144 research outputs found

    Geração ‘Nem Nem’ na Região Metropolitana de Salvador

    Get PDF
    This study has as its main objective to trace the demographic and socioeconomic profile of the “NEET” generation residing in the Metropolitan Region of Salvador (RMS) and estimate the probability of this condition. As it is a recent theme, most studies were for Brazil, with few about the Brazilian metropolises, especially the RMS, marked by high population concentration, unemployment and underemployment, especially among young people. The main source of information is the microdata of National Household Sample Survey (PNAD) of 2015 whose were analyzed descriptively and through the application of the Probit model. The main results indicate that the “NEETs” represent about 22% of the contingent of young people aged 15 to 29 years old in the RMS, being the majority female, with a predominance of the brown and black race/color, approximately 50% have completed high school or incomplete higher education, who lives with their mothers and with low family income. Furthermore, the estimates obtained using the Probit model indicate per capita income below half a minimum wage as the variable with the greatest impact on the probability of being “NEET”, followed by the positive influence of female gender. On the other hand, the model reaffirmed the importance of schooling in reducing the probability of a young person belonging to the “NEET” generation.Este estudio tiene como principal objetivo rastrear el perfil demográfico y socioeconómico de la generación de jóvenes ‘ni ni’ residente en la Región Metropolitana de Salvador (RMS) y estimar la probabilidad de encontrarse en esta condición. Como es un tema reciente, la mayoría de los estudios fueron para Brasil, con pocos para las metrópolis brasileñas, especialmente la RMS, marcada por una alta concentración de población, desempleo y subempleo, especialmente entre los jóvenes. La principal fuente de información son los microdatos de la PNAD 2015, cuyos datos fueron analizados de forma descriptiva y mediante la aplicación del modelo Probit. Los principales resultados indican que los ni ni representan alrededor del 22% del contingente de jóvenes de 15 a 29 años en la RMS, siendo la mayoría mujeres, con predominio de raza/color mulata y negra, aproximadamente el 50% tiene educación secundaria completa o educación superior incompleta, a pesar del alto porcentaje de personas con menos de este nivel de educación (alrededor del 45%), viven con su madre y tienen bajos ingresos familiares. Además, las estimaciones obtenidas mediante el modelo probit señalan el ingreso per cápita por debajo de la mitad del salario mínimo como la variable con mayor impacto en la probabilidad de ser ni ni, seguida de la influencia positiva de ser mujer. Por otro lado, el modelo reafirmó la importancia de la escolaridad en la reducción de la probabilidad de ser un joven perteneciente a la generación ni ni.Este estudo tem como principal objetivo traçar o perfil demográfico e socioeconômico da geração de jovens ‘nem nem’ residente na Região Metropolitana de Salvador (RMS) e estimar a probabilidade de estarem em tal condição. Por ser um tema recente, a maioria dos estudos foram para o Brasil, com poucos para as metrópoles brasileiras, em especial a RMS, marcada por elevada concentração populacional, desemprego e subemprego, notadamente entre os jovens. A principal fonte de informações são os microdados da PNAD de 2015, cujos dados foram analisados de forma descritiva e por meio da aplicação do modelo Probit. Os principais resultados indicam que os nem nem representam cerca de 22% do contingente de jovens de 15 a 29 anos na RMS, sendo a maioria do sexo feminino, com predominância da raça/cor parda e preta, tendo aproximadamente 50% o ensino médio completo ou superior incompleto, reside com a mãe e têm baixo rendimento familiar. Ademais, as estimativas obtidas através do modelo probit indicam o rendimento per capita abaixo de meio salário mínimo como a variável de maior impacto sobre a probabilidade de ser nem nem, seguido da influência positiva em ser do sexo feminino. Por outro lado, o modelo reafirmou a importância da escolaridade na redução da probabilidade de ser um jovem pertencente a geração nem nem

    Intellectual Property Indicators in the Mesoregions of the State of Alagoas-Brazil

