Article thumbnail

Antagonismo de Trichoderma harzianum a Sclerotium rolfsii nas culturas do feijoeiro e soja.

By Ana Carolina Vasconcelos Auler, Daniel Diego Costa Carvalho and Sueli Corrêa Marques de Mello

Abstract

Os fungicidas sintéticos embora sejam eficientes no controle de fungo fitopatogênicos, apresentam potencial efeito tóxico à saúde humana e ao meio ambiente. Nesse contexto, o controle biológico tem sido utilizado como alternativa para reduzir os prejuízos causados por Sclerotium rolfsii em diversas culturas de importância econômica no Brasil. Sendo assim, objetivou-se com este trabalho estudar o potencial de 23 isolados de Trichoderma harzianum provenientes de solo de Cerrado como agente de controle biológico de S. rolfsii, importante patógeno nas culturas do feijoeiro e soja. A ação antagonista dos isolados foi verificada por meio do pareamento de culturas sob três temperaturas (22ºC, 25ºC e 28ºC) e em experimentos conduzidos em casa de vegetação, com as culturas de feijoeiro e soja. Os isolados CEN155, CEN158, CEN169, CEN170, CEN194 e CEN197 destacaram-se quanto à inibição do crescimento micelial de S. rolfsii, nas três temperaturas empregadas nos experimentos in vitro, ocupando pelo menos 66% da superfície do meio em placa de Petri (90 mm) e também na supressão in vivo de S. rolfsii nos experimentos com as duas culturas em casa de vegetação, proporcionando percentual médio de plantas sadias acima de 88%, aos 15 dias após as inoculações de patógeno e antagonistas no solo

Topics: Agronomia, Fitopatologia. controle biológico. feijão. soja.
Publisher: 'Universidade Federal de Roraima'
Year: 2013
DOI identifier: 10.18227/1982-8470ragro.v7i3.1335
OAI identifier: oai:ojs.pkp.sfu.ca:article/1335

Suggested articles


To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.