A relevância dos fatos relevantes: um estudo das empresas do novo mercado que compõem o Índice Bovespa (IBOV [B]³)

Abstract

Objetivo: Analisar como as divulgações das diferentes categorias de Fatos Relevantes (FRs) influenciam no retorno das companhias do Novo Mercado (NM) integrantes do IBOV no período de 2014 a 2017. Metodologia: A amostra da pesquisa é composta por 40 empresas do Novo Mercado (NM), analisadas de 2014 a 2017; foram divulgados 919 FRs, após adequações metodológicas analisaram-se 621 FRs. Os dados foram coletados na base de dados da Economática© e utilizou-se a técnica de Estudo de Evento.  Resultados: Após a análise dos 621 FRs, constatou-se que há diferença de relevância entre as categorias de FRs divulgadas, sendo a categoria com maior frequência de divulgação a relacionada a Fusões e Aquisições (F&A), no entanto, a categoria que apresentou proporcionalmente eventos mais significativos foi a de Celebração/alteração/rescisão de acordo de acionistas. Além disso, apesar de todos os fatos terem apresentados eventos significativos, os testes não paramétricos de proporções evidenciaram que não há diferença entre os Retornos Anormais Acumulados significativos e não significativos para categorias de Mudança de Diretoria; Mudança de Critérios Contábeis; Lucro/Prejuízo da Companhia e Projeções. Contribuições do Estudo: Estes resultados ao confirmarem que há diferença de relevância entre as categorias de FRs da ICVM 358, contribuem com a difusão do conhecimento sobre o assunto apresentando novas evidências e possíveis esclarecimentos sobre a temática. Além disso, mesmo tendo estudos que analisaram os FRs, não há na literatura brasileira análise das categorias de forma conjunta utilizando o retorno e o volume das ações, este trabalho busca preencher esta lacuna

    Similar works