117,484 research outputs found

    Comportamento Organizacional

    Get PDF
    1 f√īlder (4 p.) : color. ; 21 x 17 cmF√īlder de divulga√ß√£o do curso Comportamento Organizacional, oferecido pelo Centro de Desenvolvimento em Administra√ß√£o (CDA) da Funda√ß√£o Jo√£o Pinheiro (FJP) em parceria com a Columbia University, no dias 23 a 27 de junho de 1975 em Belo Horizonte (MG)

    Emotional intelligence and extra-role behavior: the mediating effect of role stressors and organizational justice in a construction company in China

    Get PDF
    In recent years, with the development of China's foreign infrastructure construction, especially the African countries, as well as the strategy of One Belt And One Road arising, Chinese expatriate as a specific group is becoming bigger. Compared with domestic employees, the work environment of expatriate is quite different. This study is designed to explore whether and how does Chinese expatriate‚Äôs emotional intelligence influence their extra-behavior, both organizational citizenship behavior and counterproductive behavior. To test that, 208 Chinese expatriates one construction stated-owned company accepted fulfill the questionnaire and contributed to this study. The results show that emotional intelligence has positive effect on organizational citizenship behavior of Chinese expatriates: Organizational justice, but not role stressor, mediates the relationship between emotional intelligence and organizational citizenship behavior. Emotional intelligence has negative effect on counterproductive behavior of Chinese expatriates. Organizational justice, but not role stressor, can mediate the relationships between emotional intelligence and counterproductive behavior.Nos √ļltimos anos, com o desenvolvimento da constru√ß√£o de infraestruturas no estrangeiro por parte da China, especialmente nos pa√≠ses africanos, bem como a estrat√©gia de One Belt And One Road decorrentes, o n√ļmero de expatriados chineses est√° a crescer. Em compara√ß√£o com os empregados dom√©sticos, o ambiente de trabalho do expatriado √© bastante diferente. Este estudo visa explorar se e como a intelig√™ncia emocional dos expatriados chineses influencia os seus comportamentos extra-papel: comportamento de cidadania organizacional e comportamento contraproducente. Para testar isso, 208 expatriados chineses numa empresa p√ļblica de constru√ß√£o aceitaram participar neste estudo. Os resultados mostram que a intelig√™ncia emocional tem um efeito positivo sobre o comportamento de cidadania organizacional dos expatriados chineses. A justi√ßa organizacional, mas n√£o o stress do papel, medeia a rela√ß√£o entre a intelig√™ncia emocional e o comportamento de cidadania organizacional. A intelig√™ncia emocional tem um efeito negativo sobre o comportamento contraproducente dos expatriados chineses. A justi√ßa organizacional, mas n√£o o stress do papel, medeia a rela√ß√£o entre a intelig√™ncia emocional e o comportamento contraproducente. Palavras-chave: intelig√™ncia emocional, justi√ßa organizacional, stress de papel, comportamento de cidadania organizacional e comportamento contraproducente

    Comportamento organizacional

    Get PDF
    Orientador: Samantha de Toledo Martins BoehsMonografia (especializa√ß√£o) - Universidade Federal do Paran√°, Especializa√ß√£o em Gest√£o P√ļblicaInclui refer√™nciasResumo: O presente trabalho trata do assunto comportamento organizacional, apresentando a motiva√ß√£o como ferramenta preferencial para o desenvolvimento de bem-estar e de incentivo √† produtividade. Tamb√©m se encontram apresentados os principais elementos motivacionais e teorias espec√≠ficas de motiva√ß√£o. O servidor p√ļblico aparece como protagonista do estudo. A pesquisa √© de car√°ter descritivo e o instrumento de pesquisa utilizado para desenvolv√™-la foi o question√°rio. Como conclus√£o foram diagnosticados os resultados que respondem, aos objetivos propostos, como a an√°lise dos servidores da Casa Of√≠cio, no que se refere √† motiva√ß√£

    Rotas de investigação em Comportamento Organizacional: Passado, presente e futuro da investigação em Portugal

    Get PDF
    Passados mais de 10 anos sobre o √ļltimo n√ļmero especial da PSICOLOGIA subordinado ao tema do comportamento organizacional, o presente n√ļmero procurou focar-se nas novas dire√ß√Ķes de investiga√ß√£o sobre o Comportamento Organizacional em Portugal. Assim, √© objetivo deste n√ļmero especial fazer o levantamento do estado da arte da investiga√ß√£o em comportamento organizacional em Portugal, permitindo com isto tra√ßar rumos futuros da investiga√ß√£o nesta √°rea. Pretendem-se destacar os estudos e teorias atuais no campo do comportamento organizacional, refletindo os desenvolvimentos dos √ļltimos 10 anos. Seguindo cinco temas abrangentes »ā o indiv√≠duo, a interface individual e de grupo nas organiza√ß√Ķes, as quest√Ķes macroorganizacionais, as teorias organizacionais, e a estrat√©gia e metodologias em comportamento organizacional »ā este n√ļmero pretende explorar a literatura e investiga√ß√£o produzida em Portugal nas √ļltimas d√©cadas em comportamento organizacional.info:eu-repo/semantics/publishedVersio