    Get PDF
    The objective of this study is to analyze local, innovative and sustainable development in the three Mesoregions of Alagoas, through intellectual property indicators (patents, trademarks, industrial design and geographical indications). The methodology consists of the analysis of secondary sources extracted from the Statistical Database on Industrial Property (BADEPI), available on the website of the National Institute of Industrial Property (INPI), for the years 2010 to 2017. The results point out marked differences, with the eastern Alagoas mesoregion concentrating the intellectual property indicators with two geographical indications, 95.93% of the patent deposits and 84.73% of the deposits of trademark registrations, as well as industrial designs and computer programs. Agreste Alagoano presents a reasonable amount of intellectual protection, with emphasis on the municipality of Arapiraca. Sertão Alagoano, on the other hand, has the worst situation, low amount of intellectual property, even in a region with a diversified cultural and environmental environment. Thus, it was found that the Mesoregions of Alagoas need an ecosystem that invests in the innovation process in the region, especially the Sertão Alagoano

    Recuperação econômica e emprego formal: avaliação para o Nordeste brasileiro entre 2000 e 2008

    Get PDF
    Since the last two decades of the twentieth century, Brazilian economy undergoes profound structural and juncture changes which compromised its capacity for generating formal job posts. With the resumption of the economic growth since 2003, Brazilian job market has shown signs of recovery. This paper investigates how the Northeast Region was benefited with the recent generation of formal  job posts, and determines the profi le of such posts. Data from the General Registration of Employees and Unemployed (CAGED) from the Ministry of Labor and Employment (MTE) show significant increase in the number of formal occupations in the country (9,732,062) between 2000 and 2008, with 13.20% of these new posts located in the Northeast (1,842,162). This region, in 2008, concentrated 40.33% of its posts in the service sector, in microsized companies (87.51%) composed mainly of male workforce (66.78%), aged between 18 and 24 years old (81.31%), with completed high school (71.03%), earning in its majority (70.91%) at most up to 1 minimum wage. It is shown that the Northeast region increased the job posts stock throughout the 2000s, however this occupation was selective by sex, age and schooling level, in addition to precarious, since it is observed high turnover rate and low salaries, despite improvements in the educational level of its workforce.Key words: formal employment, job posts number, Northeast.Desde as últimas duas décadas do século XX, a economia brasileira passa por profundas transformações estruturais e conjunturais que comprometeram a sua capacidade de gerar empregos formais. Com a retomada do crescimento econômico, a partir de 2003, o mercado de trabalho brasileiro deu sinais de recuperação. Este artigo investiga emque medida a região Nordeste foi beneficiada com a geração recente de empregos formais, além de averiguar o perfil desses postos de trabalho. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) do Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE) apontam expressivo aumento no número de ocupações formais no país (9.732.062) entre 2000 e 2008, com 13,20% dessas novas vagas localizadas no Nordeste (1.842.162). Tal região, em 2008, concentrou40,33% de suas ocupações no setor de serviços, em estabelecimentos de micro porte (87,51%), sendo essas vagas ocupadas predominantemente por mão de obra masculina (66,78%), que possui entre 18 e 24 anos (81,31%) e com o ensino médio completo (71,03%), recebendo, em sua maioria (70,91%), no máximo até 1 salário mínimo. Evidencia-se que a região Nordeste aumentou o estoque de empregos ao longo dos anos 2000, porém, essas ocupações são seletivas por sexo, idade e escolaridade, além de precárias, uma vez que se observa alta rotatividade e baixos salários, apesar da melhora no nível educacional de sua mão de obra.Palavras-chave: emprego formal, saldo de vagas, Nordeste

    Sujeitos do trabalho precário: o caso dos protagonistas do mercado da construção no brasil

