Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

O desafio da malária: o caso brasileiro e o que se pode esperar dos progressos da era genômica

By Luiz Hildebrando Pereira da Silva and Vera Engracia Gama de Oliveira

Abstract

A área endêmica de malária no Brasil se estende atualmente à totalidade da região amazônica, com cerca de 500 mil casos anuais, em geral com situações de baixa e média endemicidade mas ainda apresentando focos de alto risco. Fatores demográficos e socioeconômicos são dominantes nos desafios que enfrentam os Serviços de Saúde Pública no controle da malária. No presente artigo são discutidos fatores determinantes da instabilidade da situação endêmica bem como a necessidade de ações permanentes de vigilância e de intervenção dos Serviços de Saúde para que se evitem surtos epidêmicos e alastramento das áreas endêmicas. No artigo, em seguida, apresenta-se uma síntese de progressos recentes nos estudos da era genômica e pós-genômica sobre o parasita, o vetor e o hospedeiro humano que podem favorecer, no futuro, o desenvolvimento e a melhoria dos métodos de controle da malária

Topics: Malária, Genomics, Plasmodium, Anopheles, Public aspects of medicine, RA1-1270
Publisher: Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva
OAI identifier: oai:doaj.org/article:efe3f17c48fc49c58828ccbfb8758558
Journal:
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • https://doaj.org/toc/1678-4561 (external link)
  • http://www.scielo.br/scielo.ph... (external link)
  • https://doaj.org/article/efe3f... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.