Location of Repository

DESEMPENHO EM TESTES DE ATENÇÃO VISUAL E INTERFERÊNCIA DE ESTÍMULOS AUDITIVOS DE MOVIMENTO EM INDIVÍDUOS COM E SEM MEDO DE ALTURA

By CARLA LUCATO PAVARINE DE PAULA

Abstract

Desordens da ansiedade, especialmente a agorafobia e a desordem do pânico foram associadas a anormalidades das funções vestibulares. Evidências de que o controle do equilíbrio pode exigir habilidades atencionais também foram relatadas. Utilizando o medo de altura como modelo clínico onde sintomas ansiosos coexistem com anormalidades com a percepção espacial e controle do equilíbrio, este estudo investigou o desempenho em testes de atenção visual em voluntários normais com altos e baixos escores obtidos do Questionário de Acrofobia. O teste de rastreio visual foi realizado em 30 indivíduos (15 em cada grupo) enquanto ouviam dois tipos diferentes de estímulos auditivos. Na condição volume um som de 900 Hz era apresentado em ambos ouvidos durante 2 segundos seguidos de mais 2 segundos de silêncio. Na condição balanço, o mesmo som era apresentado durante 2 segundos ao ouvido direito seguido por 2 segundos ao ouvido esquerdo. Estímulos auditivos de movimento provocaram maior desconforto em ambos os grupos, mas nos indivíduos com maiores escores de acrofobia estes estímulos foram associados a um pior desempenho no teste visual. Embora muito limitado pela amostra experimental, este estudo sugere que o medo de altura pode estar associado à dependência visual para manutenção do equilíbrio e que poderia piorar o desempenho nos testes visuais devido à competição dos recursos neuro-cognitivos. Implicações experimentais e clínicas destes achados preliminares exigem outras pesquisas.Anxiety disorders, in special agoraphobia and panic disorder, have been associated to abnormalities in vestibular functions. In addition, evidences that balance control could also demand attentional resources have also been reported. Using fear of heights as a clinical model where anxiety symptoms coexist with abnormalities in space perception and balance control, this study investigated the performance a visual attention test of normal volunteers with high versus low scores in an acrophobia scale. A visual tracking test were carried out by 30 individuals (15 in each group) while earring two different auditory stimuli: a 900 Hz tone that moved from one ear to another at 2 seconds intervals versus a condition where the same stimuli had only changes in its intensity without movement. Moving stimuli induced more discomfort in both groups but in the individuals with high acrophobia scores, this stimulus was associated to a poor performance in the visual test. Although very limited by its experimental design, this study suggests that fear of heights could be associated to a visual dependence to keep balance that could worse the performance in visual tasks due to competition for neurocognitive resources. The experimental and clinical implications of these preliminary findings demand further investigation

Topics: Acrofobia, atenção, vertigem, ansiedade, PSICOLOGIA, Acrofobia, Atenção, Vertigem, Ansiedade, Psicologia - Teses e dissertações, PSICOLOGIA
Publisher: Universidade Metodista de São Paulo
Year: 2003
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.BDTD_METODISTA:oai:ibict.metodista.br:40
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.