Location of Repository

Florística e estrutura de fragmento florestal em área de transição na Amazônia Matogrossense no município de Sinop Floristics and structure of a forest fragment at a transitional zone at the Amazon in Mato Grosso State, Municipality of Sinop

By Rosalia de Aguiar Araujo, Reginaldo Brito da Costa, Jeanine Maria Felfili, Ivani Kuntz Gonçalvez, Roberto Antonio Ticle de Melo e Sousa and Alberto Dorval

Abstract

A fragmentação do ambiente é intensa na amazônia matogrossense e é esperado como consequência, além do desaparecimento da vegetação original, que a flora dos fragmentos seja transicional, com elementos de floresta amazônica e de cerrado e que já apresentem elevada presença de famílias e espécies pioneiras. Este trabalho objetivou avaliar a composição florística e obter parâmetros fitossociológicos de componentes arbóreos presentes em um fragmento urbano no município de Sinop, Mato Grosso com vistas a confirmar sua classificação como vegetação de transição e detectar indícios de perturbação pela fragmentação. A vegetação foi amostrada pela instalação de 25 parcelas permanentes de 20 x 20m, onde foram amostrados os indivíduos com CAP igual ou superior a 15 cm à altura de 1,30m do solo. A densidade total da área foi de 1555 ind./ha, distribuídos em 37 famílias botânicas, 81 gêneros e 113 espécies. A família mais representativa foi Leguminosae com 14 espécies. As espécies que mais contribuíram em abundância e apresentaram maior frequência foram: Cecropia sciadophylla, Cecropia sp., Bellucia grossularioides e Vismia guianensis. O índice de Shannon (H') foi de 3,55, considerado alto para uma floresta de transição. A equabilidade de Pielou foi de 0,75, sugerindo grande dominância de poucas espécies. As espécies que mais se destacaram em ordem decrescente de VI (%) foram Cecropia sp., Bellucia grossularioides, Qualea ingens, Cecropia sciadophylla, Vismia guianensis, Miconia prasina, Trattinickia burserifolia, Unonopsis guatterioides e Schefflera vinosa. O remanescente apresenta uma flora mista amazônica e de cerrado, confirmando ser ecótono e a abundância de pioneiras sugere distúrbios. Esta floresta protege espécies madeireiras e frutíferas com grande potencial para uso múltiplo, podendo ser um espaço educativo com vistas a conservação e manejo sustentável.<br>Fragmentation is intense in Amazon forest especially in Mato Grosso State. Loss of original vegetation is expected along with a transitional flora in such fragments, having elements of rainforest and Cerrado vegetation with abundant pioneer species. Goal of this work was to evaluate the floristic composition and phytosociology of the arboreal vegetation of an urban forest fragment in Sinop, Mato Grosso. It was intended to confirm its transitional characteristic and to detect possible perturbation due to fragmentation. The trial had 25 (20 x 20 m) permanent plots, where all individuals over 15 cm gbh were assessed. A total of 36 families, 81 genera and 113 species were found in the area with 1555 ind.ha-1 plant density. The largest family was Leguminosae with 14 species. The most frequent species were: Cecropia sciadophylla, Cecropia sp., Bellucia grossularioides e Vismia guianensis. Shannon (H') diversity index reached 3.55 nats.ind-1, considered high for transitional forests. Pielou's evenness was 0.75, suggesting high dominance of few species. In a decreasing ranking of VI (%) the most frequent species were: Cecropia sp., Bellucia grossularioides, Qualea ingens, Cecropia sciadophylla, Vismia guianensis, Miconia prasina, Trattinickia burserifolia, Unonopsis guatterioides and Schefflera vinosa. The Amazon and Cerrado mixed floristic composition confirms the fragment as transitional and the abundance of pioneer species suggests disturbances caused by fragmentation

Topics: Amazônia, cerrado, floresta estacional, floresta de transição, fitossociologia, Amazon, bioindicators, cerrado, seasonal forest, transitional forest, Biology (General), QH301-705.5, Science, Q, DOAJ:Biology, DOAJ:Biology and Life Sciences, Science (General), Q1-390
Publisher: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Year: 2009
DOI identifier: 10.1590/S0044-59672009000400015
OAI identifier: oai:doaj.org/article:3294c96b590a41b1b751a1d20da2d72e
Journal:
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • https://doaj.org/toc/0044-5967 (external link)
  • http://www.scielo.br/scielo.ph... (external link)
  • https://doaj.org/article/3294c... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.