    Get PDF
    This article aims to analyze the central turnover in the labor market in the Brazilian civil construction sector increased performance in hiring workers, during the second five year period of the first decade of this century. Methodologically resorts to the literature review, complemented with evolutionary and comparative analysis of inventory and profile of workers in the sector. Then, from the movement of admission and dismissal of workers, it creates the index of turnover, seeking to portray those who are the most vulnerable to this process. The source data comes from the Annual Report of Social Information (RAIS) and the General Register of Employed and Unemployed (CAGED) of the Ministry of Labor and Employment (MTE). The selected years include the biennia 2006-2007 and 2009-2010. The main results show significant growth in hiring workers with massive participation of male labor, concentrated in the older age groups, with low level of education and income in the first two salary ranges. Additionally, turnover was high for men, young people with little schooling and average earnings in the first few tracks. Este artículo tiene como objetivo central analizar la rotatividad en la industria de la construcción civil brasileña, sector con el mayor rendimiento en la contratación de trabajadores, en el segundo quinquenio de la primera década de este siglo. Metodológicamente recurre a la revisión de la literatura, complementado con el análisis comparativo de la evolución del perfil de los trabajadores del sector. Entonces, desde el movimiento de admisión y despido de trabajadores, se crea el índice de rotatividad, tratando de retratar aquellos que son los más vulnerables a este proceso. La fuente de datos proviene del Informe Anual de Informaciones Sociales (RAIS) y el Registro General de Empleados y Desempleados (CAGED) del Ministerio de Trabajo y Empleo (MTE). Los años seleccionados incluyen los bienios 2006-2007 y 2009-2010. Los principales resultados muestran un importante crecimiento en la contratación de trabajadores con la participación masiva de mano de obra masculina, se concentró en los grupos de mayor edad, con bajo nivel de educación e ingresos en los rangos salariales de los primeros. Además, la rotatividad resultó ser mayor en los hombres, los jóvenes con baja escolaridad y los ingresos medios en las escala de los primeros.Este artigo tem como objetivo central analisar a rotatividade no mercado de trabalho na construção civil brasileira, setor de maior desempenho na contratação de trabalhadores, durante o segundo quinquênio da primeira década do século XXI. Metodologicamente recorre-se a revisão da literatura, complementada com a análise evolutiva e comparativa do estoque e do perfil dos trabalhadores do setor. Em seguida, a partir do movimento de admissão e desligamento de trabalhadores, cria-se o indicador da rotatividade, procurando retratar quem são os trabalhadores mais vulneráveis a esse processo. A fonte de dados provém da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) do Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE). Os anos selecionados compreendem os biênios 2006-2007 e 2009-2010. Os principais resultados mostram crescimento expressivo na contratação de trabalhadores, com participação massiva da mão de obra masculina, concentrada nas faixas etárias mais avançadas, com baixo nível de escolaridade e rendimentos nas duas primeiras faixas salariais. Adicionalmente, a rotatividade mostrou-se elevada para os homens, jovens, com pouca escolaridade e remuneração média nas primeiras faixa

    Emprego formal na indústria têxtil catarinense: localização, caracterização, diferenças e semelhanças entre as mesorregiões

    Get PDF
    O artigo tem como objetivo avaliar a dinâmica da indústria têxtil catarinense, comparando o perfil dos postos de trabalho nas mesorregiões do estado, a partir do processo de reestruturação produtiva dessa indústria. Utilizou-se, para análise empírica, o banco de dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) e o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) do Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE), além de uma revisão literária acerca das transformações estruturais da indústria têxtil brasileira e catarinense. Os principais resultados indicam diferenças destoantes entre as mesorregiões. O Norte Catarinense, mesmo com menor participação do emprego têxtil no estado, mostrou melhor perfil nos postos de trabalho. Já a mesorregião Serrana, além de ter a menor participação percentual de postos de trabalho na indústria têxtil catarinense, mostrou ocupações mais precárias do que o observado no restante do estado. Cabe destacar que a qualidade do emprego formal no setor têxtil em todo o estado catarinense segue a dinâmica observada na indústria de transformação tradicional em todo o país a partir dos anos 1990.

