Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Avaliação do potencial das cascas de maracujá amarelo e de mexerica como biossorventes de metais pesados

By Talita de Oliveira Caretta

Abstract

Este trabalho mostra uma metodologia para a preparação das farinhas da casca do maracujá amarelo azedo, Passiflora edulis Sims f. flavicarpa e da mexerica, Citrus nobilis e a avaliação das propriedades de adsorção, destes materiais como biossorventes de íons de metais pesados (Cu, Cd e Pb) em solução aquosa. A farinha foi produzida a partir das cascas das frutas de forma altamente reprodutiva e de maneira a preservar as boas propriedades de adsorção destes materiais. A fração de farinha utilizada neste trabalho foi separada por peneiras de forma a conter apenas partículas de tamanho entre 0,15 e 0,25 mm. Estudos de adsorção dos íons Cu2+, Cd2+ e Pb2+ em solução aquosa foram realizados com a técnica da batelada com intuito de conhecer: a capacidade máxima de adsorção dos biossorventes, a influência do tempo de contato, a influência da variação do pH da solução aquosa e a influência da variação da concentração dos íons em solução aquosa no processo de adsorção. Experimentos foram realizados para verificar também o comportamento da adsorção dos íons metálicos pelos materiais em diferentes temperaturas. Foram obtidos os valores de capacidade máxima de adsorção para farinha da casca do maracujá e da mexerica iguais a 97,37 e 131,12 mg Cu g-1, 204,92 e 322,58 mg Cd g-1 e 286,53 e 398,41mg Pb g-1, respectivamente. O processo atinge o equilíbrio rapidamente (20 min) e o pH ótimo para o processo de adsorção é igual a 5,0. Os dados experimentais foram tratados pelo modelo matemático de adsorção de Langmuir.This manuscript shows the metodology used for the preparation of flour from peels of passion fruit, Passiflora edulis Sims f. flavicarpa and tangerine, Citrus nobilis, and the evaluation of adsorption properties of this materials as heavy metal ions (Cu, Cd and Pb) biosorbent in a aqueous solution. The flour was made from the fruits peel in a highly reproductive way and in order to preserve the adsorption proprieties of this material. The flour used in this experiment was separated by sieves to contain only 0.15 and 0.25 mm particles. Studies of Cu2+, Cd2+ and Pb2+ ions adsorption in aqueous solution were made using batch technique aiming to know: the maximum capacity of the biosorbent, the influence of contact time, the influence of pH variation of the aqueous solution and the influence of ions concentration variation in aqueous solution in the adsorption process. Experiences were also made to verify the metallic ions adsorption behavior in different temperatures. Were obtained maximum adsorption capacity values for the passion fruit shell peel flour and tangerine peel flour equals to 97.37 and 131.12 mg Cu g-1, 204.9 and 322.58 mg Cd g-1 and 286.53 and 398.41 mg Pb g-1, respectively. The process reaches equilibrium quickly (20 min) and optimum pH to this adsorption process is equal to 5.0. The experimental data was treated using the Langmuir mathematic model of adsorption

Topics: Química de superfície, Metais pesados - Adsorção e absorção, Maracujá - Farinha - Biossorventes, Tangerina - Farinha - Biossorventes, Surface chemistry, Heavy metals, Absorption and adsorption, Passionfruit, Flour, Biosorbents, Tangerine, Flour, Biosorbents
Publisher: Universidade Estadual de Londrina. Centro de Ciências Exatas. Programa de Pós-Graduação em Química dos Recursos Naturais.
Year: 2010
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.BDTD_UEL:oai:uel.br:vtls000160713
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.