Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Entre flores e espinhos: a atuação do técnico em enfermagem na estratégia saúde da família

By Francisca Idanésia da Silva

Abstract

Trata de estudo do tipo exploratório/descritivo, com abordagem qualitativa, cujo foi objetivo analisar a atuação do Técnico em Enfermagem na Estratégia Saúde da Família (ESF), levando em consideração as atribuições definidas pelo Ministério da Saúde (MS). Para tanto, buscou-se identificar quais as atividades que desempenha, as dificuldades enfrentadas, o que contribuiu para a atuação profissional, e qual a visão que tem da ESF e de si mesmo no contexto. Parte do pressuposto de que a prática do Técnico em Enfermagem, ainda não está voltada para a integralidade e que as ações desenvolvidas por esse profissional são predominantemente individuais e curativas. Sabemos que a ESF propõe a organização do trabalho em equipe, com definição de território, priorização das ações de promoção, proteção e recuperação da saúde do indivíduo/família/comunidade, elegendo como ponto central o estabelecimento de vínculos entre os profissionais e os mesmos. Para tanto, o trabalho em equipe, passa pela interdisciplinaridade, vinculação e competência, passando a fazer diferença, na forma de pensar e fazer saúde. Para a realização do estudo foram entrevistados vinte e um Técnicos em Enfermagem, de Unidades de Saúde da Família, do Distrito Sanitário Oeste de Natal/RN, utilizando-se instrumento semiestruturado. Da análise, emergiram três categorias empíricas: a partir da primeira, A realidade de um sonho: o que é a ESF para o Técnico em Enfermagem, obtivemos duas classificações: uma inerente à própria concepção que tem da ESF, nominada A realização do sonho no possível e outra que corresponde ao que pensa acerca da ESF, enquanto projeto que não se realiza plenamente, denominada de A boniteza de um sonho que não se realiza. A segunda categoria foi A ESF: um sonho construído no cotidiano do Técnico em Enfermagem trata das informações do dia-a-dia desse profissional; as atividades que realiza e como estas são estabelecidas. Esta deu origem a três outros itens, a saber: O fazer do Técnico em Enfermagem: um projeto que virou rotina; O fazer pré-determinado do Técnico em Enfermagem: a escala como fator de (des)autonomia; e, Saberes da prática na ESF: desafios que se apresentam ao fazer do Técnico em Enfermagem. A terceira categoria, denominada de Encantos e desencantos no desabrochar de uma nova prática, está relacionada às facilidades ou dificuldades na atuação do profissional e como ele se vê no contexto. Dela emergiu as flores e os espinhos encontrados na construção de um sonho, o que deu origem ao título deste estudo. Os resultados indicam que, considerandose as características da categoria profissional pesquisada, torna-se fundamental o redimensionamento das relações de trabalho na ESF, sendo imperativo, que novos olhares sejam dirigidos, para que se possa compatibilizar a forma como esses Técnicos em Enfermagem interage com as famílias, junto à equipe, bem como voltar a atenção para o as suas possibilidades e limites ante o processo de trabalho na ESF. Além disso, são necessárias mudanças na formação profissional, para se possa garantir as bases conceituais na construção de novas práticas, visando responder ao modelo de atenção vigenteIt is about a study of an exploratory/descriptive type with a qualitative approach whose aim was to analyze the actuation of nursing technicians in Family Health Strategy (FHS), taking into consideration the defined attributions by the Ministry of Health (MH). Thus, it was sought to identify what activities they carry out, the difficulties encountered, what contributed to their professional performance, and what vision they have about FHS and about themselves in the context. Based on the assumption that the practice of Nursing Technician is not still geared to completeness and that the developed actions by this professional are predominantly individual and curative. We know that FHS proposes the work organization as a team, with territory definition, prioritization of promotion actions, protection and recovery of the individual/family/community health, choosing as a central point the establishment of entails between the professionals and the same ones. However, the team work pass through interdisciplinary, tying and competence, starting making the difference in the way of thinking and doing health. To the accomplishment of this study were interviewed twenty one Nursing Technicians of Family Health Units from Sanitário Oeste district in Natal-RN, using semistructured instrument. From the analysis, three empiric categories emerged: starting from the first, The reality of a dream: what FHS is for the Nursing Technician, we obtained two classifications: one inherent to the own conception they have about FHS, nominated The realization of a dream in the possible and another that corresponds to what they think about FHS, while project that doesn't take place fully, denominated of The beauty of a dream that doesn't take place. The second category was The FHS: a dream built in the daily of Nursing Technician treats of the day by day information of that professional; the activities they perform and how those are established. This created three other items, to know: The role of a Nursing Technician: a project that became routine; The pre-determined role of a Nursing Technician: the scale as factor of (non-)autonomy; and, Knowledge about the practice in FHS: challenges that are presented to the role of Nursing Technician. The third category, denominated of Charms and disenchantment in the beginning of a new practice, it is related to the facilities or difficulties in professional's actuation and how he sees himself in the context. From it emerged the "flowers" and the "thorns" found on the construction of a dream, which gave this study the title. The results indicate that, being considered the characteristics of researched professional category, it becomes fundamental the resizing of labor relations in FHS, being imperative that new glances is conducted, so that the way as those Nursing Technicians interacts with the families can become compatible, together with the team, as well as to return the attention for their possibilities and limits in face of the work process in FHS. Besides, it is necessary changes in the professional formation, so that it can guarantee the conceptual bases in the construction of new practices, seeking to answer to the model of current attention

Topics: Técnico em enfermagem, atuação profissional, estratégia saúde da família, Nursing technician, professional actuation, family health strategy, CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Year: 2014
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFRN:oai:repositorio:123456789/14676
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.