Skip to main content
Article thumbnail
Location of Repository

Os processos de formação na Política Nacional de Humanização: a experiência de um curso para gestores e trabalhadores da atenção básica em saúde Formation processes within the National Humanization Politics: the experience of a course for managers and workers in primary health care

By Carla Ribeiro Guedes, Luciana Bettini Pitombo and Maria Elizabeth Barros de Barros

Abstract

Este artigo tem como objetivo relatar a experiência de um curso de formação da Política Nacional de Humanização voltado para gestores e trabalhadores da atenção básica de um município no estado do Rio de Janeiro. O curso visou a formação de apoiadores institucionais capazes de fomentar rede no Sistema Único de Saúde (SUS), promover mudanças e consolidação nos modos de atenção e de gestão dos serviços. Como referencial metodológico, buscou-se um modo de "formação-intervenção" que fosse baseado em práticas concretas de intervenção dos trabalhadores nos processos de trabalho em saúde. O curso envolveu quarenta participantes, gestores e trabalhadores de nível médio e superior, ligados à atenção básica, oriundos da Estratégia de Saúde da Família e de Unidades de Saúde. Como resultados destacam-se ações de co-gestão no formato de reuniões com os usuários para o compartilhamento de decisões relativas ao serviço; implementação de acolhimento, com intervenções que garantam o acesso do usuário ao serviço; e de clínica ampliada, com discussões em equipe dos casos clínicos; e ações no campo da saúde do trabalhador, como efeito das discussões dos processos de trabalho nas equipes multiprofissionais.<br>This paper aims to report the experience of a training course of the National Humanization Politics facing managers and workers of primary care in a municipality in the State of Rio de Janeiro. The course aimed at training of institutional supporters that will encourage networking in the Unified Health System (SUS), advocating for change and consolidation in the modes of attention and service management. In the methodology, we sought a way of "training area" that was based on practical concrete action by employees for health work. The course involved forty participants, managers and employees of medium and higher levels are linked to primary care, resulting from the strategy of the Family Health Units and Health The results highlight comanagement actions in the form of meetings with users to share decisions on the service, implementing a host of measures to ensure the User access the service, and extended clinic, with team discussions of clinical cases, and actions in the field of occupational health, the effect of the discussions work processes in multidisciplinary teams

Topics: Política Nacional de Humanização, processo de formação, curso, atenção básica, National Humanization Politics, formation process, course, primary care, Social sciences (General), H1-99, Social Sciences, H, DOAJ:Social Sciences, Public aspects of medicine, RA1-1270, Medicine, R, DOAJ:Public Health, DOAJ:Health Sciences
Publisher: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Year: 2009
DOI identifier: 10.1590/S0103-73312009000400010
OAI identifier: oai:doaj.org/article:2104d35af4d749579f38d684ff3ada28
Journal:
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • https://doaj.org/toc/0103-7331 (external link)
  • http://www.scielo.br/scielo.ph... (external link)
  • https://doaj.org/article/2104d... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.