Article thumbnail
Location of Repository

Ubiquidade do ruído em Neonatologia: efeitos e efectividade de medidas de controlo

By Dina Oliveira, Miguel Figueiredo and Vânia Batista

Abstract

Introdução: Nas unidades de cuidados intensivos neonatais, o ruído é uma realidade incontornável e de difícil controlo. A exposição a níveis elevados de ruído tem sido reconhecida como factor de risco para o desenvolvimento do recém-nascido pré-termo. O objectivo foi avaliar a efectividade da formação dos profissionais e da introdução de um sensor de ruído de alarme luminoso, enquanto possíveis estratégias de redução do ruído. Métodos: Trata-se de um estudo longitudinal, em que foram realizadas duas medições em cada unidade, durante aproximadamente oito horas, do Leq, L10, L95, Lpico, enquanto variáveis de caracterização do ambiente acústico. Entre cada momento de avaliação procedeu-se a três intervenções distintas, respectivamente, a realização de formação sobre o ruído e aplicação de um sensor de ruído de alarme luminoso na unidade A, a aplicação isolada do sensor de ruído de alarme luminoso na unidade B e a realização apenas da formação na unidade C. Procedeu-se ainda à avaliação dos níveis de pressão sonora, em tempo real, associados à actividade das unidades.Resultados: Os níveis sonoros contínuos equivalentes obtidos nas duas medições variaram respectivamente entre 63,57 e 59,96dB(A) (unidade A), entre 62,44 e 63,5dB(A) (unidade B) e entre 60,1 e 59,79dB(A) (unidade C). Apenas na unidade A se verificou uma redução significativa do primeiro para o segundo momento. Os valores máximos instantâneos do nível sonoro foram associados fundamentalmente à conversação entre os profissionais, aos alarmes dos equipamentos e à actividade clínica. Conclusão: Os níveis sonoros contínuos equivalentes estão acima dos níveis recomendados pela Academia Americana de Pediatria em todas as medições. A aplicação isolada de cada estratégia não demonstrou efectividade. No entanto, quando associadas, obteve-se uma diferença no nível sonoro contínuo equivalente

Publisher: Sociedade Portuguesa de Pediatria
Year: 2014
DOI identifier: 10.25754/pjp.2013.3424
OAI identifier: oai:ojs.revistas.rcaap.pt:article/3424
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • https://pjp.spp.pt//article/vi... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.