Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

A flexibilização do trabalho e da gestão de pessoas limitadas pela racionalidade instrumental

By Clesar Luiz Loch and Guilherme Silveira Correia

Abstract

This essay aims to discuss the flexibility of work and the people’s management in a context that prevails the instrumental rationality, proper from the enterprises. The work can take positive connotations like its emancipating and transforming character, as it can takes its opposite: alienation and suffering. In the Capitalism, work is organized according to the interests of those who have capital. The people’s management is in tune with the changes in today’s capitalist economy and becomes more flexible through innovative practices, which intend to restore the subjectivity of human nature. This flexibility develops within a context in which the instrumental rationality prevails. It is believed that the people’s management, when based on a substantive view and characterized by an ethical code of conduct, with important values, tends to improve the participation of the workers. In this case, work itself could be able to develop the human potential and assume a creative, transforming and emancipating character.Este ensaio teórico busca discutir a flexibilização do trabalho e da Gestão de Pessoas inserida num contexto em que prevalece uma racionalidade instrumental própria das organizações empresariais. O trabalho pode trazer conotações positivas, como seu caráter transformador e emancipatório, bem como trazer seu oposto: alienação e sofrimento. No modo de produção capitalista, o trabalho se organiza de acordo com os interesses e necessidades do capital. Acompanhando as mudanças do trabalho a Gestão de Pessoas flexibiliza-se por meio de práticas inovadoras com objetivo pretenso de resgatar a subjetividade humana. Essa flexibilização se desenvolve num contexto em que prevalece a racionalidade instrumental. Acredita-se que uma Gestão de Pessoas baseada numa ótica substantiva, caracterizada por uma forma ética de conduta e plena de valores, tende a proporcionar uma efetiva participação do trabalhador. Assim, o trabalho poderia se desenvolver de maneira a promover as potencialidades humanas conferindo a este um caráter criativo, transformador e emancipatório

Topics: Ciências Sociais Aplicadas; Administração, Trabalho. Gestão de Pessoas; Flexibilidade; Racionalidade
Publisher: Universidade Federal de Santa Catarina
Year: 2004
OAI identifier: oai:periodicos.ibict.br.Revista_de_Ciencias_da_Administracao:oai:periodicos.ufsc.br:article/869
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.