40 research outputs found

    Proyecciones de identidad al decir sobre inmigrantes de las Américas en Brasil

    Get PDF
    Based on the French-Brazilian discourse analysis, this paper analyzes comments made on cyber news articles in digital news portals. It aims to problematize the Brazilian identity constitution in the confrontation with immigrants from the Americas, especially from Bolivia, Venezuela and Haiti. Although the researched articles from cyber news insist on the insignificance of the impact on the host country generated by this influx, the comments show an ambivalence of the Brazilian regarding the reception of immigrants. The gestures of interpretation have focused the referencing processes, particularly the designation (Guimar√£es, 2005), and imaginary formations (P√™cheux, [1975]1997), thus enabling to spot a discursive functioning that points out paranoiac traces on the Brazilian identity re-construction. Consequently, referring to some concepts from Freud-Lacanian psychoanalysis, the gestures of analysis discuss the dissonances between the structuring network of identifications of the Brazilian identity constitution and the immigration as a discursive event with the potential to weaken it. Perceptions of the Brazilian subject are evidenced in the sense of fixing and / or redefining the limits of oneself, as well as the protection and / or reaffirmation of identity.Basado en el an√°lisis del discurso francobrasile√Īo, este art√≠culo analiza los comentarios hechos en art√≠culos de noticias cibern√©ticas en portales de noticias digitales. El objetivo es problematizar la constituci√≥n de identidad brasile√Īa en confrontaci√≥n con inmigrantes de las Am√©ricas, especialmente de Bolivia, Venezuela y Hait√≠. Aunque las noticias cibern√©ticas investigadas hayan insistido  en la insignificancia del impacto generado por este influjo en el pa√≠s de acogida, los comentarios ense√Īan una ambivalencia del brasile√Īo con respecto a la recepci√≥n de inmigrantes. Los gestos de interpretaci√≥n se centraron en los procesos de referenciaci√≥n, en particular la designaci√≥n (Guimar√£es, 2005), y las formaciones imaginarias (P√™cheux, [1975] 1997), lo que nos permiti√≥ detectar un funcionamiento discursivo que se√Īala rastros paranoicos en la reconstrucci√≥n de la identidad brasile√Īa. En consecuencia, refiri√©ndose a algunos conceptos del psicoan√°lisis Freud-lacaniana, los gestos de an√°lisis discuten las disonancias entre la red estructuradora de identificaciones de la constituci√≥n de la identidad brasile√Īa y la inmigraci√≥n desde las Am√©ricas como un evento discursivo con el potencial de debilitarla. Se perciben los movimientos del sujeto brasile√Īo con vistas a fijar y/o redefinir los l√≠mites de si mismo, as√≠ como la protecci√≥n y/o reafirmaci√≥n de la identidad.Com base na an√°lise do discurso franco-brasileira, este artigo analisa coment√°rios feitos em artigos de ciber not√≠cias em portais de not√≠cias digitais. O objetivo √© problematizar a constitui√ß√£o da identidade brasileira no confronto com imigrantes das Am√©ricas, especialmente da Bol√≠via, Venezuela e Haiti. Embora as ciber not√≠cias pesquisadas insistam na insignific√Ęncia do impacto no pa√≠s anfitri√£o gerado por esse influxo, os coment√°rios mostram uma ambival√™ncia do brasileiro em rela√ß√£o √†¬† recep√ß√£o de imigrantes. Os gestos da interpreta√ß√£o focaram os processos de referencia√ß√£o, particularmente a designa√ß√£o (Guimar√£es, 2005), e as forma√ß√Ķes imagin√°rias (P√™cheux, [1975] 1997), permitindo assim detectar um funcionamento discursivo que aponta tra√ßos paran√≥icos na reconstru√ß√£o da identidade brasileira. Consequentemente, remetendo a alguns conceitos da psican√°lise freudo-lacaniana, os gestos de an√°lise discutem as disson√Ęncias entre a rede estruturante de identifica√ß√Ķes da constitui√ß√£o identit√°ria brasileira e a imigra√ß√£o das Am√©ricas como acontecimento discursivo com potencial de enfraquec√™-la. Percebem-se movimentos do sujeito brasileiro no sentido de fixar e/ou redefinir os limites de si mesmo, bem como a prote√ß√£o e/ou reafirma√ß√£o da identidade

