Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Socioeconomic status in Brazilian psychological research: II. socioeconomic status and parenting knowledge Status socioeconômico na pesquisa psicológica brasileira: II. status socioeconômico e conhecimento parental

By Rodolfo de Castro Ribas Jr, Maria Lucia Seidl de Moura and Marc H. Bornstein

Abstract

Although studies of parenting cognitions and practices across cultures have increased systematically in the last years, research specifically on parents' knowledge of childrearing and child development remains very little frequent in non-U.S. settings. In Brazil this issue is still underresearched. This study addressed two main questions: What do Brazilian mothers know about childrearing and child development? How does this knowledge vary with their socioeconomic status and education in particular? A Brazilian version of the Knowledge of Infant Development Inventory (KIDI) was administered to a sample of 64 primiparous mothers, and data about the family's socioeconomic status were collected. Relations of SES and some of its components to parents' knowledge about childrearing and child development were then analyzed. The mean total correct score obtained by the Brazilian mothers on the KIDI was lower than the mean score obtained by the American mothers. There were no differences between KIDI scores obtained by mothers of boys and mothers of girls. Mothers' education was the best predictor of the KIDI. This study gives support to the view that differences in parenting knowledge are ascribable primarily to variation in educational attainment, a principal indicator of SES, and has implications for the development of parental educational programs.<br>Embora os estudos sobre cognições e práticas parentais em diferentes culturas venham aumentando sistematicamente nos últimos anos, pesquisas sobre o conhecimento do desenvolvimento infantil e práticas parentais raramente vêm sendo conduzidas fora dos Estados Unidos. No Brasil praticamente não há literatura nessa área. Este estudo buscou responder a duas perguntas básicas: O que as mães brasileiras sabem sobre desenvolvimento infantil e as práticas parentais? Como este conhecimento sobre o desenvolvimento infantil e práticas parentais varia com o status socioeconômico e, em particular, com a educação das mães? Estudos vêm ressaltando a relevância do status socioeconômico para a análise de vários processos e produtos psicológicos. Porém, a relevância do status socioeconômico para o entendimento da cognições e práticas parentais ainda está sendo discutida. Uma versão em português do Knowledge of Infant Development Inventory (KIDI ) foi administrada em uma amostra de 64 mães primíparas, e dados sobre o status socioeconômico das família foram coletados. Foram analisadas as relações entre o status socioeconômico e alguns de seus componentes sobre o conhecimento do desenvolvimento infantil e de práticas parentais. Verificou-se que, em média, as mães brasileiras obtiveram um escore mais baixo no KIDI do que as mães norte-americanas. Não foram verificadas diferença entre mães de meninos e mães de meninas no KIDI. Todas as variáveis investigadas, exceto idade de mães e pais e status ocupacional das mães, mostraram correlação significativa com KIDI. A educação de mãe foi o melhor preditor dos escores no KIDI. Este estudo dá apoio à visão de que diferenças no conhecimento do desenvolvimento infantil e práticas parentais estão relacionadas principalmente ao nível educacional, um dos principais indicadores do status socioeconômico e têm implicações para o desenvolvimento de programas educacionais para os pais

Topics: conhecimento parental, status socioeconômico, mães primíparas, parental knowledge, socioeconomic status, primiparous mothers, Psychology, BF1-990, Philosophy. Psychology. Religion, B, DOAJ:Psychology, DOAJ:Social Sciences
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Year: 2003
DOI identifier: 10.1590/S1413-294X2003000300005
OAI identifier: oai:doaj.org/article:8195fefff6ef49bc90e695c4172eaaca
Journal:
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • https://doaj.org/toc/1678-4669 (external link)
  • https://doaj.org/toc/1413-294X (external link)
  • http://www.scielo.br/scielo.ph... (external link)
  • https://doaj.org/article/8195f... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.