13 research outputs found

    Da emancipação à cidadania social: serviço social e assistência social: uma análise Portugal/Brasil

    Get PDF
    Esta investigação, "Da emancipação à cidadania social: Serviço Social e Assistência Social. Uma análise Portugal/Brasil", centrou-se nas práticas emancipatórias e de cidadania social do Serviço Social, na Ação/Assistência Social, em Portugal e no Brasil, procurando elaborar um retrato das noções científicas dominantes sobre a temática em estudo. Apresentamos elementos que informam a prática do Serviço Social, considerando a participação do assistente social no domínio das políticas tanto centrais como locais. Teve como o objetivo geral realizar uma análise sobre as especificidades inerentes a cada contexto, identificando os aspectos convergentes e divergentes no que respeita à prática do Serviço Social. O estudo orientou-se por uma metodologia qualitativa e interpretativa recorrendo à dimensão indutiva, com procedimento de pesquisa documental e recurso à análise de conteúdo aos documentos oficiais sobre o tema, de ambos os países. Utilizamos uma amostra não probabilística constituída por assistentes sociais que atuam no Programa Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária (BIP/ZIP) de Lisboa, em Portugal, e no Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF), do município de Chapecó, no Estado de Santa Catarina, no Brasil. Realizamos dois "focus group" com testemunhos de dez cidadãs sujeitas de intervenção, de ambos os países. O estudo sistematiza o modelo de Serviço Social e de Assistência Social a partir das práticas emancipatórias e de cidadania social. Os resultados evidenciam o amplo reconhecimento da importância pelas assistentes sociais dos conceitos de emancipação e de cidadania, contudo, identifica-se a sua dificuldade de aplicação à prática, seja pelos desenhos das políticas sociais, seja pelo contexto capitalista. A cidadania e a emancipação marcham juntas no discurso profissional. Notou-se a relevância das políticas na intervenção nas comunidades vulneráveis em ambos os países, sobretudo no Brasil, mesmo com a idenficação de algumas lacunas, porém a eficiência da intervenção do assistente social é melhor avaliada pelas cidadãs brasileiras.This research, "From emancipation to social citizenship: Social Work and Social Assistance. A Portugal / Brazil analysis" focused on the emancipatory and social citizenship practices of Social Work, in Action/Social Assistance, in Portugal and in Brazil, we seek to elaborate a picture of the dominant scientific notions on the subject under study. We present elements that inform the practice of Social Work, considering the participation of the social worker in the field of both central and local policies. It has as the general objective to carry out an analysis on the specificities inherent to each context, identifying the convergent and divergent aspects regarding the practice of Social Work. The study guided by a qualitative and interpretative methodology using the inductive dimension, with documentary research procedure and recourse to the content analysis of the official documents on the subject, from both countries. We used a non-probabilistic sample of social workers working in the Program for Priority Intervention Areas and Districts (BIP/ZIP) in Lisbon and in the Family Protection and Assistance Service (PAIF), in the municipality of Chapecó, in the State of Santa Catarina, Brazil. We carried out two focus groups with testimonies of ten citizens subject to intervention from both countries. The study systematizes the model of Social Work and Social Assistance based on emancipatory practices and social citizenship. The results show the broad recognition of the importance of the concepts of emancipation and citizenship by social workers, but it is difficult to apply them to practice, either by the designs of social policies or by the capitalist context. Citizenship and emancipation march together in professional discourse. It was noted the relevance of policies in intervention in vulnerable communities in both countries, especially in Brazil, even with the identification of some gaps, but the efficiency of social worker intervention is better evaluated by Brazilian citizens

    O empowerment dos beneficiários do bolsa família: uma análise sobre o empowerment das famílias na busca pela garantia da cidadania

    Get PDF
    A presente investigação, alicerçada na revisão bibliográfica sobre o papel do Estado no desenvolvimento de políticas sociais e sobre conceitos como empowerment e cidadania, tem como objetivo analisar um programa de transferência de renda, o Bolsa Família, procurando avaliar em que medida esse Programa constitui um mecanismo de promoção do empowerment dos seus beneficiários na busca pela garantia da cidadania. Devido à conjuntura social, económica e política atual, o debate sobre a cidadania e, especificamente, sobre a vertente da garantia dos direitos sociais, voltou a ganhar espaço e atualidade nos meios académicos, políticos e na sociedade em geral, pretendendo-se, com este trabalho, contribuir, ainda que modestamente - para esse debate e para que ele possa ser um instrumento de ajuda à reflexão das autoridades do município que foi objeto do nosso estudo.This research, based on the literature review about the role of the State, in the development of social policies and of empowerment and citizenship concepts, aims to analyze a program of income transfers, the Bolsa Familia, attempting to assess the extent to which this program is a mechanism to promote empowerment of beneficiaries in the quest for assurance of citizenship. Due to social, economic and current political situation, the debate on citizenship and specifically on the aspect of guaranteeing social rights, regained space and relevance in academic, political, media and society in general, we want it, with this work, contribute - albeit modestly - to this debate and so it can be an aid to reflection of the authorities and technicians of the municipality that was the object of our stud

