação e número significativo de compra de antibióticos sem prescrição médica entre os acadêmicos, além de uma grande tendência na prática da automedicação

    BIOMÉDICOS RISOLOGISTAS: RIR É O MELHOR REMÉDIO

    Get PDF
    Na atualidade, existe quase um consenso sobre a necessidade de se “re-humanizar” a saúde, de se desenvolver e fornecer recursos humanísticos para o processo de formação e de atuação dos diversos profissionais de saúde em geral. Uma iniciativa que vem ganhando adesão crescente de participantes nas escolas de saúde brasileiras é a constituição de grupos de estudantes e profissionais que desenvolvem experiências artísticas, buscando estabelecer um diálogo com seus pacientes por meio da linguagem gestual (os gestos, o toque, o olhar, o sorriso) e as afinidades simbólicas que transmitem amor, cuidado, confiança e segurança. Dentro das diversas formas artísticas de expressar e desenvolver essa capacidade nos futuros profissionais da Saúde, o palhaço parece cumprir de maneira satisfatória o florescer de um olhar mais sensível e atento, centrado não apenas na doença, mas no paciente e em tudo que o circunda. O projeto visa promover a humanização no atendimento ao paciente, inspirando os futuros profissionais de saúde a investir na qualidade do encontro com o paciente. A metodologia baseou-se na realização de uma visita em um asilo de Santo Ângelo onde foram desenvolvidas atividades lúdicas envolvendo música e dança, onde cada biomédico risologista explorou a subjetividade de seu próprio palhaço. Os resultados foram obtidos a nível parcial, visto que o projeto ainda está em execução. Foi possível perceber que um atendimento mais humanizado e voltado para a individualidade do paciente tem impactos muito positivos na saúde dos mesmos. Um dos principais pontos identificados como raiz das melhorias observadas nos pacientes que estiveram em contato com os palhaços é a ressignificação do ambiente em que eles convivem, seja hospital ou asilo. Este fenômeno, desencadeado pelas interações do público alvo com os acadêmicos, ocorre numa janela de tempo maior do que o próprio tempo do encontro em si, ou seja, os pacientes antecipam as visitas dos palhaços antes de eles chegarem, e carregam consigo lembranças após a partida. Portanto, as expectativas que os pacientes possuem quanto ao retorno dos palhaços, podem ser avaliadas como atitudes positivas no processo de recuperação e restauração da saúde.  Ademais, conclui-se que a atuação de palhaços em hospitais e asilos visa integrar um cuidar eficiente e um cuidar mais humano, em consonância com o conceito ampliado de saúde, considerando o ser humano todo em suas multiplicidades, para além do corpo físico. A centralidade deixa de ser a doença, o doente ou seus sintomas físicos e passa a ser a pessoa, sua nova realidade institucionalizada e os sentimentos consequentes dessas alterações.Palavra-chave: Clown; Humanização; Saúde

    396

    full texts

    456

    metadata records
    Updated in last 30 days.
    Revistas Eletrônicas CNEC/IESA (Instituto Cenecista de Ensino Superior de Santo Angelo) is based in Brazil
    Access Repository Dashboard
    Do you manage Open Research Online? Become a CORE Member to access insider analytics, issue reports and manage access to outputs from your repository in the CORE Repository Dashboard! 👇