Location of Repository

The quality control of cosmetic products, sunscreens used in Brazil

By Sônia Ribeiro Doria

Abstract

O câncer de pele é o mais freqüente entre os tumores diagnosticados, considerado atualmente um grave problema de saúde pública. Responsável por importantes seqüelas decorrentes de intervenções cirúrgicas que geralmente levam a mutilações e até mesmo a morte, quando não são diagnosticados precocemente. A exposição à radiação solar, cujos danos são cumulativos, é um dos principais fatores de risco para o seu desenvolvimento, portanto, a busca por uma fotoproteção efetiva torna-se, desta forma, prioridade para diminuir os riscos à saúde. Considerando as ações da Vigilância Sanitária de proteção à saúde da população, fica evidente a necessidade de melhor entender a eficácia e a segurança dos protetores solares, avaliando a qualidade destes produtos em uso no Brasil. Para verificar, com base nas legislações vigentes, se os limites estabelecidos estão sendo observados, foi desenvolvida e otimizada metodologia analítica para a determinação dos teores dos principais princípios ativos presentes nas formulações que permitiu quantificar a benzofenona-3, o octil metoxicinamato, e o octil salicilato simultaneamente. Através dos parâmetros desenvolvidos para a otimização, a metodologia evidenciou-se adequada para a finalidade pretendida. Experimentos realizados para avaliar a estabilidade fotoquímica dos princípios ativos presentes nos protetores solares demonstraram que o octil metoxicinamato, um dos princípios ativos mais utilizados, foi degradado quando exposto a radiação em apenas 30 segundos de exposição, transformando-se em uma nova substância. Ela foi isolada e identificada como o isômero Z do octil metoxicinamato. A rotulagem dos protetores solares é parte integrante do produto, fazendo parte da qualidade. Através de um estudo seccional foram verificadas as informações contidas nas rotulagens dos protetores solares mais comercializados no Brasil, de acordo com as legislações vigentes e por meio de uma análise crítica, avaliadas se estas orientam o consumidor quanto à escolha e uso adequado do produto. O estudo demonstrou que 76% dos produtos analisados não cumpriam os requisitos técnicos estabelecidos pelas legislações e os dizeres contidos nas rotulagens não eram suficientes nem adequados para orientar o consumidor de modo a obter a proteção solar necessária.Regarding to Health Surveillance actions concerning to protect health population, it is to understand the correct mechanism of sunscreens action and if they are efficient and secure. The present work looked for the evaluation of the quality of such products used in Brazil. To check the sunscreen quality according to Brazilian legislation procedures, in effect, if theyare in agreement to Health Surveillance parameters and topics, the present work optimized themethod and developped a new methodology envolveing calculation of quantities of the activeingredients such as : benzophenone-3 , octyl-methoxycinnamate and octyl-salicilate. The applied methodology show to be proper, and accomplished their main aim. Experimentsperformed to evaluate the active ingredients (substances) photostability in the sunscreen products reveal that the octyl-methoxycinnamate, most used substance in sunscreen products,was degradated , after 30 seconds under exposition, changing to a new substance, isolated, purified and identified in our laboratory as the Z isomer.The sunscreen label , side by side, with other items must be analysed and controled to infer the plain quality of the consumed product. A seccional study, done by our group ,was applied to check the informations declared on sunscreen label of those with large use in Brazil.They were assayed to verified if they were iiagreement with legislation procedures. Doing a critical analyses it was observed that the sunscreen label gave a perfect orientation tothe costumers to find out the best one and if they point out for the correct use. This study proved that 76% of the analysed product did not obey and followed the technical requirements proposed by the legislation. The labels did not offer proper, secure and enough orientation to the user, and by those reasons they could not feel properly protect from sun radiations

Topics: Protetores de Raios Solares, Cosméticos, Benzofenonas, Octanóis, Vigilância Sanitária, Controle de Qualidade
Year: 2008
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_FIOCRUZ:oai:localhost:icict/8236
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.