    A proteção social e a imigração em Portugal: para uma inclusão dos NPT

    Get PDF
    Este artigo aspira analisar o sistema de proteção social português referente aos cidadãos Nacionais de Países Terceiros (NPT), e a política nacional de integração do imigrante, a partir de uma revisão da literatura e da legislação específica sobre a matéria. Neste domínio problematizamos a inclusão social dos NPT em Portugal a partir da ótica da cidadania. O artigo apresenta uma análise documental, caracterizada por um processo dinâmico, ou seja, que traz uma reflexão fundamentada no estudo das fontes de informação primária para uma transcrição técnico-científica, que aspira contribuir para aprofundar o conhecimento científico na temática. Os resultados apontam que no âmbito da legislação a avaliação é positiva na política de integração dos NPT em Portugal. Contudo, apesar de garantir na legislação a integração e a cidadania do imigrante, esta população tem maior risco de vulnerabilidade social e há ainda um caminho a percorrer

    O/a assistente social na educação: implicações para uma escola inclusiva

    Get PDF
    O Serviço Social desempenha um papel central na intervenção preventiva, assistencial e política na Educação em Portugal. A formação específica do assistente social, as competências especializadas, a metodologia de intervenção e a natureza do trabalho que realiza, tornam‐no um profissional privilegiado para agir, numa perspetiva de inclusão escolar e social, em cinco dimensões: aluno, família, instituição, comunidade e política. Mobilizando literatura de referência, nacional e internacional, propõe‐se apresentar o papel do assistente social no campo da Educação e as suas contribuições, e ensaia‐se implicações para o futuro. Conclui‐se que o profissional tece contributos relevantes no combate às desigualdades sociais inscritas na escola, traduzindo‐se em um ponto de referência para o desenho e desenvolvimento das políticas educativas e inclusivas. Consagra‐se a necessidade do investimento político e de produção de conhecimento científico nestes locais de intervenção.Social Work performs a central role in preventive, assistance, and political interventions in Education in Portugal. The specific training of a social worker, the competences specialized competences, the intervention methodology and the nature of his/her work, make him/her become a privileged professional to act, in an educational and social inclusion’ perspective, in five dimensions: student, family, institution (school), community and politics. Mobilizing national and international literature, it is proposed to present the role of a social worker in the field of Education and his/ her contributions, and implications for the future. Conclusions indicate that a social worker comprises relevant contributions against social inequalities registered in schools, becoming a reference for the design and development of educational and inclusive policies. The need for political and academic investment is recommended.info:eu-repo/semantics/publishedVersio

    Editorial

    Get PDF
    info:eu-repo/semantics/publishedVersio

    Pós pandemia COVID-19: a saúde mental e o bem-estar dos estudantes de Serviço Social