    PROFESSOR DE L√ćNGUA ESTRANGEIRA: ENTRE O PEREGRINAR NA L√ćNGUA ESTRANHA E O SE APROPRIAR DA L√ćNGUA ALHEIA COMO (N√ÉO) GARANTIA DE IDENTIDADE

    Get PDF
    O objetivo deste trabalho √© discutir a constitui√ß√£o identit√°ria de professores de l√≠ngua estrangeira que lecionam em escolas p√ļblicas brasileiras e que, durante a pesquisa, participaram de um programa de forma√ß√£o cont√≠nua. Acredita-se que, como resultado de identifica√ß√Ķes outras estabelecidas durante o programa, deslocamentos podem ser observados na imagem que eles fazem de si como professores, na representa√ß√£o da l√≠ngua estrangeira que ensinam e do processo de ensino-aprendizagem. Interessa observar como esse movimento se d√° e os desdobramentos que ele aponta

    O professor e a relação com a língua estrangeira: no entremeio da peregrinação e da apropriação

    Get PDF
    Objetiva-se, neste trabalho, problematizar a rela√ß√£o professor-l√≠ngua estrangeira no cen√°rio educacional. Pretende-se discutir a constru√ß√£o da l√≠ngua estrangeira como objeto de saber e como essa constru√ß√£o pode influenciar as representa√ß√Ķes que os professores t√™m sobre a l√≠ngua que ensinam e sobre o que seja ensinar e aprender essa l√≠ngua. O pressuposto √© que uma l√≠ngua, segundo Benveniste e Lacan, seja ela materna ou estrangeira, √©, primordialmente, o meio pelo qual algu√©m pode inscrever-se como sujeito na linguagem. Ocupar a posi√ß√£o de professor implica que uma rela√ß√£o com o objeto de saber seja estabelecida de forma que, mesmo minimamente, seja poss√≠vel se colocar como mediador entre aquele que demanda o saber e o pr√≥prio objeto desse saber. Trata-se de uma rela√ß√£o conflituosa, em que o imagin√°rio sobre a l√≠ngua estrangeira que os professores ensinam (e, frequentemente, ainda est√° por ser apr(e)endida) esbarra nas conting√™ncias da cena educacional e na rela√ß√£o que √© vivenciada com essa l√≠ngua estranha e/ou alheia. Prop√Ķe-se, portanto, pensar como a rela√ß√£o sujeito-l√≠ngua incide na imagem que os professores fazem de si e como/se eles se veem investidos nessa posi√ß√£o

    O professor e a relação com a língua estrangeira: no entremeio da peregrinação e da apropriação

    Get PDF
    Objetiva-se, neste trabalho, problematizar a rela√ß√£o professor-l√≠ngua estrangeira no cen√°rio educacional. Pretende-se discutir a constru√ß√£o da l√≠ngua estrangeira como objeto de saber e como essa constru√ß√£o pode influenciar as representa√ß√Ķes que os professores t√™m sobre a l√≠ngua que ensinam e sobre o que seja ensinar e aprender essa l√≠ngua. O pressuposto √© que uma l√≠ngua, segundo Benveniste e Lacan, seja ela materna ou estrangeira, √©, primordialmente, o meio pelo qual algu√©m pode inscrever-se como sujeito na linguagem. Ocupar a posi√ß√£o de professor implica que uma rela√ß√£o com o objeto de saber seja estabelecida de forma que, mesmo minimamente, seja poss√≠vel se colocar como mediador entre aquele que demanda o saber e o pr√≥prio objeto desse saber. Trata-se de uma rela√ß√£o conflituosa, em que o imagin√°rio sobre a l√≠ngua estrangeira que os professores ensinam (e, frequentemente, ainda est√° por ser apr(e)endida) esbarra nas conting√™ncias da cena educacional e na rela√ß√£o que √© vivenciada com essa l√≠ngua estranha e/ou alheia. Prop√Ķe-se, portanto, pensar como a rela√ß√£o sujeito-l√≠ngua incide na imagem que os professores fazem de si e como/se eles se veem investidos nessa posi√ß√£o

