Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Criopreservação do sêmen de Curimba (Prochilodus lineatus): técnicas para o descongelamento

By Michelle Sampaio Paulino

Abstract

O objetivo deste trabalho foi comparar a influência dos crioprotetores e dos diferentes tempos e temperaturas de descongelamento do sêmen de curimba (Prochilodus lineatus) O trabalho foi realizado no período de Piracema em 2007/2008 e a seleção dos reprodutores ocorreu na Estação de Piscicultura da CEMIG Itutinga - MG O sêmen de 12 reprodutores foi diluído em duas soluções a primeira em 10% dimetilsulfóxido (DMSO) e a segunda em 10% metanol ambas acrescidas de 5% de BTS O sêmen foi envasado em palhetas de 05mL e acondicionado em Botijão de vapor de N2; após 24 horas foi transferido para botijão de N2 no qual permaneceu por sete dias O sêmen de cada reprodutor foi descongelado em temperaturas de 40ºC e 60ºC por oito e doze segundos e as amostras ativadas com bicarbonato de sódio (NaHCO3) em diferentes concentrações de 05% 1% e 15% e água destilada para análise da motilidade espermática e a taxa de fertilização Uma alíquota foi diluída em formol citrato e fixada em lâmina para verificar a incidência de espermatozóide com anormalidades maiores e menores Foram realizadas extrações de proteína com espermatozóides ativado e não ativado Houve diferença (P<005) entre os crioprotetores utilizados sendo o DMSO o que apresentou as maiores taxas e durações de motilidade e as menores taxas de anormalidades espermáticas maiores A regressão quadrática mostrou que o ponto máximo da duração da motilidade foi obtido com a concentração de 074% de NaHCO3 A temperatura de 40ºC e o tempo de 8 segundos proporcionaram as maiores taxas da motilidade e as menores taxas de anormalidades maiores As taxas de fertilização do sêmen descongelado em 60 ºC por oito segundos foram de 46% e 54% quando ativado com 1% e 05% de NaHCO3 respectivamente Pode-se observar no sêmen ativado presença de bandas de proteínas não observadas no sêmen não ativado O sêmen de curimba pode ser criopreservado com DMSO e descongelado em 40ºC por 8 segundos sendo favorável sua ativação com 074% de NaHCO

Topics: Piscicultura, Ativador, Crioprotetores, Temperatura, Tempo, Activator, Cryoprotectants, Temperature, Time
Year: 2014
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFLA:oai:localhost:1/2497
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.