Location of Repository

Bioreactors and natural light for pineapple micropropagation

By Adriano Bortolotti Silva

Abstract

O alto custo das mudas micropropagadas é o principal fator de seu baixo índice de comercialização. O presente trabalho teve por objetivo avaliar novas tecnologias para a micropropagação de abacaxizeiro. O meio de cultura utilizado nos experimentos foi composto pelos sais do meio MS (Murashige & Skoog, 1962), com 30 g.L-1 de sacarose, pH ajustado para 5,8 antes da autoclavagem a 1200C, 1 kg.cm-2, por 20 minutos. O regulador de crescimento utilizado para a multiplicação in vitro foi o BAP (1,0 mg.L-1), em combinação com ANA (0,25 mg.L-1) e, para o enraizamento, foram adicionados ao meio de cultura 0,25 mg.L-1 de ANA. O emprego de biorreatores foi eficiente para a propagação em larga escala de plântulas de abacaxizeiro em meio líquido, produzindo, em média, 19 brotos por explante e até 200 mudas aos 45 dias de cultivo em recipientes de 1.000 ml. O sistema de imersão temporária acionada a cada 2 horas é melhor do que os cultivos em biorreatores de imersão contínua. Outra alternativa tecnológica foi a micropropagação de abacaxizeiro em sistemas de cultivo com o emprego de luz natural, apresentando melhor crescimento in vitro em meio de enraizamento. As plântulas produzidas neste sistema foram mais altas, com melhor desenvolvimento radicular e maior massa seca quando comparadas a micropropagação convencional (luz artificial). Nas análises anatômicas foram observadas maior espessura e organização dos tecidos epidérmicos, aqüífero e clorofiliano e folhas com maior freqüência estomática, em comparação com a micropropagação convencional. O enraizamento in vitro sob luz natural também proporcionou melhor desempenho das plântulas durante o processo de aclimatização, tendo as mudas apresentado maior comprimento da parte aérea e do sistema radicular, bem como maior massa seca total. As análises anatômicas mostraram tecidos mais espessos e com melhor desempenho durante o cultivo ex vitro, sendo a alta intensidade luminosa durante a micropropagação sob luz natural responsável pela plasticidade observada no cultivo in vitro de abacaxizeiro e sua melhor resposta adaptativa durante a aclimatização

Topics: Abacaxi, Propagação, Cultura de tecido, Anatomia vegetal, Pineapple, Propagation, Tissue culture, Vegetal anatomy
Year: 2014
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.RI_UFLA:oai:localhost:1/2006
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.