    Comportamento Organizacional Positivo

    Get PDF
    Na √ļltima d√©cada tem vindo a ganhar proemin√™ncia o movimento dos estudos organizacionais positivos. √Č uma corrente de investiga√ß√£o orientada para melhorar as organiza√ß√Ķes usando as respetivas for√ßas ‚Äď em vez de colmatar as suas falhas. Atrav√©s desta lente positiva, seguimos, neste artigo, quatro n√≠veis de an√°lise: (1) consideramos o capital psicol√≥gico como atributo de indiv√≠duos positivos; (2)discutimos as caracter√≠sticas das intera√ß√Ķes positivas; (3) exploramos o papel da seguran√ßa psicol√≥gica na cria√ß√£o de equipas positivas; (4) tra√ßamos o perfil das organiza√ß√Ķes positivas. Discutimos, tamb√©m, que (a) a positividade e a negatividade s√£o parte de uma mesma dualidade, (b) a positividade pode gerar ou facilitar a negatividade e (c) a negatividade pode gerar ou facilitar a positividade

    O papel da justi√ßa organizacional para desenvolver o comportamento de cidadania organizacional: efeito moderador da √©tica do trabalho isl√Ęmico

    Get PDF
    This paper aims to examine and test the role of organizational justice (distributive, procedural & interactional) to develop and promote organizational citizenship in Pakistani financial institutions under moderation effect of Islamic work ethics on the concepts of social exchange, equity and meta/normative ethics theories. In order to pledge the riven opinion on the relationship of organizational justice and organizational citizenship behavior in the existing literature, Islamic work ethics has been inducted as a moderator. The population of the study is the 19 Financial Institutions of Pakistan and data were collected through a survey based 230 questionnaires. PLS was employed to analyze the data and post analysis; it has been established that all three forms of organizational justice are playing a role in the development of organizational citizenship behavior with varying level of impact and interestingly interactional justice is more dominating. Islamic work ethics has no moderation part in the relationship of organizational justice and organizational citizenship behavior. Islamic work ethics is autonomous character for organizational citizenship behavior development. The study has significant contribution to the existing literature available on all the constructs. The imminent studies may expand its scope.Este documento tiene como objetivo examinar y probar el papel de la justicia organizacional (distributiva, procesal e interactiva) para desarrollar y promover la ciudadan√≠a organizacional en las instituciones financieras pakistan√≠es bajo el efecto moderador de la √©tica laboral isl√°mica sobre los conceptos de intercambio social, equidad y teor√≠as de √©tica meta / normativa. Para garantizar la opini√≥n dividida sobre la relaci√≥n entre la justicia organizacional y el comportamiento de la ciudadan√≠a organizacional en la literatura existente, la √©tica laboral isl√°mica ha sido incorporada como moderadora. La poblaci√≥n de estudio son las 19 instituciones financieras de Pakist√°n y los datos se recopilaron a trav√©s de una encuesta basada en 230 cuestionarios. PLS se emple√≥ para analizar los datos y el an√°lisis posterior; se ha establecido que las tres formas de justicia organizacional desempe√Īan un papel en el desarrollo del comportamiento de ciudadan√≠a organizacional con diferentes niveles de impacto y, curiosamente, la justicia interactiva es m√°s dominante. La √©tica laboral isl√°mica no tiene una parte moderada en la relaci√≥n entre la justicia organizacional y el comportamiento de la ciudadan√≠a organizacional. La √©tica laboral isl√°mica es de car√°cter aut√≥nomo para el desarrollo del comportamiento de la ciudadan√≠a organizacional. El estudio tiene una contribuci√≥n significativa a la literatura existente disponible en todos los constructos. Los estudios inminentes pueden ampliar su alcance.Este artigo tem como objetivo examinar e testar o papel da justi√ßa organizacional (distributiva, processual e interacional) para desenvolver e promover a cidadania organizacional nas institui√ß√Ķes financeiras paquistanesas sob efeito moderador da √©tica do trabalho isl√Ęmico nos conceitos de teorias de troca social, eq√ľidade e √©tica meta / normativa. . A fim de prometer a opini√£o distorcida sobre a rela√ß√£o entre a justi√ßa organizacional e o comportamento de cidadania organizacional na literatura existente, a √©tica do trabalho isl√Ęmico foi introduzida como moderadora. A popula√ß√£o do estudo √© a 19 Institui√ß√Ķes Financeiras do Paquist√£o e os dados foram coletados atrav√©s de uma pesquisa baseada em 230 question√°rios. PLS foi empregado para analisar os dados e p√≥s an√°lise, foi estabelecido que todas as tr√™s formas de justi√ßa organizacional est√£o desempenhando um papel no desenvolvimento do comportamento de cidadania organizacional com n√≠vel vari√°vel de impacto e a justi√ßa interessantemente interacional √© mais dominante. A √©tica do trabalho isl√Ęmico n√£o tem parte moderadora na rela√ß√£o entre a justi√ßa organizacional e o comportamento de cidadania organizacional. A √©tica isl√Ęmica do trabalho √© um car√°ter aut√īnomo para o desenvolvimento do comportamento de cidadania organizacional. O estudo tem contribui√ß√£o significativa para a literatura existente dispon√≠vel sobre todos os construtos. Os estudos iminentes podem ampliar seu escopo

