Location of Repository

Processamento do milho em rações de frangos de corte: desempenho e digestibilidade

By Gracielle Junkes

Abstract

TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Agrárias. Curso de Zootecnia.A busca por técnicas que promovam aumento na utilização dos nutrientes fez com que as técnicas de processamento de ração, como peletização e expansão, ganhassem maior atenção dos nutricionistas. A estas práticas são atribuídos alguns benefícios no desempenho produtivo e na otimização dos nutrientes. Os efeitos do processamento em ingredientes, entretanto, ainda não estão completamente elucidados. Assim, o trabalho objetivou avaliar algumas técnicas de processamento no milho, quantitativamente o principal componente de uma ração para aves. Foram processadas três rações (tratamentos): T1 – ração produzida com milho moído, sem processamento; T2 – ração produzida com milho peletizado e T3: milho expandido e peletizado. As rações foram fornecidas na forma farelada, assim o milho do T2 e T3 foi triturado para a produção das rações. Para as variáveis de desempenho (consumo de ração, ganho de peso e conversão alimentar), foram alojados 600 frangos de corte da linhagem Cobb, criados de um a 42 dias de idade. Foi avaliado também a digestibilidade da matéria seca e energia digestível das rações. Foi utilizado delineamento inteiramente casualizado composto por 3 tratamentos e 8 repetições, com 25 aves por unidade experimental. O processamento do milho não alterou o consumo de ração, ganho de peso médio e conversão alimentar dos frangos nas fases inicial, crescimento e terminação (P>0,05). As rações que utilizaram milho peletizado e milho expandido/peletizado apresentaram uma maior digestibilidade de matéria seca e energia digestível (P<0,05) comparado à dieta farelada (sem processamento do milho), sem diferir entre si. Conclui-se que os benefícios atribuídos ao processamento da ração não se repetem quando estas técnicas são empregadas somente no milho.The search for techniques of feed processing that promote a higher utilization of nutrients, such as pelleting and expanding, have gained more attention from nutritionists. Some benefits in productive performance, cost reduction and optimization of dietary nutrients are directly connected to these techniques. However, the effects of processing ingredients are still not completely understood. Thus, this study evaluated some techniques for processing corn, quantitatively the main component of poultry feed. Three diets (treatments) were processed: T1 - made with milledcorn feed without processing; T2 - produced with pelleted feed and corn; T3 – expanded and pelleted corn. The diets were given to the animals in bran, so the corn was milled in T2 and T3 for the production of feed. For the performance variables (feed intake, weight gain and feed conversion), 600 broilers chicken of Cobb pedigree, raised from one to 42 days of age were housed. It was also evaluated the digestibility of dry matter and the digestible energy of the feed. A completely randomized design consisting of three treatments and eight replicates of 25 animals per experimental unit was used. The processing of corn did not affect feed intake, average daily gain and feed conversion of broilers in starter, grower and finishing (P> 0.05) steps. The diets that used corn pellet andexpanded corn pellet had a higher digestibility of dry matter and digestible energy (P <0.05) compared to mash diet (unprocessed corn), without significant differences between them. We conclude that the benefits attributed to the processing of feed does not happen when these techniques are only used on corn

Topics: Frangos de corte, Milho peletizado, Milho peletizado/expandido
Publisher: Florianópolis, SC
Year: 2014
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFSC:oai:repositorio.ufsc.br:123456789/133258
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.