Location of Repository

Comparação de três técnicas de produção do antígeno do lentivírus caprino utilizado no teste de imunodifusão em gel de ágar.

By R. R. PINHEIRO, A. M. G. GOUVEIA, E. H. YORINORI and A. ANDRIOLI

Abstract

A Artrite Encefalite Caprina (AEC) é uma enfermidade que causa perdas econômicas consideráveis, incluindo perda na produção de leite e diminuição da vida útil do animal. No diagnóstico desta enfermidade o teste de imunodifusão em gel de ágar (IDGA) é utilizado mundialmente como o teste de triagem. Este trabalho teve como objetivo testar três diferentes concentrações de soro fetal bovino (SFB) na produção do antígeno (Ag) para o diagnóstico da AEC, verificar dentre três métodos o mais eficiente para efetuar a concentração e qual a concentração do antígeno produzido mais apropriada para o teste. Tanto o método do AMICON, como o da concentração do Ag por diálise são indicados, entretanto o sistema AMICON, apesar dos custos de implantação, promoveu menor perda de antígeno, maior rapidez e praticidade. Com relação à quantidade de soro fetal bovino (SFB) colocada após a inoculação viral observou-se que 5% de SFB foi a quantidade que apresentou melhores resultados. A concentração do antígeno mais indicada é de 100 vezes, pois permite a detecção de anticorpos contra o vírus da AEC (LVC) por duas proteínas (gp 135 e p28). A purificação do Ag por precipitação/ultracentrifugação, utilizada para provas imunoenzimáticas (ELISA e Dot-BLOT), não apresentou resultados satisfatórios para o IDGA. Comparison of three techniques for production goat lentivirus antigen used in the agar gel immunodifusion test. ABSTRACT - The Caprine Arthritis Encephalitis (CAE) is a disease who cause considerable economic losses, including loss in the milk production and reduction of the useful life of the animal. In the diagnosis of this disease the agar gel immunodifusion test (AGID) is used worldwide as the selection test. The objective of thid work was to test three different concentrations of bovine fetal serum (BFS) in the production of the antigen (Ag) for the diagnosis of the CAE virus (CAEV), to verify amongst the three methods the most efficient concentration and which the antigen concentration of the antigen produced is appropriate for the test. The method of the AMICON and the concentration of the Ag for dialysis was indicated, however the system AMICON, despite the implantation costs, promoted minor loss of antigen, little time expense in the processing and greater simplicity. With relation to the amount of BFS placed after the viral inoculation it was verified that 5% of BFS the amount that presented better resulted. The antigen concentration 100 times was more indicated, therefore it allowed the diagnosis of the CAEV for two proteins (gp 135 and p28). The concentration of the Ag for precipitation/ultracentrifugation, used for imunoenzimatic tests, did not present resulted satisfactory used in the AGID.200

Topics: Artrite encefalite caprina, Imunodifusão, Ágar gel, Caev, Lentivirus, Caprino, Doença animal, Antígeno, Goat
Publisher: Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, São Paulo, v. 42, n. 6, p. 453-458, 2005.
Year: 2010
OAI identifier: oai:www.alice.cnptia.embrapa.br:doc/663722
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.alice.cnptia.embrap... (external link)
  • http://ainfo.cnptia.embrapa.br... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.