    As rela√ß√Ķes de poder como determinantes do comportamento de cidadania organizacional: um estudo nos setores de Gest√£o de Pessoas e SSMA da Embraco em Joinville/SC.

    Get PDF
    TCC (gradua√ß√£o) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro S√≥cio Econ√īmico, Curso de Administra√ß√£o.Os estudos sobre comportamento organizacional tomaram-se um elemento de import√Ęncia crescente na forma√ß√£o de administradores. Dentre os comportamentos mais estudados encontra-se o comportamento de cidadania organizacional (OCB). O OCB engloba os comportamentos extra-papel (extra-fun√ß√£o) que beneficiam a empresa coma um todo. Diversos pesquisadores do comportamento de cidadania organizacional o relacionaram a vari√°veis como justi√ßa organizacional, rotatividade, avalia√ß√£o de desempenho, supervis√£o, clima organizacional, etc. Por√©m, n√£o ha pesquisas que relacionem diretamente esse comportamento as rela√ß√Ķes de poder. Para estabelecer esta rela√ß√£o, o presente trabalho realiza uma pesquisa qualitativa, atrav√©s de an√°lise do discurso, e quantitativa, atrav√©s de an√°lise estat√≠stica na Embraco, em Joinville/SC. A pesquisa descobriu quais as rela√ß√Ķes de poder que determinam os comportamentos de cidadania organizacional dos funcion√°rios dos setores de Gest√£o de Pessoas e SSMA (Sa√ļde, Seguran√ßa e Meio Ambiente) da empresa. Foram coletados dados prim√°rios com o auxilio de question√°rio e realizada a an√°lise de dados secund√°rios a partir de pesquisa documental e bibliogr√°fica. Verificou-se que a concep√ß√£o de comportamento organizacional divulgada pela Embraco se aproxima dos ensinamentos da escola de Rela√ß√Ķes Humanas e da teoria Y de McGregor (1973) e afasta-se da concep√ß√£o de homem parent√©tico de Ramos (1984). 0 poder organizacional se sobressai como determinante do comportamento de cidadania organizacional dos funcion√°rios dos setores de Gest√£o de Pessoas e SSMA da Embraco

    Comportamento organizacional e valores de trabalho em Angola

    Get PDF
    O comportamento organizacional dos trabalhadores tem sido estudado em diversas culturas, mas pouco se sabe neste contexto no tecido empresarial angolano. A presente investiga√ß√£o pretende perceber se o comprometimento organizacional e o comportamento pol√≠tico s√£o influenciados pelos valores de trabalho, pelas vari√°veis de sucesso da organiza√ß√£o e pelas vari√°veis de sucesso do trabalhador. Para o efeito, o presente estudo recorre a uma amostra, em cinco empresas angolanas de diversas √°reas deatividade, onde s√£o inqueridos 83 trabalhadores. As empresas tinham um n√ļmero de empregadosentre 40 a 1 200, as quais iniciaram a sua atividade entre 2005 e 2010, sendo todas n√£o exportadoras. Foram recolhidos dados relativos √† organiza√ß√£o (varia√ß√£o do volume de vendas nos √ļltimos 3 anos, varia√ß√£o do lucro nos √ļltimos 3 anos, setor de atividade e se a empresa √© exportadora ou n√£o) e dadossociodemogr√°ficos dos trabalhadores e relacionados com o trabalho (idade, sexo, estado civil, n√ļmero de filhos, nacionalidade, resid√™ncia e escolaridade, tipo de hor√°rio, v√≠nculo profissional, tipo de organiza√ß√£o, sal√°rio, varia√ß√£o do sal√°rio nos √ļltimos 3 anos, promo√ß√£o nos √ļltimos 3 anos, cargo, ser ou n√£o chefe). Foram utilizadas comomedidas a Escala de Perce√ß√£o de Pol√≠ticas Organizacionais (EPPO, Kacmar& Ferris, 1991), a Escala deEmpenhamento Organizacional (EEO, Rego, Cunha, & Souto, 2005) e o Work Value Survey(WVS; Schwartz, 1994). O estudo investigativo permitiu concluir que existe uma rela√ß√£o entre os valores de trabalho e o comportamento organizacional, entre o comportamento pol√≠tico e o comprometimento organizacional e valores de trabalho. Verifica-se igualmente existir rela√ß√£o entre a varia√ß√£o do volume das vendas e do lucro com o comportamento pol√≠tico e entre a dimens√£o da organiza√ß√£o e comprometimento organizacional e comportamento pol√≠tico. Entre as dimens√Ķes dos trabalhadores apenas existe uma rela√ß√£o positiva entre a promo√ß√£o nos √ļltimos tr√™s anos e o comprometimento organizacional normativo e, no que concerne ao comportamento pol√≠tico, nenhuma vari√°vel do trabalhador se relacionou de forma significativa. O comprometimento organizacional afetivo pode ser explicado pelo conformismo e o comprometimento organizacional instrumental pode ser explicado pelo v√≠nculo contratual. Como a investiga√ß√£o, nesta √°rea, em Angola √© ainda parca e necessita de muito investimento por parte da comunidade cient√≠fica, os resultados obtidos s√£o pertinentes para a gest√£o, uma vez que o comportamento organizacional dos trabalhadores se revela fundamental para o sucesso das empresas

    COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL, SATISFA√á√ÉO E AS RELA√á√ēES DE TRABALHO: UM ENSAIO COM ESTUDANTES DE ADMINISTRA√á√ÉO E CI√äNCIAS CONT√ĀBEIS EM UMA UNIVERSIDADE NO OESTE DE SANTA CATARINA

    Get PDF
    O comportamento organizacional √© um campo de estudos que investiga o impacto que indiv√≠duos, grupos e a estrutura organizacional t√™m sobre o comportamento das pessoas dentro das organiza√ß√Ķes. Assim, objetivou-se contextualizar o comportamento organizacional, a satisfa√ß√£o e as rela√ß√Ķes de trabalho, al√©m de apresentar uma pesquisa de campo com acad√™micos dos Cursos de Administra√ß√£o e de Ci√™ncias Cont√°beis da Universidade do Oeste de Santa Catarina de Chapec√≥, relacionando a teoria com a pr√°tica. Para tanto, foi realizada uma pesquisa bibliogr√°fica, descritiva e quantitativa, utilizando-se um m√©todo dedutivo para o delineamento dos resultados. Al√©m disso, posteriormente √† pesquisa de campo, realizou-se tabula√ß√£o e an√°lise dos dados obtidos por meio dos question√°rios. Em s√≠ntese, o comportamento organizacional como campo de estudo das atitudes individuais e coletivas √© de fundamental import√Ęncia para o entendimento da satisfa√ß√£o e das rela√ß√Ķes de trabalho. Nesse sentido, a pesquisa revelou que para indiv√≠duos inseridos na mesma √°rea do conhecimento existe uma s√©rie de caracter√≠sticas comuns, principalmente no que diz respeito √† opini√£o e ao posicionamento.Palavras-chave: Comportamento organizacional. Satisfa√ß√£o. Rela√ß√Ķes de trabalho

    TIPOLOGIAS DE COMPORTAMENTO DO INDIV√ćDUO: UMA AN√ĀLISE SISTEM√ĀTICA DA LITERATURA

    Get PDF
    O objetivo deste estudo √© conhecer as publica√ß√Ķes sobre as tipologias de comportamento do indiv√≠duo, visando sintetizar a inser√ß√£o e evolu√ß√£o do tema. Para conduzir a an√°lise sistematizada da literatura adotou-se um processo estruturado, que resultou na investiga√ß√£o de 38 artigos de natureza te√≥rica. Identificaram-se seis tipologias de comportamento do indiv√≠duo, sendo que os estudos sobre comprometimento organizacional iniciaram em 1938, comportamento altru√≠sta e comportamento pr√≥-social em 1960, comportamento de cidadania organizacional em 1983, espontaneidade organizacional em 1992 e comportamento desviante em 1995. Como bases te√≥ricas sobressa√≠ram-se a Teoria do Comportamento Planejado, Teoria Social Cognitiva, Teoria do Stewardship e Teoria da Autodetermina√ß√£o. Bandura, Ajzen e Podsakoff se destacaram na trajet√≥ria de publica√ß√Ķes e no reconhecimento pela comunidade cient√≠fica. Esses resultados contribuem para a gera√ß√£o de conhecimento, mas instigam outros par√Ęmetros de mapeamento
    • ‚Ķ
    corecore