Location of Repository

Análise do desenvolvimento regional do setor têxtil vestuário do Bom Retiro em São Paulo como um arranjo produtivo local

By Larissa Mitie Tsuruta

Abstract

TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Curso de Administração.Este estudo tem corno objetivo analisar se a região do Bom Retiro, em São Paulo, pode ser caracterizada como um Arranjo Produtivo Local no setor têxtil-vestuário, utilizando o conceito do SEBRAE sobre arranjos produtivos e empregando o modelo de Porter como referencial teórico. Quanto à metodologia, o estudo tem caráter quantitativo e qualitativo, utilizando informações da Pesquisa de Atividade Econômica Paulista (PAEP) extraídas por Brito e entrevistas semi-estruturadas com os agentes da cadeia produtiva na região. A análise empírica apresentou o setor vestuário como uma atividade de alta concentração tanto no município como no Bom Retiro, através do resultado do Quociente Locacional. A formação histórica da região foi importante para a reestruturação produtiva do setor e para o aumento da competitividade. A análise dos determinantes identificou que há condições de fatores favoráveis na região, como recursos humanos e de conhecimento, mas faltam recursos de capital e infra-estrutura urbana. As condições de demanda são as impulsionadoras de desenvolvimento tecnológico, visto sua exigência à inovação do produto e do design. Embora haja um considerável número de indústrias correlatas e de apoio na região, seu relacionamento com as produtoras locais é pouco significativo, impossibilitando um intercâmbio técnico e de informação entre eles. A estrutura do Bom Retiro é composta predominantemente por pequenas e médias empresas, atuantes no segmento modinha e prêta-porter. Com base neste ultimo segmento que as estratégias voltaram-se para a dinâmica tecnológica, com o desenvolvimento de produtos e crescimento das produtoras de moda. Embora muitos fatores apresentam-se favoráveis na região, foi observado que não há cooperação entre os agentes da cadeia têxtil-vestuário devido à heterogeneidade existente, desavenças políticas e algumas especificidades do setor na parte operacional, organizacional ou que envolvem segredos industriais e padronagem, prejudicando o desenvolvimento no local. Falta também conscientização por parte dos empresários dos benefícios reais advindos das estratégias formadas por aglomerações. Por estas razões, o Bom Retiro não pode ser considerado um APL

Topics: Arranjo produtivo local, Competitividade, Cooperação, Desenvolvimento setorial.
Publisher: Florianópolis, SC
Year: 2007
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFSC:oai:repositorio.ufsc.br:123456789/130429
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.