Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Zoneamento agroecológico do município de Alcinópolis - MS.

By W. de CARVALHO JUNIOR, C. da S. CHAGAS, E. F. da SILVA, M. R. COELHO, N. R. PEREIRA, M. J. ZARONI, F. C. S. do AMARAL, A. O. GONCALVES, S. B. BHERING, R. de O. DART, M. L. D. AGLIO, C. H. L. LOPES and J. SOARES

Abstract

A Embrapa Solos, em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo ?SEPROTUR, realizou o Zoneamento Agroecológico do Estado do Mato Grosso do Sul ? Fase II - com objetivo de contribuir na indicação de áreas passíveis de exploração agrícola sustentável. No desenvolvimento desse trabalho foram considerados aspectos legais, restrições ambientais, potencial das culturas, aspectos do clima, de geomorfologia e dos solos, todos integrados em ambiente de sistema de informação geográfica com apoio de algebra de mapas, no intuito de avaliar a adequabilidade de uso das terras e apresentar uma proposição de planejamento de uso e ocupação das terras. Os foram consolidados por município e dão origem a esse boletim de pesquisa. No município de Aquidauana, as terras indicadas para o uso com lavouras somam cerca de 870 km², o que equivale a aproximadamente 23% da área total do município, sendo que, destas, 92% apresentam declividade inferior a 8%. As áreas recomendadas para pastagem equivalem a 54% e as áreas recomendadas para pastagem especial a aproximadamente 8% da área do município que corresponde a algo como 294 km². Nestas unidades é fundamental avaliar-se criteriosamente a utilização de pastagens nestas terras quando essas ainda se encontram sob cobertura vegetal, visto que, praticamente 40% destas terras ainda permanecem com vegetação natural em seus diversos graus de conservação. As terras recomendadas para conservação dos recursos natu-rais e/ou recuperação ambiental equivalem a menos de 475 km², as quais constituem áreas de alta fragilidade ambiental e/ou apresentam restrições legais de uso como áreas de preservação permanente. As áreas identificadascomo zonas recomendadas para recuperação ambiental equivalem a 112 km² e constituem áreas de moderada a alta fragilidade ambiental e/ou que apresentam restrições legais de uso e que já foram desmatadas para o uso com pastagens/agricultura. Desconsiderando as terras de Pantanal, a área do município de Aquidauana apresenta um alto grau de ação antrópica das terras, onde mais de 75% das terras sendo utilizadas com pastagens e/ou com agricultura, enquanto que apenas 25% ainda apresentam certo grau de preservação.201113 mapas color.; escala 1:100.000

Topics: Planejamento de uso e ocupação da terra, Planejamento ambiental, Uso sustentável da terra, Ordenamento territorial, Zoneamento agroecológico Uva, Zoneamento agroecológico Citrus, Zoneamento agroecológico Maracujá, Zoneamento agroecológico Goiaba, Zoneamento agroecológico Manga, Zoneamento agroecológico Mamão, Zoneamento agroecológico Banana, Zoneamento agroecológico Abacaxi, Zoneamento agroecológico Girassol, Zoneamento agroecológico cana-de-açúcar, Zoneamento agroecológico Eucalipto, Zoneamento agroecológico Seringueira
Publisher: Rio de Janeiro : Embrapa Solos, 2011.
Year: 2012
OAI identifier: oai:www.infoteca.cnptia.embrapa.br:doc/919029
Provided by: Infoteca-e
Journal:

Suggested articles


To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.