Location of Repository

Responsabilidade social corporativa : a memória do Programa de Reassentamento dos Atingidos pela Barragem da Usina Hidrelétrica Luiz Gonzaga (ex-Itaparica)

By Pedro Paulo da Cunha

Abstract

No Brasil, água e energia têm uma forte e histórica nterdependência, de forma que a contribuição da energia hidráulica ao desenvolvimento econômico do País tem sido expressiva, seja no atendimento às diversas demandas da economia, ou da própria sociedade, melhorando o conforto das habitações e a qualidade de vida das pessoas. Também desempenha papel importante na integração e desenvolvimento de regiões distantes dos grandes centros urbanos e industriais. A década de 70 registrou um crescimento elevado da demanda por energia elétrica no Brasil; reflexo de políticas desenvolvimentistas de governos anteriores que promoveram o crescimento industrial do País atraindo e criando indústrias de uso alto intensivo da letricidade. No caso da região Nordeste, o crescimento econômico trouxe consigo o risco de um grave racionamento de energia. Para eliminar tal risco, o Estado por intermédio do Sistema Eletrobras realizou a construção de grandes usinas hidrelétricas interligando-as ao sistema nacional. Não há como negar que esta solução provocou um grande benefício para grande parte da população brasileira, mas trouxe, para uma parcela do povo brasileiro, um custo social bastante elevado. Essas pessoas ficaram então conhecidas como os “atingidos por barragens”. Para eles, a construção das barragens de usinas como Itaipu, Tucuruí, Sobradinho e Itaparica significou o deslocamento compulsório dos locais aonde viviam e tinham suas tradições e referência culturais e afetivas. Esta pesquisa objetiva resgatar a memória deste período de grandes obras, promessas de desenvolvimento e marcas deixadas em milhares de famílias brasileiras. O estudo em questão é também uma tentativa de mostrar como o Programa de Reassentamento de Itaparica, projeto conduzido pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco – CHESF foi o marco de uma nova dinâmica para tratamento das questões sociais envolvendo a reparação de danos causados aos atingidos por barragens e se constitui talvez, no primeiro caso de Responsabilidade Social Corporativa do setor elétrico brasileiro.In Brazil, water and energy have a strong historic interdependence, so that the contribution of hydropower energy to the country's economic development has been significant, whether considering the fulfillment of the various demands of the economy, or of the society itself, improving the comfort of homes and the quality of people’s lives. It also plays an important role in the integration and development of regions remote from major urban and industrial centers. The 70’s recorded high growth in demand for electricity in Brazil; as a reflex of the developmental policies of previous governments that have promoted the country's industrial growth by attracting industries and creating high intensive use of electricity. In the case of the Northeast region, economic growth has brought with it the risk of a severe energy rationing. To eliminate this risk, the State, through Eletrobras System developed the construction of large hydroelectric units, linking them to the national grid system. There is no denying that this solution caused a great benefit for the majority of the population, although it brought to a portion of the Brazilian people a very high social cost These people were then known as the "affected by dams". For them, the construction of dams for power plants like Itaipu, Tucuruí, Sobradinho and Itaparica meant the compulsory relocation of the places where they lived and had their traditions and cultural and affective references. This research aims to revive the memory of this period of great works, commitments for development and the heritage left to thousands of Brazilian families. The present study is also an attempt to show how the Itaparica Resettlement Program, a project conducted by the Hydroelectric Company of San Francisco - CHESF represents a benchmark of a new dynamic for social issues involving the repair of damage caused by those affected by dams and is perhaps the first case study of “Corporate Social Responsibility” within the Brazilian electric sector

Topics: Responsabilidade social da empresa, Assentamentos humanos, Usina Hidrelétrica Luiz Gonzaga., Usina Hidrelétrica Luiz Gonzaga, Responsabilidade social da empresa, Assentamentos humanos
Year: 2012
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_FGV:oai:bibliotecadigital.fgv.br:10438/10963
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.