334 research outputs found

    Correlação da emissão diária de metano entérico e características de crescimento e eficiência alimentar de bovinos Nelore.

    Get PDF
    O objetivo deste trabalho foi avaliar as correla√ß√Ķes entre a emiss√£o di√°ria de metano ent√©rico (CH4) e caracter√≠sticas de crescimento e efici√™ncia alimentar em bovinos Nelore com um ano de idade, previamente avaliados para o consumo alimentar residual (CAR). Foram testados 118 bovinos (56 f√™meas e 62 machos) nascidos em 2010, pertencentes √† 30a prog√™nie do rebanho Nelore Tradicional, provenientes do Centro APTA Bovinos de Corte-IZ/SP. O CAR foi estimado como o res√≠duo da equa√ß√£o de regress√£o do consumo de mat√©ria seca sobre o peso metab√≥lico e o ganho m√©dio di√°rio em teste p√≥s-desmama de 107 e 112 dias de dura√ß√£o, para machos e f√™meas, respectivamente. Ap√≥s o teste de desempenho, 46 animais (23 machos e 23 f√™meas) representativos das classes de alto CAR (>m√©dia + 0,5 DP; n= 23) e baixo CAR (<m√©dia ? 0,5 DP; n= 23), foram utilizados para estimar CH4 por meio da metodologia do g√°s tra√ßador hexafluoreto de enxofre (SF6) com 7 dias Consecutivos de coleta. A emiss√£o di√°ria de metano est√° diretamente relacionada ao ganho m√©dio di√°rio e ao consumo de mat√©ria seca. N√£o h√° evid√™ncias que a emiss√£o di√°ria de metano desses animais tenha rela√ß√£o com o consumo alimentar residual e a convers√£o alimentar

    Emissão de metano entérico e consumo alimentar residual em bovinos Nelore.

    Get PDF
    O objetivo do trabalho foi avaliar a emissão diária de metano entérico em bovinos Nelore com um ano de idade, previamente avaliados para o consumo alimentar residual (CAR). Foram avaliados 118 animais, machos e fêmeas, nascidos em 2010, provenientes do Centro APTA Bovinos de Corte-IZ/SP. O CAR foi estimado como o resíduo da equação de regressão do consumo de matéria seca (CMS) sobre o peso metabólico e o ganho médio diário (GMD) em teste pós-desmama de 110 dias de duração. Os animais foram classificados por CAR em três grupos: alto CAR (n= 36), médio CAR (n= 42) e baixo CAR (n= 40), levando-se em conta o desvio-padrão da média do CAR de cada sexo. Uma amostra representativa de 46 animais das classes alto e baixo CAR foi usada para avaliar a emissão diária de metano (CH4) por meio da metodologia do gás traçador hexafluoreto de enxofre com 7 dias consecutivos de coleta. Durante a coleta de metano o CMS foi também obtido. Apesar da diferença do CMS dos animais das duas classes de CAR, não houve diferença significativa na CH4. Quando a CH4 foi expressa em relação ao GMD, houve diferença significativa entre os animais mais e menos eficientes. Os animais mais eficientes (baixo CAR) emitem menos CH4 por kg de ganho de peso que os animais menos eficientes (alto CAR)

    Qualidade do café arábica em diferentes altitudes no Espírito Santo.

    Get PDF
    Este trabalho teve como objetivo avaliar a influência de diferentes altitudes na qualidade do café arabica, avaliada pela análise sensorial. Para tanto, foram avaliados grãos de três cultivares de café arábica colhidos em três ambientes com altitudes diferentes, ou seja, a 700 m, 950 m e 1100 m, nos municípios de Venda Nova do Imigrante, Domingos Martins e Santa Maria do Jetiba, respectivamente. Os cafés foram secos em terreiro suspenso coberto até que alcançassem 12% de umidade. A classificação sensorial foi realizada por um provador especializado, sem prévio conhecimento das amostras. Verificou-se que cafés cultivados em maiores altitudes originaram melhores bebidas. Não houve diferença significativa entre as cultivares Rubi, Catuai Vermelho IAC 44 e Catuai Vermelho IAC 81 para a qualidade da bebida

    Seleção e avaliação do desempenho produtivo de clones de café conilon na Região Sul do Estado do Espírito Santo.