    Indústria têxtil: uma análise do emprego formal em Santa Catarina vis-à-vis o Ceará – 1998/2008

    Get PDF
    This article analyzes and compares the profile of the textile industry as well as the socioeconomic characteristics of its workers between 1998 and 2008. The state of Santa Catarina and the state of Ceará are the targets of this investigation, considering that the textile industryis the sector of the manufacturing industry that employs the largest number of workers in both states, which are traditional locations of this activity.The data of the Annual List of Social Information (RAIS), from the Ministry of Labor and Employment (MTE), are the main source of the investigation. The main results point out similarities in the significant increase of the number of companies started in the manufacturing industry in Santa Catarina and Ceará, especially in the textile sector, which created the highest number of employment opportunities in both states in 1998 and in 2008. The turnover rate of labor washigh, with a predominance of female workers employed for less than one year and aged 30 to 39. On the other hand, the main differences showed that large companies are the ones that employ more workers Ceará and small businesses hire more people in Santa Catarina, and that 43.41% of textile workers in Ceará have a high school degreeover against 32.10% in Santa Catarina. There are also wage differences between the two states, as in 2008 92.01% of textile workers in Ceará and 58.36% in Santa Catarina earned up to two minimum wages.Keywords: textile industry, formal employment,Santa Catarina, Ceará.Este artigo tem como propósito analisare comparar o perfil da indústria têxtil bem comoas características socioeconômicas dos seus trabalhadoresentre os anos de 1998 e de 2008. O estadode Santa Catarina e o estado do Ceará são os alvos dessa investigação, haja vista que a indústria têxtil é o setor da indústria de transformação que mais emprega em ambos os estados, tradicionais lócus dessa atividade. Os dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), do Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE), são a principal fonte da pesquisa. Os principais resultados, por um lado,apontam semelhanças com o expressivo aumentono número de estabelecimentos abertos da indústria de transformação em Santa Catarina e no Ceará,com destaque para a indústria têxtil, setor que mais cria oportunidade de empregos em ambos os estados em 1998 e em 2008. Por sua vez, a rotatividade da mão de obra apresenta-se elevada,com predominância de trabalhadores empregados por menos de um ano, do sexo feminino e na faixa etária de 30 a 39 anos. Por outro lado, as principais diferenças mostraram que a indústria de grande porte é a que mais emprega no Ceará,e a de pequeno porte em Santa Catarina, sendo que 43,41% dos trabalhadores da indústria têxtil cearense têm o segundo grau completo, contra 32,10% em Santa Catarina. Ainda assim, as diferenças salariais persistem entre os dois estados, com 92,01% dos trabalhadores da indústria têxtil no Ceará e 58,36% em Santa Catarina, em 2008, ganhando até 2 salários mínimos.Palavras-chave: indústria têxtil, emprego formal,Santa Catarina, Ceará

    Industrialização E Emprego Formal: Notas Para O Nordeste, Bahia E Ceará – 1998/2008

    Get PDF
    the macroeconomical transformations of the late 20th century promoted configurations significantly elevated in the productive dynamics and in the job market. Taking this into account, this article aims to analyse the economical dynamics and the formal employment in the industry by comparing the Northeast and the States of Ceará and Bahia – 1990-2008. Methodologically it's used a literature review about the dynamics of the industrial job market, in addition to data from the Social Information Annual Report (RAIS) and from the General Database of Employees and Unemployed (CAGED), both from the Ministry of Work and Employment (MTE). The industrial dynamics is similar both in the regional as well as in the state scope. The State of Bahia exhibits a productive structure somewhat differentiated from its region and strikingly different from the one of Ceará. In 2008, it was observed a bigger aproximation between the researched units. It was observed greater concentration of job posts in traditional sectors of the industry, with more than 70% of the workers of the male sex in the Northeast and in Bahia, followed by the high workforce turnover, both regional as well as in the two states under comparison. It was also observed high percentage of workers earning up to 2 Minimum Wages (SM), with higher percentage registered in Ceará (86.2%). Throughout the years, it was also observed improvements in the schooling level of the industrial workforce, and paradoxically, reduction in the salary average earned by the workers.as transformações macroeconômicas do final do século XX promoveram configurações significativamente elevadas na dinâmica produtiva e no mundo do trabalho. Nesse âmbito, este artigo objetiva analisar a dinâmica econômica e o emprego formal na indústria comparando o Nordeste e os estados do Ceará e da Bahia - 1990-2008. Metodologicamente utiliza-se uma revisão de literatura acerca da dinâmica do mercado de trabalho industrial, além de dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), ambos do Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE). A dinâmica industrial se assemelha tanto em âmbito regional como estadual. O estado da Bahia se configura com estrutura produtiva um tanto diferenciada da sua região e acentuadamente diferente da cearense. Em 2008, observou-se maior aproximação entre as unidades pesquisadas. Notificou-se maior concentração de empregos em setores tradicionais da indústria, com mais de 70,0% dos trabalhadores do sexo masculino no Nordeste a na Bahia, seguido da alta rotatividade da mão-de-obra, tanto regional quanto nos dois estados comparados. Registrou-se elevado percentuais de trabalhadores auferindo rendimentos em até 2 Salários Mínimos (SM), com maior percentual registrado no Ceará (86,2%). Ao longo dos anos, também foi constatado melhorias no nível de escolaridade da mão-de-obra industrial, e, contrariamente ao esperado, redução na média salarial auferida pelos trabalhadores