    Get PDF
    The COVID-19 pandemic has caused problems in terms of health and social living conditions. It is crucial that we assess its impact on the mental health and well-being of the young population, especially those who are investing in Higher Education and training in Social Work. There are some studies that analyze the impact on the mental health and well-being of this specific group, after the pandemic context. The objective of this study is to evaluate the impact that this pandemic has had on the mental health and psychological well-being of higher education students. To this end, a questionnaire survey was applied to undergraduate students in Social Work at the Instituto Politécnico de Portalegre, as well as an interview with the institution's psychologist. This study is part of the qualitative research paradigm and is descriptive-exploratory. The results point to the importance of, at all times in academic life and particularly during times of uncertainty and crisis, as was the case with the COVID-19 pandemic, developing psychological, as well as social, support for Higher Education students. The offices that provide psychological support, as well as social support in Higher Education institutions, play an essential role in the well-being of students.A pandemia COVID-19 originou problemas no âmbito da saúde e das condições de vida social. É fulcral avaliarmos o seu impacto na saúde mental e no bem-estar da população jovem, sobretudo naqueles que estão a investir no Ensino Superior e em uma formação em Serviço Social. Constata-se alguns estudos que analisam o impacto na saúde mental e no bem-estar deste grupo específico, após o contexto pandémico. O objetivo deste estudo é avaliar o impacto que esta pandemia trouxe à saúde mental e ao bem-estar psicológico de estudantes do Ensino Superior. Para tal, recorreu-se a um inquérito por questionário aplicado aos estudantes da licenciatura em Serviço Social do Instituto Politécnico de Portalegre, bem como uma entrevista à psicóloga da instituição. Este estudo insere-se no paradigma de investigação qualitativa e é do tipo descritivo-exploratório. Os resultados apontam para a importância de, em todos os momentos da vida académica e particularmente durante tempos de incerteza e crise, como foi no caso da pandemia COVID-19, desenvolver um acompanhamento psicológico, bem como social, dos estudantes do Ensino Superior. Os gabinetes que prestam apoio psicológico, bem como o apoio social nas instituições de Ensino Superior desempenham um papel imprescindível para o bem-estar dos estudantes

    Pós pandemia COVID-19: a saúde mental e o bem-estar dos estudantes de Serviço Social

    Get PDF
    A pandemia COVID-19 originou problemas no âmbito da saúde e das condições de vida social. É fulcral avaliarmos o seu impacto na saúde mental e no bem-estar da população jovem, sobretudo naqueles que estão a investir no Ensino Superior e em uma formação em Serviço Social. Constata-se alguns estudos que analisam o impacto na saúde mental e no bem-estar deste grupo específico, após o contexto pandémico. O objetivo deste estudo é avaliar o impacto que esta pandemia trouxe à saúde mental e ao bem-estar psicológico de estudantes do Ensino Superior. Para tal, recorreu-se a um inquérito por questionário aplicado aos estudantes da licenciatura em Serviço Social do Instituto Politécnico de Portalegre, bem como uma entrevista à psicóloga da instituição. Este estudo insere-se no paradigma de investigação qualitativa e é do tipo descritivo-exploratório. Os resultados apontam para a importância de, em todos os momentos da vida académica e particularmente durante tempos de incerteza e crise, como foi no caso da pandemia COVID-19, desenvolver um acompanhamento psicológico, bem como social, dos estudantes do Ensino Superior. Os gabinetes que prestam apoio psicológico, bem como o apoio social nas instituições de Ensino Superior desempenham um papel imprescindível para o bem-estar dos estudantes

    Idosas com síndrome metabólica apresentam maior risco cardiovascular e menor força muscular relativa