    Subjetividade e práticas discursivo-pedagógicas no ensino de Português Língua Estrangeira

    Get PDF
    Diante da internacionaliza√ß√£o do ensino superior no Brasil,este artigo discute poss√≠veis efeitos na subjetividade decorrentes de atividades discursivo-pedag√≥gicas de alguns cursos de Portugu√™s como L√≠ngua Estrangeira (PLE). O pressuposto direcionador postula que aprender uma l√≠ngua estrangeira instaura tanto um encontro com outro modo de (se) ver (n)o mundo, como um confronto advindo da diversidade dos modos de nomea√ß√£o e de discursiviza√ß√£o na l√≠ngua outra. A an√°lise do corpus se pauta em uma perspectiva discursiva atravessada por conceitos da psican√°lise freudo-lacaniana. As atividades analisadas indiciam uma desnaturaliza√ß√£o das estruturas e das redes de perten√ßa dos alunos, suscitando tanto um movimento de (re)afirma√ß√£o identit√°ria, como inst√Ęncias de identifica√ß√£o √† diversidade de perspectivas.Palavras-chave: subjetividade, discurso, portugu√™s como l√≠ngua estrangeira.</p

    Subjetividade e práticas discursivo-pedagógicas no ensino de Português Língua Estrangeira

    Get PDF
    The increasing demand for internationalization of university education in Brazil has motivated the writing of this article to propose possible effects on subjectivity stemming from some discursive pedagogical activities proposed in courses of Portuguese as a Foreign Language (PLE). The guiding premise is that learning a foreign language establishes an encounter with another way of seeing (oneself in) the world, as well as a confrontation derived from the diversity in the nomination and discursivization in the target language. The analysis of the corpus is based on a discursive perspective affected by concepts of Freudo-Lacanian psychoanalysis. The analyzed activities indicate the denaturalization of the subject‚Äôs structure and belonging network, resulting in identitary ratification and instances of identification to the diversity of perspectives.Keywords: subjectivity, discourse, Portuguese as a Foreign Language.Diante da internacionaliza√ß√£o do ensino superior no Brasil,este artigo discute poss√≠veis efeitos na subjetividade decorrentes de atividades discursivo-pedag√≥gicas de alguns cursos de Portugu√™s como L√≠ngua Estrangeira (PLE). O pressuposto direcionador postula que aprender uma l√≠ngua estrangeira instaura tanto um encontro com outro modo de (se) ver (n)o mundo, como um confronto advindo da diversidade dos modos de nomea√ß√£o e de discursiviza√ß√£o na l√≠ngua outra. A an√°lise do corpus se pauta em uma perspectiva discursiva atravessada por conceitos da psican√°lise freudo-lacaniana. As atividades analisadas indiciam uma desnaturaliza√ß√£o das estruturas e das redes de perten√ßa dos alunos, suscitando tanto um movimento de (re)afirma√ß√£o identit√°ria, como inst√Ęncias de identifica√ß√£o √† diversidade de perspectivas.Palavras-chave: subjetividade, discurso, portugu√™s como l√≠ngua estrangeira

    O professor e a relação com a língua estrangeira: no entremeio da peregrinação e da apropriação

