Location of Repository

Ecologia populacional de Hypsiboas bischoffi boulenger, 1887 (Anura: Hylidae) em áreas aberta e florestada da Mata Atlântica do Sul do Brasil

By Caroline Batistim Oswald

Abstract

TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Biológicas. Biologia.A dinâmica populacional de anuros com ciclo de vida bifásico pode ser estudada nas diferentes fases do seu ciclo de vida e pode variar de acordo com fatores abióticos e bióticos de seus diferentes hábitats. Hypsiboas bischoffi é uma espécie de anuro endêmica da Mata Atlântica que usa corpos d’água permanentes em áreas abertas e florestadas para o desenvolvimento embrionário e larval. Embora apresente uma distribuição geográfica relativamente ampla e populações abundantes, estudos sobre a dinâmica de populações em diferentes habitats são desconhecidos. Este estudo visou associar a abundância de H. bischoffi com temperatura, pluviosidade e umidade do ar em poças de áreas aberta e de floresta secundária, testar o efeito do hábitat sobre o tamanho dos machos, verificar a distância percorrida por indivíduo, estimar parâmetros demográficos de duas populações de H. bischoffi, relacionando-os com pluviosidade e verificar se há similaridade no uso de microambientes entre as duas populações. O estudo foi realizado em dois sítios reprodutivos no município de Santo Amaro da Imperatriz/SC, um em ambiente florestado (poça natural) e outro em ambiente aberto (poça artificial). Cada sítio foi vistoriado quinzenalmente por duas pessoas de abril a novembro de 2012 e de abril a julho de 2013. Os indivíduos encontrados foram sexados, medidos, pesados, marcados com uma etiqueta subcutânea e liberados no mesmo local de captura. Para estimar os parâmetros demográficos foi usado o método Cormack-Jolly-Seber. A sobreposição no uso de microambientes foi avaliada segundo o índice de sobreposição de nicho. No total foram marcados 162 indivíduos de H. bischoffi. Não houve relação significativa da abundância com a pluviosidade, com a temperatura média nem com a umidade do ar. Os machos da poça natural foram significativaemnte maiores que os da poça artificial, indicando que esses ambientes podem diferir na disponibilidade de recursos para o crescimento dos individuos. O recrutamento foi significativamente maior na poça artificial e a pluviosidade esteve relacionada significativamente com a sobrevivência apenas na poça artificial, indicando ser um fator determinante na sobrevivência de indivíduos nas áreas abertas. Apesar da diferença entre as áreas, o padrão de uso do microambientes é semelhante nas duas populações, mostrando a plasticidade da espécie em ocupar os diferentes habitats

Topics: Amphibia,, Habitats,, Fatores abióticos, Dinâmica populacional
Publisher: Florianópolis, SC.
Year: 2013
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFSC:oai:repositorio.ufsc.br:123456789/132686
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.