    Get PDF
    OBJETIVO: Comparar os parâmetros metabólicos, antropométricos, pressão arterial e força muscular de mulheres idosas com síndrome metabólica e sem síndrome metabólica. MÉTODOS: Estudo caso-controle com 27 (67,3±4,8 anos 31,0±5,0kg/m²) idosas com síndrome metabólica e 33 (68,8±5,6 anos 27,2±5,3kg/m²) idosas controle sedentárias. As idosas foram submetidas à avaliação de composição por meio da absorciometria de raio X de dupla energia e teste de força muscular de 10 repetições máximas na extensão de joelhos. RESULTADOS: Quando comparadas às idosas sem síndrome metabólica, as idosas com síndrome metabólica apresentaram índices maiores para: massa corporal (72,2±13,5 x 63,4±14,6kg; p=0,03), índice de massa corporal (31,0±5,0 x 27,2±5,3kg/m²; p=0,007), massa gorda (30,9±9,9 x 24,4±8, 5kg; p=0,01), pressão arterial sistólica (125,1±8,2 x 119,3±8,7mmHg; p=0,01), pressão arterial diastólica (75,5±6,9 x 71,4±6,7mmHg; p=0,03), pressão arterial média (92,5±6,2 x 87,1±6,7mmHg; p=0,004), glicemia (103,8±19,1 x 91,1±5,9mg/dL; p=0,001), triglicerídeos (187,1±70,2 x 116,3±36,7mg/dL; p=0,001) e creatina quinase (122,6±58,6 x 89,8±32,5 U/L; p=0,01); foram menores: massa livre de gordura (55,9±5,8 x 59,3±6,7 %; p=0,05); HDL-C (40,7±5,0 x 50,5±10,1mg/dL p=0,001) e força muscular relativa (0,53±0,14 x 0,62±0,12; p=0,01). CONCLUSÃO: Idosas com síndrome metabólica apresentam maior risco cardiovascular e menor força muscular relativa, quando comparadas às idosas sem síndrome metabólica. A força muscular relativa pode estar relacionada aos fatores de risco cardiovascular da síndrome metabólica.OBJECTIVE: To compare the metabolic, anthropometric, arterial blood pressure, and muscle strength parameters of elderly women with and without metabolic syndrome. METHODS: A case-control study with 27 (67.3±4.8 years of age, 31.0±5.0kg/m²) elderly women with metabolic syndrome and 33 (68.8±5.6 years of age, 27.2±5.3kg/m²) sedentary control elderly women. They were submitted to an evaluation of body composition by means of dual-energy X-ray absorptiometry and muscle strength testing with 10 maximal repetitions of knee extension. RESULTS: When compared to the elderly women without metabolic syndrome, those with the metabolic syndrome had higher levels for body mass (72.2±13.5 versus 63.4±14.6kg, p=0.03), body mass index (31.0±5.0 versus 27.2±5.3kg/m2, p=0.007), fat mass (30.9±9.9 versus 24.4±8.5kg, p=0.01), systolic arterial pressure (125.1±8.2 versus 119.3±8.7mmHg, p=0.01), diastolic arterial pressure (75.5±6.9 versus 71.4±6.7mmHg, p=0.03), mean arterial pressure (92.5±6.2 versus 87.1±6.7mmHg, p=0.004), blood glucose (103.8±19.1 versus 91.1±5.9mg/dL, p=0.001), triglycerides (187.1±70.2 versus 116.3±36.7mg/dL, p=0.001), and creatine kinase (122.6±58.6 versus 89.8±32.5U/L, p=0.01); lower levels were found for fat-free mass (55.9±5.8 versus 59.3±6.7%; p=0.05), HDL-C (40.7±5.0 versus 50.5±10.1mg/dL, p=0.001), and relative muscle strength (0.53±0.14 versus 0.62±0.12, p=0.01). CONCLUSION: Elderly women with metabolic syndrome have a higher cardiovascular risk and less relative muscle strength when compared to those without metabolic syndrome. Relative muscle strength may be related to the cardiovascularr risk factors of the metabolic syndrome

    UM OLHAR SOBRE A POBREZA EM PORTUGAL E NO BRASIL

    Get PDF
    Entre os diversos problemas que desafiam as políticas de proteção social, um dos mais significativos é a pobreza. O estudo que se apresenta tem como objeto a pobreza em Portugal e no Brasil. Pretende-se, nesse sentido, reabrir o debate em torno de algumas questões sobre Estratégias de o combate a pobreza. Utiliza como referência dados oficiais, estatísticos e referenciais científicos dominantes sobre a matéria. O estudo faz uma análise comparada, amparado num método indutivo. Os resultados sugerem que, embora se trate de dois Estados com contextos sociais, económicos e políticos diferentes e integrados em continentes com características diferenciadas, nos dois países as mulheres estão numa situação de maior vulnerabilidade, contudo, o Estado brasileiro tem procurado priorizar a mulher em sua política

    The social protection systems in Portugal and Brazil: a social work agenda summary

    Get PDF
    Accesible en: http://revistaseug.ugr.es/index.php/tsg/article/view/5188/pdfA crise do capitalismo cria novas necessidades sociais que colocam ao Estado-Providência e ao Serviço Social alguns desafios. O presente artigo tem como objeto as políticas de proteção social em Portugal e no Brasil, com o objetivo de analisá-las tendo em linha as especificidades inerentes a cada contexto, identificando os aspetos convergentes e divergentes no âmbito da proteção social, no período compreendido entre 2008 a 2012. A pesquisa é de natureza dedutiva e orienta-se num método comparativo, com procedimento de pesquisa documental com recurso à análise de conteúdo aos documentos oficiais sobre o tema, de ambos os países. Elaborou-se um retrato das noções científicas dominantes sobre esta matéria, com base num Serviço Social que visa uma sociedade emancipada.The Welfare State and Social Work face challenges imposed by the crisis of capitalism. This article focuses on social protection policies in Portugal and Brazil, with the aim of analyzing them, taking into account the inherent specificities of each context, identifying the convergent and divergent aspects of social protection in the period between 2008 to 2012. The research is of a deductive nature with a comparative method documentary research, using content analysis of documents on the subject, from both countries. It develops a picture of the dominant scientific notions on this matter, based on a Social Work towards an emancipated society
    corecore