Location of Repository

Estudos da ação cito e genotoxica da violaceina e derivados em celulas de mamiferos em cultura

By Maristela de Freitas Pereira

Abstract

A Doença de Chagas é uma infecção parasitária que afeta milhões de latino-americanos, causando nas ares endêmicas, uma entre 10 mortes nos indivíduos de 25 a 64 anos de idade. A quimioterapia da doença é baseada principalmente no uso de dois medicamentos, Nifurtimox (Bay 2502 : Lampit) e Benznidazole (Ro 7-1051 ; Radanil, Rochagan). Ambas as drogas possuem atividade genotóxica comprovada tanto in vitro, quanto in vivo. Assim sendo, resolvemos investigar os efeitos citóxicos do pigmento biossintético de Chromobacterium violaceum (Cepa BB-78), o 1,3-dihidro-2H-inol-2 ona, comumente denominado como Violaceína, bem como de seus derivados, Bromo-Violaceína e Matilol-Violaceína, já que este composto apresentou um perfil biológico interessante, mostrando-se com baixo poder hemolítico, ação microbiana e o mais importante, atividade tripanocida in vitro. Entretanto, Violaceína exibiu uma alta toxidade para células V79/M8, assim como Bromo-Violaceína. Já o derivado Metilol-Violaceína exibiu uma citotoxidade baixa em relação aos outros 2 compostos. A atividade citotóxica de Nifrutimox e Benznidaole também foi testada em células V79/M8. Entretanto, estes 2 compostos se comportaramde maneira similar ao Metilol-Violaceína, tanto na sobrevivência celular, quanto para a inibição da síntese de DNA. Sabe-se no entanto, que os efeitos tóxicos dos medicamentos são devidos à sua biotransformação niotrorredutiva para radicais que possam reagir com constituintes celulares, causando efeitos deletérios. Dosagens preliminares realizadas durante o tratamento das células com Violaceína, indicaram a presença de ?H IND. 2??O IND. 2? no meio reacional, apontando assim, para uma possibilidade de ser uma espécie pesponsável pelos efeitos cito e genotóxicos encontrados nestes estudos. ...Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digitalChagas?Disease is a parasitic infection that effects million of Latinamericans, inducing in endemic areas one in ten deaths in humans between 25 to 64 years old. Disease?s chemotherapy is based on the use of two drugs, Nifurtimox (Bay 2502 : Lampit) and Benznidazole (Ro 7-1051 ; Radanil : Rochagen). Both drugs have a confirmed genotoxic activities in vitro and in vivo. We decided to test the cytotoxic effects of the biosynthetic pigment of Chromobacterium violaceum (strain BB-78), usually knowm as Violacein. This last compound has interesting biological profiles as low hemolytic effect, microbian action and principally in vivo trypanocide activity. Violacein and Br-Violacein exhibited a high toxity in V79/M8 cell. The Methhyl-Violacein derivative showed a low cytotoxicity compared to the other two compounds. Nifurtimox and Benznidazole cytotoxic activity was also tested in V79/m8 cells. However, the profile of both was similar to Methyl-Violacein in cellular survival and DNA inhibition synthesis experiments. It is known that the toxic effects of those drugs are due to their nitroreductive biotransformation to reactive free radicals, interacting with cellular constituents causing the deleterious effects. On prelimary studies using incubation medium of Violacein treatments in V79/M8 cells we observed ?H IND. 2??O IND. 2? formation, a reactive species that may be responsible for the detected cyto and genotoxic effects. ...Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis or dissertation

Topics: Celulas - Cultura e meios de cultura, Bioquimica
Publisher: Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Biologia
Year: 1991
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.BDTD_UNICAMP:oai:unicamp.br:vtls000028983
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.