Location of Repository

Culture and climate of patient safety in maternity school: perceptions of nurses in intensive care

By Liva Gurgel Guerra Fernandes

Abstract

A partir da publicação do relatório Errar é Humano pelo Institute of Medicine (IOM), o qual estimou que entre 44.000 e 98.000 americanos morrem anualmente em decorrência de erros da assistência à saúde, a segurança do paciente passou ganhar destaque, surgindo estudos que avaliam a cultura de segurança através da mensuração do clima de segurança. Nesse contexto, o objetivo deste estudo foi identificar a cultura de segurança percebida pelos profissionais de enfermagem que atuam nas unidades de terapia intensiva de uma maternidade-escola em Natal/RN, através do Questionário Atitudes de Segurança (SAQ). Tratou-se de um estudo do tipo descritivo, transversal, com abordagem quantitativa, realizado nas Unidades de Terapia Intensiva Materna e Neonatal de uma maternidade-escola na cidade de Natal/RN. O projeto foi submetido à Plataforma Brasil e aprovado pelo CEP/UFRN sob o número 309.540 e CAAE 16489713.7.0000.5537. Utilizaram-se para a coleta de dados dois instrumentos: um questionário com a finalidade de coletar dados sociodemográficos dos sujeitos e o Questionário Atitudes de Segurança, uma adaptação transcultural para a língua portuguesa do instrumento da Organização Mundial da Saúde intitulado Safety Attitudes Questionnaire (SAQ) Short Form 2006. Os dados coletados foram analisados quantitativamente através da organização em banco de dados eletrônico no Microsoft Excel 2010 e exportados para planilha do SPSS (Statistical Package for the social sciences) versão 2.0 para serem codificados, tabulados, e analisados mediante estatística descritiva. Participaram do estudo 50 profissionais de enfermagem, sendo 31 da UTI Neonatal e 19 da UTI Materna, predominantemente do sexo feminino, com idade média de 35 anos, tempo de formação médio de 10 anos e que trabalhavam na maternidade, em sua maioria, havia menos de 5 anos. Como resultado, foram produzidos dois artigos. O primeiro refere-se aos dois primeiros domínios do instrumento, intitulados Clima de trabalho em equipe e Clima de segurança . Os escores dos dois domínios foram ligeiramente mais elevados na UTI Materna se comparada à UTI Neonatal, porém nenhum setor atingiu o escore mínimo ideal de 75: 7 no primeiro domínio a UTI Materna obteve média de 74,77, com medianas de 75 e 100, e a UTI Neonatal atingiu média de 69,61 com medianas também de 75 e 100; enquanto que no segundo domínio as médias foram de 69,35 e 66,01 para as UTIs Materna e Neonatal respectivamente, com mediana de 100 nos dois setores. O segundo artigo diz respeito ao domínio Percepção da Gerência da Unidade e do Hospital , que avaliou a percepção da gerência das unidades e da maternidade por parte dos profissionais. Em geral, os itens do domínio em questão também obtiveram escores aquém do mínimo ideal: 63,68 para a UTI Materna e 51,02 para a Neonatal, caracterizando um evidente distanciamento entre a gestão e os profissionais que atuavam na assistência direta. Tais achados indicam um sinal de alerta para a instituição e apontam para a necessidade de implementar ações que visem a segurança do pacienteSince the publication of the report "To Err is Human" by the Institute of Medicine (IOM) , which estimated that between 44.000 to 98.000 Americans die annually as a result of errors in health care, patient safety spent gaining prominence, emerging studies assess the safety culture by measuring the safety climate. In this context, the aim of this study was to identify safety culture perceived by nursing professionals working in the intensive care unit of a maternity school in Natal/RN through the Security Attitudes Questionnaire (SAQ). This was a descriptive study, cross-sectional and quantitative approach undertaken in the Intensive Care Unit Maternal and Neonatal a maternity school in Natal/RN. The project was submitted to and approved by Brazil Platform Zip/UFRN under number 309 540 and CAAE 16489713.7.0000.5537. It was used to collect data two instruments: a questionnaire in order to collect socio-demographic data of the subjects and the Questionário Atitudes de Segurança , a cultural adaptation to Portuguese of the instrument of the World Health Organization titled Safety Attitudes Questionnaire - (SAQ ) Short Form 2006. The collected data were analyzed quantitatively by the organization in electronic databases in Microsoft Excel 2010 spreadsheet and exported to statistical software for free access to be coded, tabulated and analyzed using descriptive statistics. The study included a total of 50 nurses, 31 and 19 of the NICU Maternal ICU, predominantly female, mean age 35 years, median time of 10 years training and working in maternity, mostly, less than 05 anos. As a result, two articles were produced. The first refers to the first two domains of the instrument entitled "climate of teamwork" and "climate security" . The scores of the two areas were slightly higher in Maternal ICU compared to the NICU, but no sector has reached the ideal minimum score of 75: in the first domain Maternal ICU had an average of 74.77, with medians of 75 and 100, while Neonatal ICU reached an average of 69.61 with median also 75 and 100, while the second field means were 69.35 and 66.01 for Maternal and Neonatal ICUs respectively, with a median of 100 in the two sectors. The second article relates to the field "Perception Management Unit and Hospital", which 9 assessed the perception of management units and motherhood by professionals. In general, the items of the domain in question also obtained scores below the ideal minimum: 63.68 to 51.02 and maternal ICU for neonatal, featuring a clear separation between the management and the professionals who work in direct care. These findings indicate a warning sign for the institution and point to the need to implement actions aimed at patient safet

Topics: Clima de Segurança. Cultura de Segurança. Segurança do Paciente. Enfermagem, Safety climate. Safety culture. Patient safety. Nursing, CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Year: 2014
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFRN:oai:repositorio:123456789/14822
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.