Prevalência de sobrepeso e obesidade em idosas frequentadoras da Universidade Aberta da Terceira Idade – UATI

Abstract

Introdução: este artigo trata-se da prevalência de sobrepeso e obesidade em idosas frequentadoras da Universidade Aberta da Terceira Idade. Objetivo: avaliar as prevalências de sobrepeso e de obesidade associadas a fatores socioeconômicos e presença de comorbidades, em uma amostra de idosas não institucionalizadas de Salvador-BA, Brasil. Metodologia: um estudo transversal com uma amostra de 72 idosas com mais de 60 anos frequentadoras da Universidade Aberta da Terceira Idade (UATI) vinculada a Universidade Estadual da Bahia (UNEB). Foram aplicados questionários as participantes sobre aspectos pessoais, sócio-demográficos e presença de comorbidades. Resultados: os dados antropométricos avaliados foram o Índice de Massa Corporal (IMC) e da Circunferência da Cintura (CC). Associações entre as variáveis categóricas foram testadas utilizando o teste qui-quadrado com um nível de significância 5%. Observou-se que prevalência de sobrepeso e obesidade de acordo com o IMC foi de 34,48% e 24,14%, respectivamente e 86,54% dos idosos apresentaram um substancial aumento da circunferência abdominal. Verificou-se que 13,46% dos indivíduos eram diabéticos, 63,46% hipertensos. Conclusão: neste estudo não houve associação com significância estatística entre excesso de peso e renda ou presença de comorbidades (Diabete Melito e Hipertensão)

    Similar works