Location of Repository

From classification traditional models in Information Science to folksonomy: a approach discursive

By Lívia de Lima Reis

Abstract

Esta pesquisa trata dos modelos de organização e classificação das informações na área da Biblioteconomia e Ciência da Informação, priorizando uma forma mais dialógica de organização das informações, a folksonomia. Inicialmente, trata-se de compreender, por meio dos métodos arqueológico e genealógico de Foucault, as condições de possibilidade de dois tipos diferentes de procedimentos de classificação, um tradicional e outro contemporâneo. Para tanto, será feita uma contextualização do campo de saber da Biblioteconomia e Ciência da Informação, dos modelos de organização das informações utilizados por ele, e das tendências de estudo neste campo. Na sequência, a partir de categorias teóricas oriundas dos trabalhos de Bakhtin e de Foucault, pretendese analisar diferentes formas de classificação do conhecimento e as concepções de língua subjacentes a eles. Alguns resultados indicam que há uma nova forma de circulação do poder na prática da folksonomia, tomada como uma ferramenta colaborativa de organização de informações da Web 2.0, em que os próprios sujeitos funcionam como instâncias de regulamentação de discursos e criação de novos conceitos. As reflexões analíticas ilustram a possibilidade da ação responsiva dos sujeitos na Internet através da manipulação linguística na criação de tags vinculadas a universos semânticos diferenciados. Tentou-se localizar pontos de resistências focalizando as práticas linguístico-discursivas da folksonomia como lócus de mudanças sociais. A Web 2.0 funciona segundo uma dinâmica do poder de incitação à circulação e ao relacionamento online, assim, a folksonomia funciona também como um tipo de rede social que possibilita relacionamentos entre sujeitos com os mesmos interesses, além de uma organização de conteúdos criativa, personalizada e colaborativa. A respeito das tendências atuais de estudos do campo da Biblioteconomia e Ciência da Informação, a folksonomia tem funcionado como uma ferramenta de auxílio nas abordagens que levam em consideração o sujeito e o contexto de uso da informação na utilização de linguagens documentárias.This research is about the models of organization and classification of information in the field of Librarianship and Information Science, prioritizing a more dialogical form of organization of information, the folksonomy. Initially, we aim to understand, through the archaeological and genealogical Foucaults methods, the conditions of possibility of two different classification procedures, one traditional and other contemporary. For doing this, a contextualization of the field of knowledge called Librarianship and Information Science will be presented, as well as the models of information organization used, and this fields tendencies. In sequence, considering the theoretical categories derived from the works of Bakhtin and Foucault, we will analyze different forms of classification of knowledge and of language concepts that underlie them. Some of the results indicate that there is a new form of power implied in the social practice of folksonomy, understood as one collaborative tool to organize the information in the Web 2.0, in which the subjects themselves act in the regulation of discourse and in the creation of new concepts. The analytical reflections illustrate that the subjects act in a responsive way on the internet by manipulating linguistic features through the creation of tags related to different semantic universes. We also intended to locate points of resistance focusing on the linguistic and discursive practices of folksonomy as a locus of social change. The Web 2.0 works based on a dynamics of incitement and pleasure which reinforces the flow of information and online relationships, thus, folksonomy works like a type of social network which allows relationships among the subjects with the same interests through the use of a creative, collaborative and personalized way of content organization. Regarding the current trends of studies in the field of Librarianship and Information Science, folksonomy has functioned as a tool to assist the approaches that take into account the users and context of use of information in documentary languages

Topics: Análise do discurso, Classificação (Representação temática), Folksonomia, Web 2.0, Biblioteconomia, Ciência da informação, Poder, LINGUISTICA, Folksonomy, Discourse, Power, Librarianship, Information science, LINGUISTICA
Publisher: Universidade Federal de São Carlos
Year: 2012
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.BDTD_UFSCAR:oai:ufscar.br:5690
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.