Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Nursing practices in family health strategy from the perspective of health community agents

By Ana Carolina da Silva Cruz

Abstract

Esta pesquisa provém da dissertação de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (ENF/UERJ) e apresenta como objeto de estudo as práticas dos enfermeiros na Estratégia de Saúde da Família (ESF) sob a ótica do Agente Comunitário de Saúde (ACS). Este estudo está vinculado às pesquisas Práticas de cuidado no SUS: o papel do enfermeiro na Atenção Básica e Abordagem interdisciplinar das novas relações e processos de trabalho em saúde: o caso dos agentes comunitários de saúde. O interesse em estudar tais práticas decorreu da vivência como enfermeira de família, atuando com a assistência aos usuários e como chefe de equipe, surgindo reflexões e inquietações em torno das práticas de saúde realizadas pelo enfermeiro e como estas são vistas pelo agente de saúde. Sendo assim, surge o questionamento: Qual a visão dos agentes comunitários de saúde em relação às praticas de saúde desenvolvidas por enfermeiros na Estratégia de Saúde da Família? A fim de responder esta questão, definiu-se como objetivo geral: analisar as práticas dos enfermeiros da Estratégia Saúde-Família do município do Rio de Janeiro, sob a ótica dos Agentes Comunitários de Saúde e objetivos específicos: identificar as práticas de saúde desenvolvidas por enfermeiros na perspectiva do Agente Comunitário de saúde e conhecer os fatores determinantes destas práticas e sua correlação com o trabalho na Estratégia de Saúde da Família. Trata-se de um estudo descritivo com abordagem qualitativa, tendo sido realizado no município do Rio de Janeiro, de 2008 a 2010. A fonte dados foi um conjunto de narrativas de ACS do estudo Abordagem Interdisciplinar dos Novos Processos e Condições de Trabalho em Saúde: o Caso dos Agentes Comunitários de Saúde do Rio de Janeiro. A seleção dos sujeitos foi realizada a partir de uma varredura do banco de narrativas, selecionando aquelas nas quais os ACS discorrem sobre as práticas dos enfermeiros. De um total de 60 ACS, foram selecionados 7 agentes. As narrativas analisadas formaram tres categorias: cuidados do enfermeiro na ESF; práticas do enfermeiro na ESF; fatores que influenciam a prática do enfermeiro na ESF. Com a análise foi possível identificar que o ACS enxerga o enfermeiro como cuidador, através do acolhimento, resolução de problemas e consultas de enfermagem. A prática do enfermeiro é vista pelo agente de saúde através da supervisão, como educador em saúde e através das visitas domiciliares. Entretanto, tais práticas são determinadas por fatores que as facilitam ou a dificultam. As facilidades de atuação do enfermeiro estão em gostar da profissão, a criação do vínculo entre o profissional e o usuário e a presença de uma equipe completa na ESF. Já as dificuldades são encontradas quando o enfermeiro não tem a equipe completa, falta de infraestrutura e recursos materiais no serviço. Ao olhar as práticas de saúde dos enfermeiros na ESF foi possível identificar como elas são desenvolvidas na visão de outros membros da equipe, neste caso os ACS, contribuindo na compreensão de como obter uma melhoria do cuidado à família, de forma qualitativa e humanizada.This research comes from the dissertation of the Graduate Program in Nursing at the State University of Rio de Janeiro (ENF / UERJ) and has as its object of study the practices of nurses in the Family Health Strategy (FHS) from the viewpoint the Community Health Agent (CHA). This study is linked to the research "Care Practices in SUS: the role of nurses in Primary Care" and "Interdisciplinary approach new relationships and work processes in health: the case of community health workers." The interest in studying these practices resulted from the experience as a family nurse practitioner, acting with the assistance of users and as chief of staff, emerging thoughts and concerns about health practices performed by nurses and how they are seen by a health worker. Thus, the question arises: What is the vision of community health workers in relation to health practices developed by nurses in the Family Health Strategy? To answer this question, we defined general objective is to analyze the practices of nurses-Family Health Strategy of the municipality of Rio de Janeiro, from the perspective of Community Health Workers and specific objectives: to identify health practices developed by nurses from the perspective of Community Health Agent and know the determinants of these practices and their correlation with work in the Family Health Strategy. This is a descriptive study with a qualitative approach and was conducted in the municipality of Rio de Janeiro, 2008-2010. The data source was a series of narratives of the ACS study "Interdisciplinary Approach of New Processes and Working Conditions in Health: The Case of Community Health Workers of Rio de Janeiro." The selection of subjects was made from a scan of bank accounts, selecting those in which ACS discuss about the practices of nurses. From a total of 60 ACS were selected 7 agents. The narratives analyzed formed three categories: nursing care in the FHS; practices of nurses in the FHS; factors that influence the practice of nursing in the FHS. With the analysis, we found that the ACS sees the nurse as caregiver, through acceptance, problem solving and nursing consultations. The practice of nursing is seen by a health worker through supervision, as health educators and through home visits. However, such practices are determined by factors that facilitate or hinder. The facilities of the nurse are like the profession, creating the link between the professional and the user and the presence of a full team at FHS. Yet the difficulties are encountered when the nurse has a full staff, lack of infrastructure and material resources in the service. When looking at health practices of nurses in the FHS was possible to identify how they are developed in view of other team members, in this case the ACS, contributing to the understanding of how to achieve a better family care, both qualitatively and humanized

Topics: Agentes comunitários de saúde, Programa saúde da família, Cuidados de enfermagem, ENFERMAGEM DE SAUDE PUBLICA, Nursing care, Family health program, Community health agents, ENFERMAGEM DE SAUDE PUBLICA
Publisher: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Year: 2013
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.BDTD_UERJ:oai:www.bdtd.uerj.br:3664
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.