Location of Repository

A implantação de bancos comunitários e desenvolvimento social: o Banco Palmas - CE e o União Sampaio SP

By Maximiliano Engler Lemos

Abstract

Em resposta às desigualdades da economia em escala mundial, outra forma de organização econômica se desenvolveu no cenário econômico e social no mundo todo, inclusive no Brasil. Tal configuração ganhou força a partir do fim do século passado, sendo denominada Economia Solidária. Esta promove um fenômeno de inclusão social e econômica dos trabalhadores, através de Empreendimentos Econômicos Solidários. Dentro desse contexto, os EES difundiram-se por todo o território brasileiro, principalmente ao final da década de 1990. Existe, atualmente, no país um expressivo número de trabalhadores organizados democrática e igualitariamente em empreendimentos econômicos solidários. Esta pesquisa tem por objetivo verificar uma forma de EES, os Bancos Comunitários, e como eles se mostram eficazes para o desenvolvimento social dos territórios, além de buscar aferir como tal instrumento pode servir de estratégia nas políticas públicas e no planejamento do território. O estudo em questão identificou os ajustamentos, características e potencialidades necessárias ao território, para a implantação de um Banco Comunitário. A referida investigação científica procurou, também, compreender os fatores locais de políticas públicas que influenciam ou condicionam o desenvolvimento dos territórios atendidos por esta tecnologia social. A pesquisa teve início em março de 2010, com a parte preliminar do levantamento bibliográfico acerca dos temas pertinentes à dissertação. Em dezembro de 2010, um trabalho de campo foi realizado, a fim de analisar um Banco Comunitário localizado na cidade de São Paulo SP. No que concerne ao teor metodológico, a pesquisa é qualitativa e quantitativa, com levantamento e avaliação de variáveis, informações, dados bibliográficos e estudos empíricos em dois territórios atendidos pelos Bancos Comunitários Jardim Maria Sampaio na cidade de São Paulo/SP e Conjunto Palmeiras em Fortaleza/CE, respectivos Banco União Sampaio e Banco Palmas. Quanto aos produtos, foram obtidos resultados sobre a implantação, as adequações e as políticas públicas para os Bancos Comunitários nos territórios brasileiros, além da verificação do possível desenvolvimento social dos territórios atendido.In response to the worldwide economic inequality, another form of economic organization has been developed in the social and economic context all around the world, including in Brazil. Such organization started to become evident in the end of last century, being known as the Solidarity Economy which promotes a phenomenon of social and economic inclusion among workers through Solidarity Economy Enterprises. The SEE was spread all over Brazil territory especially in the late 1990s. Nowadays, there is a significant number of workers that are equally and democratically organised through the Solidarity Economy Enterprises. The main aim of this research is to analyse one form of SEE, the Community Banks, as well as to analyse their efficiency in terms of social territorial development and how this tool can be served as strategy for public politics and territory planning. This study has identified the necessary adjustments, features and potentiality in a territory for the implementation of a Community Bank. This scientific study has also aimed at the understanding of local public politics factors that influence or lead to the territorial development where this social technology is present. The research started in March of 2010 with the preliminary stage of bibliographical survey on the related topic of this dissertation. In December of 2010, a field research was carried out in order to analyse one Community Bank in São Paulo city. The research is based on quantitative and qualitative methodology with the raising and evaluation of variables, information, bibliographic data and empirical study in two territories that have Community Banks Banco União Sampaio in Jardim Maria Sampaio in the city of São Paulo/SP and Banco Palmas in Conjunto Palmeiras in the city of Fortaleza/CE. Concerning the products, it was possible to obtain results of the implementation, the adaptations and the public politics for the Community Banks in the Brazilian territory, as well as the verification of the possible social development in the territories concerned

Topics: Planejamento urbano, ENGENHARIAS, Tecnologias sociais, Bancos comunitários, Engenharia urbana, ENGENHARIAS
Publisher: Universidade Federal de São Carlos
Year: 2013
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.BDTD_UFSCAR:oai:ufscar.br:5659
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.