Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Eficiência simbiótica da inoculação com bactérias promotoras de crescimento de plantas e fungos micorrízicos arbusculares em mudas de gliricídia.

By Anibia Vicente da Silva

Abstract

A Gliricidia sepium, Jacq., Kunth, Walp é uma árvore de porte médio, pertencente à família Leguminosae, que possui grande importância para a área comercial, devido as suas características de uso múltiplo. Muitas leguminosas arbóreas, tais como a gliricídia, são capazes de formar simbiose com bactérias fixadoras de nitrogênio (BFN) e fungos micorrízicos arbusculares (FMA) que promovem maior absorção de nutrientes. A fixação biológica de nitrogênio (FBN) é um processo altamente dependente de energia na forma de ATP. Portanto, a atividade dos FMAs beneficia esse processo por promoverem maior absorção de P pelas plantas. As bactérias promotoras de crescimento de plantas (BPCPs) também podem contribuir para esse processo visto que também são capazes de solubilizar fosfatos. Nesse contexto, o presente trabalho teve como objetivo avaliar a nodulação e eficiência simbiótica da gliricidia pela tripla inoculação BPCPs - rizóbios - FMA, visando otimizar o processo da FBN. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, com delineamento em blocos ao acaso, em arranjo fatorial 11 x 2 (+1). Os 11 (onze) níveis corresponderam à inoculação de 10 BPCPs inoculadas conjuntamente com rizóbio e um tratamento somente com rizóbio - na presença e ausência de FMA -, além de uma testemunha absoluta (controle - sem BPCP, FMA e rizóbio). Foram utilizados vasos preenchidos com 8 kg de solo (Argissolo Vermelho Amarelo distrófico) como unidade experimental. Na semeadura foi efetuada a inoculação com Rhizobium sp. (BR 8801) e co-inoculação com BPCPs + FMA. Aos 10 (dez) dias após o plantio (DAP) foi realizada uma reinoculação com Rhizobium sp.. Durante o desenvolvimento das plantas foi utilizada solução nutritiva sem adição de nitrogênio e fósforo. As variáveis avaliadas foram: altura de planta (AP) aos 30, 60, 90 e 120 DAP; massa seca da parte aérea (MSPA), da raiz (MSR) e dos nódulos (MSN); relação MSR/MSPA; comprimento da raiz (CR); N total acumulado (Nac) na MSPA; teor de fósforo na MSPA; eficiência da estirpe (E), teor de fósforo (P), conteúdo de P e colonização micorrízica (CM). Os tratamentos demonstraram efeito significativo para todas as variáveis avaliadas. A adição de FMA aos tratamentos proporcionou melhores resultados para as variáveis estudadas, observando-se diferença significativa (p<0,05) para os tratamentos co-inoculados com BPCPs e não significativa (p>0,05) para o tratamento inoculado com Rhizobium (BR 8801), na presença ou ausência de FMA. O tratamento BR 8801 + 183-EL + FMA promoveu a melhor resposta para a gliricídia.Gliricidia sepium, Jacq., Kunth, Walp. is a medium-sized tree belonging to the Leguminosae family, and has great importance for the commercial area, due to its multiple use characteristics. Many leguminous trees, such as gliricidia, are able to form symbiosis with nitrogen-fixing bacteria (NFB) and arbuscular mycorrhizal fungi (AMF), which promote better absorption of nutrients. The BNF is a highly dependent energy process in ATP form. AMF activity therefore benefits this process because these microorganisms promote greater P uptake by plants. Plant growth promoting bacteria (PGPBs) also can contribute to this process in them they are also able to solubilize phosphates. In this context, the work aimed to evaluate gliricidias nodulation and symbiotic efficiency by triple inoculation of PGPBs - rhizobia - AMF, aiming to optimize BNF process. The experiment was performed in a greenhouse in randomized block design with 11 x 2 (+1) factorial arrangement. The 11 levels corresponded the inoculation of 10 PGPB's jointly inoculated with rhizobia and a rhizobia treatment independently - in presence and absence of AMF -, plus a control (control - no PGPB, AMF or rhizobia). Pots filled with 8 kg of soil (dystrophic Ultisol) were used as experimental unit. In the sowing was done the Rhizobium sp. (BR 8801) inoculation and co-inoculation with AMF + BPCP's. 10 days after sowing (DAS) re-inoculation was performed with Rhizobium sp. During plant growth, a nutrient solution without addition of nitrogen and phosphorus was used. The variables evaluated were: plant height (PH) at 30, 60, 90 and 120 DAS, shoot dry matter (SDM), root (RDM) and nodules (NDM); RDM / SDM ratio; root length (RL), total N accumulated (Nac) in SDM; phosphorus rate in SDM; efficiency of strain (E), phosphorus rate (P), P contents and mycorrhizal colonization (MC). Treatments showed significant effects for all variables. AMF addition in treatments promoted better results for the evaluated variables, observing significant difference (p <0.05) for treatments with co-inoculation of BPCP's and no significant difference (p>0.05) for treatment inoculated with Rhizobium (BR 8801), in presence or absence of AMF. BR 8801+EL-183+AMF treatment promoted the best response for gliricidia

Topics: BPCPs, FMA, Fixação de N2, Nodulação, Gliricidia sepium, CIENCIA DO SOLO, Nodulation, N2 fixation, AMF, PGPB, CIENCIA DO SOLO
Publisher: Universidade Federal Rural de Pernambuco
Year: 2013
OAI identifier: oai:agregador.ibict.br.BDTD_UFRPE:oai:tede.ufrpe.br:1662
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://www.rcaap.pt/detail.jsp... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.