Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

NÃO HÁ SAÚDE SEM PESQUISA: AVANÇOS NO BRASIL DE 2003 A 2010

By Reinaldo Guimarães, Luis Eugenio Portela Fernandes de Souza, Leonor Maria Pacheco Santos and Suzanne Jacob Serruya

Abstract

Nos últimos anos, o Brasil fez um esforço significativo de construção de um sistema de ciência e tecnologia para a saúde Este artigo descreve o contexto, as estratégias e os resultados da implantação desse sistema, baseando-se em documentos oficiais e na experiência dos autores como gestores da Política Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde. Dentre os resultados observados, destacam-se: a ocupação, pelo Ministério da Saúde, de uma posição de liderança no fomento à pesquisa em saúde; um aumento expressivo do montante derecursos públicos alocados na pesquisa; a persistência de dificuldades burocráticas na gestão da política científica; e a ampliação do volume de publicações científicas. De modo geral, constatase que, apesar de limites e obstáculos, o país tem avançado na produção de conhecimento científico orientado para subsidiar as políticas de saúde

Topics: Pesquisa em saúde; Conhecimento científico; Gestão da política científica; Políticas de saúde.
Publisher: Revista Baiana de Saúde Pública
Year: 2012
OAI identifier: oai:periodicos.ibict.br.RevistaBaianadeSaudePublicar0:oai:ojs.rbsp.inseer.ibict.br:article/236
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.