    Get PDF
    Objetiva-se, neste trabalho, problematizar a rela√ß√£o professor-l√≠ngua estrangeira no cen√°rio educacional. Pretende-se discutir a constru√ß√£o da l√≠ngua estrangeira como objeto de saber e como essa constru√ß√£o pode influenciar as representa√ß√Ķes que os professores t√™m sobre a l√≠ngua que ensinam e sobre o que seja ensinar e aprender essa l√≠ngua. O pressuposto √© que uma l√≠ngua, segundo Benveniste e Lacan, seja ela materna ou estrangeira, √©, primordialmente, o meio pelo qual algu√©m pode inscrever-se como sujeito na linguagem. Ocupar a posi√ß√£o de professor implica que uma rela√ß√£o com o objeto de saber seja estabelecida de forma que, mesmo minimamente, seja poss√≠vel se colocar como mediador entre aquele que demanda o saber e o pr√≥prio objeto desse saber. Trata-se de uma rela√ß√£o conflituosa, em que o imagin√°rio sobre a l√≠ngua estrangeira que os professores ensinam (e, frequentemente, ainda est√° por ser apr(e)endida) esbarra nas conting√™ncias da cena educacional e na rela√ß√£o que √© vivenciada com essa l√≠ngua estranha e/ou alheia. Prop√Ķe-se, portanto, pensar como a rela√ß√£o sujeito-l√≠ngua incide na imagem que os professores fazem de si e como/se eles se veem investidos nessa posi√ß√£o

    MIGRA√á√ÉO, MOBILIDADE INTERNACIONAL, REPRESENTA√á√ēES DE L√ćNGUA PORTUGUESA: POSS√ćVEIS EFEITOS NA SUBJETIVIDADE DE ESTUDANTES INTERCAMBISTAS

    Get PDF
    Neste trabalho, inscrito na an√°lise de discurso francesa, analisaremos as representa√ß√Ķes de l√≠ngua portuguesa de dois estudantes intercambistas no Brasil, a fim de problematizar os poss√≠veis efeitos na subjetividade dessa via de experienciar a alteridade. Tradicionalmente, os movimentos migrat√≥rios s√£o entendidos como investidas de mobilidade espacial entre pa√≠ses e regi√Ķes por um longo per√≠odo de tempo. Portanto, trataremos as experi√™ncias de estudar em outro pa√≠s como movimentos migrat√≥rios e problematizaremos os modos como se d√° o encontro-confronto com uma outra l√≠ngua, designada ‚Äúestrangeira‚ÄĚ, nesse contexto.PALAVRAS-CHAVE: representa√ß√£o, migra√ß√£o, aprendizagem de l√≠nguasMIGRATION, INTERNATIONAL MOBILITY, PORTUGUESE LANGUAGE REPRESENTATIONS: POSSIBLE EFFECTS ON INTERNATIONAL STUDENTS‚Äô SUBJECTIVITYABSTRACT: In this study, supported by the French discourse analysis, we aim to analyze the representations of the Portuguese Language of two foreign students in Brazil, in order to discuss the effects of subjectivity on the way they experience otherness. Traditionally, migratory movements are understood as attempts of spatial mobility between countries and regions over a long period of time. Therefore, we will treat the experiences of students on international mobility as migratory movements as well as discuss the contact and confrontation with another language, normally called ‚Äúforeign‚ÄĚ, in the context of exchange programs.KEYWORDS: representation, migration, language learnin

    Levels of primaquine and carboxyprimaquine in patients with malaria vivax from the Brazilian Amazon basin

    Get PDF
    In the last two years, a substantial increase in the number of malaria vivax cases has occurred in the Brazilian Amazon basin. The adequate exposure of hypnozoites to primaquine is a matter of interest as these dormant forms are responsible for the maintenance or even the increase of malaria burden in endemic areas. The aim of this study was to estimate the levels of primaquine and carboxyprimaquine in whole blood samples of patients with P. vivax treated with chloroquine and an abbreviated regimen of primaquine (0.5 mg/kg/d for 7 days), with adequate clinical and parasitological outcomes after 180 days of follow-up . A total of 40 male patients met the criteria for inclusion in the study. Primaquine and carboxyprimaquine were measured by high-performance liquid chromatography. The levels of primaquine in whole blood samples ranged from 40-238 ng/mL, 42-196 ng/mL and 42-150 ng/mL on days 1, 3 and 7. The levels of carboxyprimaquine in whole blood samples ranged from 87-234 ng/mL, 96-252 ng/mL and 74-448 ng/mL on days 1, 3 and 7. These data provide a reliable estimation of exposure of the infecting parasite to primaquine. Based on the regional pattern of relapse, the estimated blood levels of primaquine can be considered effective against hypnozoites of the local circulating strains of P. vivax
    corecore