    Get PDF
    Embora a produ√ß√£o de caf√© conilon no Esp√≠rito Santo se concentre na regi√£o norte, cerca de 20% da produ√ß√£o total da esp√©cie no Estado √© obtida na regi√£o sul. Essa regi√£o apresenta caracter√≠sticas de clima e solo adequados ao cultivo da esp√©cie e vem renovando e mesmo aumentando gradativamente suas √°reas de cultivo. Para essa renova√ß√£o tem sido utilizadas cultivares cujos clones foram selecionados e avaliados na regi√£o norte. Esse trabalho visa avaliar nas condi√ß√Ķes do sul do Estado, o comportamento de clones selecionados nessa e noutras regi√Ķes. Os dados obtidos na primeira safra (produtividade de at√© 89,40Sc benef./ha), indicam um grande potencial da regi√£o para que sejam alcan√ßados altos n√≠veis de produtividade. Indicam tamb√©m a exist√™ncia de grande variabilidade gen√©tica para a caracter√≠stica em quest√£o

    Comportamento do café arábica em diferentes densidades de plantio no Espírito Santo.

    Get PDF
    No Esp√≠rito Santo a produtividade m√©dia do caf√© ar√°bica √© muito baixa, face a diferentes fatores de produ√ß√£o, como a utiliza√ß√£o de baixas densidades de plantio. Esse trabalho objetivou analisar o comportamento do caf√© ar√°bica avaliado em cinco densidades de plantio e em dois ambientes representativos. As cultivares testadas foram Icatu Amarelo IAC 2944, Catuai Vermelho IAC 44 e Iapar 59. Maiores produ√ß√Ķes foram obtidas no local de maior altitude. Verificaram-se diferen√ßas de comportamento entre as cultivares quanto √† densidade de plantas/ha, com tend√™ncia de rendimentos superiores nos plantios mais adensados

    Comportamento de genótipo de café arábica em condição de baixa altitude no Estado do Espírito Santo.

    Get PDF
    32 genótipos de Coffea arabica foram avaliados por seis colheitas na região norte do Estado do Espírito Santo, a 70 m de altitude na Fazenda Experimental de Sooretama/Incaper. Sobressaíram os materiais genéticos ?Tupi IAC 1669-33?, ?Obatã IAC 1669-20?, ?Katipó 245-3? e ?Perobal L21?, com produtividade média de grãos de 50,963; 46,803; 38,813; e 38,378 Sc. benef./ha, respectivamente

    Odonata from the BEFTA Project area, Riau Province, Sumatra, Indonesia

    Get PDF
    The Odonata found during work on the Biodiversity and Ecosystem Function in Tropical Agriculture (BEFTA) Project in Riau Province, Sumatra, Indonesia are reported. Prior to the BEFTA project we are only aware of published records of 37 species of Odonata from Riau Province (these are listed in an appendix). Seventy five species have been recorded during the BEFTA project, including five that have not (Archibasis incisura, Archibasis rebeccae and Pseudagrion williamsoni), or not definitely (Argiocnemis species and Mortonagrion species cf aborense), been recorded in Sumatra before. Macromia dione is recorded for the first time since its description. The number of species now known from Riau Province is 88; 51 of these are reported from the province for the first time here.Sinar Mas Agro Resources and Technology Research Institute (donation) and Isaac Newton Trust, Cambridg

    Hypothalamic orexin’s role in exacerbated cutaneous vasodilation responses to an anxiogenic stimulus in a surgical menopause model

    Get PDF
    Distressing symptoms such as hot flashes and sleep disturbances affect over 70% of women approaching menopause for an average of 4-7 years, and recent large cohort studies have shown that anxiety and stress are strongly associated with more severe and persistent hot flashes and can induce hot flashes. Although high estrogen doses alleviate symptoms, extended use increases health risks, and current non-hormonal therapies are marginally better than placebo. The lack of effective non-hormonal treatments is largely due to the limited understanding of the mechanisms that underlie menopausal symptoms. One mechanistic pathway that has not been explored is the wake-promoting orexin neuropeptide system. Orexin is exclusively synthesized in the estrogen receptor rich perifornical hypothalamic region, and has an emerging role in anxiety and thermoregulation. In female rodents, estrogens tonically inhibit expression of orexin, and estrogen replacement normalizes severely elevated central orexin levels in postmenopausal women. Using an ovariectomy menopause model, we demonstrated that an anxiogenic compound elicited exacerbated hot flash-associated increases in tail skin temperature (TST, that is blocked with estrogen), and cellular responses in orexin neurons and efferent targets. Furthermore, systemic administration of centrally active, selective orexin 1 or 2 and dual receptor antagonists attenuated or blocked TST responses, respectively. This included the reformulated Suvorexant, which was recently FDA-approved for treating insomnia. Collectively, our data support the hypothesis that dramatic loss of estrogen tone during menopausal states leads to a hyperactive orexin system that contributes to symptoms such as anxiety, insomnia, and more severe hot flashes. Additionally, orexin receptor antagonists may represent a novel non-hormonal therapy for treating menopausal symptoms, with minimal side effects
    • ‚Ķ
    corecore