    Industrialização E Emprego Formal: Avaliação Empírica No Ceará Vis-A-Vis O Piauí – 1998/2008

    Get PDF
    This paper seeks to compare the profile of the processing transformation industry in Ceará and Piauí in 1998 and 2008, besides analyzing the socioeconomic characteristics of their workers. For this, we consider the number of industrial establishments, the distribution of employment by sector, the number of workers per sector of manufacturing industry, the number of employees by establishment size, gender, age, education level, length of service, full pay, average wage by education level and average earnings by sector of manufacturing industry. Data are from the List Annual Social Information (RAIS) of the Ministry of Labor and Employment (MTE). By comparing with Ceará to Piauí, the objective is to analyze the recent dynamics of the labor market in these states, which traditionally listed among the poorest in the country. As a way to improve their socioeconomic and demographic indicators from the early 1990s, Ceará and Piauí follow adopting policies of fiscal incentives to attract industries to their Units of the Federation. The main results on the one hand, are positive and indicate that between 1998 and 2008, Ceará and Piauí were benefited with respectively 3678 and 876 industrial units, which enabled the opening of new formal jobs. Moreover, the data show that these jobs are precarious at both FUs, characterized by high turnover, low wages, and high selectivity by gender, age and education.Este artigo procura comparar o perfil da indústria de transformação instalada no Ceará e no Piauí nos anos de 1998 e 2008, além de analisar as características socioeconômicas dos seus trabalhadores. Para tanto, considera-se o número de estabelecimentos industriais, a distribuição do emprego por ramo de atividade, o número de trabalhadores por setor da indústria de transformação, a quantidade de empregados por tamanho do estabelecimento, sexo, faixa etária, grau de instrução, tempo de serviço, faixa de remuneração, média salarial por nível de escolaridade, e remuneração média por setor da indústria de transformação. Os dados são da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE). Ao comparar o Ceará com o Piauí, objetiva-se fazer uma análise da dinâmica recente do mercado de trabalho desses estados, que tradicionalmente figuram dentre os mais pobres do país. Como forma de melhorar os seus indicadores socioeconômicos e sociodemográficos, desde o início dos anos 1990, o Ceará e o Piauí seguem adotando políticas de incentivos fiscais para atrair indústrias para as suas Unidades da Federação. Os principais resultados, por um lado, são positivos, e apontam que entre 1998 e 2008, o Ceará e o Piauí foram beneficiados, respectivamente, com 3.678 e 876 unidades industriais, o que possibilitou a abertura de novos postos de trabalho formais. Por outro lado, os dados mostram que esses empregos são precários em ambas as UFs, caracterizados por alta rotatividade, salários baixos, além de elevada seletividade por sexo, idade e escolaridade
    • …
    corecore