373 research outputs found

    Representações dos alunos de enfermagem sobre a profissão

    Get PDF
    A enfermagem tem ao longo da história percorrido um caminho árduo. Tem vindo a transformar-se e a valorizar-se de uma forma crescente nos últimos tempos, sentindo-se cada vez mais a necessidade de uma identidade própria pela criação de um corpo de conhecimentos específicos. O desejo de tornar a enfermagem uma profissão autónoma é histórico. Contudo, até aos anos 60 a prática dos cuidados assenta nos valores de ordem moral, que foram interiorizados pela religião e inspirados nas regras conventuais e nos conteúdos profissionais, de carácter técnico, colhidos nas fontes do saber médico (Collière, 1989)

    Condutas relacionadas com a sexualidade em estudantes do ensino superior

    Get PDF
    Nos últimos anos surgiram várias investigações relacionadas com a Saúde Sexual e o grupo dos jovens tem sido privilegiado. Contudo, o conhecimento sobre o comportamento dos estudantes do Ensino Superior relativos a esta matéria contínua, em Portugal, insuficiente. Neste contexto surge o interesse pela presente investigação enquadrada na identificação de determinantes de saúde e perfis de risco destes jovens. Desenvolveu-se um estudo descritivo - correlacional. Recorreu-se a uma amostra estratificada proporcional por curso e escola que integra 272 alunos do sexo masculino (40,5%) e 400 do feminino (59,5%), totalizando 672 respondentes ao questionário

    Auto-eficácia do cuidador informal de idosos dependentes - estudo preliminar de adaptação e validação da escla de auto-eficácia do cuidador

    Get PDF
    O contributo fornecido pelo cuidador informal de idosos dependentes e insubstituível por qualquer outro tipo de cuidado, uma vez que seria impensável ter capacidade monetária para os substituir. Se este tipo de cuidado tivesse de ser substituído por cuidados prestados pelo Serviço Nacional de Saúde, verificar-se-ia um aumento de custo para 0 pais que rondaria os 45 a 94 biliões de dó1ares (Allen, Claude, (2003). Face a uma situação emergente de cuidar de um familiar dependente, qualquer pessoa se questionara se será capaz. As crenças de auto-eficácia determinam a forma como as pessoas sentem, pensam, se motivam e se comportam. Tais crenças produzem diversos efeitos através de quatro grandes processos: 0 processo cognitivo, motivacional, afectivo e decisicional (Bandura, 1994, 1998). Steffen, Mckibbin, Zeiss, Gallagher-Thomson e Bandura (2002) desenvolveram uma escala de auto-eficácia do cuidador, escala essa que foi por nós traduzida e adaptada

    Determinantes de saúde e perfis de risco em estudantes do ensino superior

    Get PDF
    Na actualidade, os acontecimentos classicamente entendidos como marcadores da transição em direcção à vida adulta revestem-se de contornos diferentes em relação ao passado. É neste percurso de parcial autonomia que se vivem situaç0es que podem representar, de alguma forma risco pessoal, sobretudo, se considerarmos que o lazer e 0 entretenimento, a que também não escapa a vida académica dos estudantes, assumem um valor supremo nos critérios de estrutura9ao das sociedades contemporâneas. Por sua vez, o ingresso no Ensino Superior é particularmente exigente requerendo mudanças que, em muitos casos, tendem a exercer repercussões sobre a saúde física e psíquica. Nessa medida, a presente investigação visa identificar perfis de risco em estudantes do Ensino Superior, associados a este importante período de socialização

    Avaliação da relação parental em centros de acolhimento temporário : conceções dos profissionais

    Get PDF
    Durante o período em que as crianças permanecem acolhidas nos Centros de Acolhimento Temporário é fundamental que a relação criança‐família seja avaliada de modo a ser definido, em tempo útil, o projeto de vida mais adequado a cada uma delas, seja ele a adoção, o retorno à família biológica ou a institucionalização. A partir da análise de 18 entrevistas realizadas a técnicos de Centros de Acolhimento Temporário e especialistas em diferentes áreas dos Estudos da Criança procurámos explorar quais as suas conceções acerca de três conceitos essenciais no processo de avaliação da relação parental: qualidade da relação parental, vínculos próprios da filiação e manifesto desinteresse. Verificámos que, na delimitação dos referidos conceitos, a dimensão afetiva tem um importante papel. As diferenças surgem na importância dada à competência educativa e à atitude dos pais face à mudança

    Avaliação da relação parental no acolhimento residencial de crianças: conceções dos intervenientes e especialistas

    Get PDF
    Este trabalho é o resumo de uma comunicação apresentada no 3º Congresso da Ordem dos Psicólogos Portugueses, realizado na Alfândega do Porto, de 28 de setembro a 1 de outubro de 2016.Durante o período em que as crianças permanecem acolhidas em Casas de Acolhimento Residencial é fundamental que a relação criança‐família seja avaliada de modo a ser definido, em tempo útil, o projeto de vida mais adequado a cada uma delas, seja ele a adoção, o retorno à família biológica ou o acolhimento residencial. A partir da análise de 32 entrevistas realizadas a técnicos de Casas de Acolhimento Residencial, especialistas em diferentes áreas dos Estudos da Criança, progenitores de crianças acolhidas ou com experiência prévia de acolhimento, e crianças acolhidas ou também com experiência prévia de acolhimento, procurámos explorar quais as suas conceções acerca de três conceitos essenciais no processo de avaliação da relação parental: qualidade da relação parental, vínculos próprios da filiação e manifesto desinteresse. Verificámos que, na delimitação dos referidos conceitos, a dimensão afetiva tem um importante papel. As diferenças surgem na importância dada à competência educativa e à atitude dos pais face à mudança.CIEC - Centro de Investigação em Estudos da Criança, IE, UMinho (UI 317 da FCT

    Sobrecarga em cuidadores informais de idosos dependentes

    Get PDF
    0 conceito de cuidador informal obteve nos últimos anos particular relevo, quer ao nível da literatura, quer ao nível da investiga9io em gerontologia. Cuidar de um idoso dependente acarreta consequências para 0 cuidador, principalmente quando 0 cuidado se prolonga no tempo. Em resultado, 0 cuidador pode apresentar um conjunto de problemas fisicos, mentais e sócio - económicos, a que geralmente se da 0 nome de carga e que pode ser objectiva ou subjectiv

    Las prácticas académicas. ¿Un ritual consentido o un proceso de (des)integración?

    Get PDF
    Las prácticas académicas se han constituido en una dimensión importante de la vida asociativa estudiantil. Defendida por muchos, incomprendida por algunos, abusiva, y apenas ejercida por otros, se trata de un ritual polémico que en los últimos años ha dado mucho de qué hablar. Para sus defensores es vista como una práctica integradora, sin embargo, la realidad refleja unas prácticas exageradas y un sentimiento de humillación que, frecuentemente, supera lo razonable. Dichas prácticas exageradas y momentos desagradables reciben quejas, las cuales, tras ser difundidas en la sociedad, conducen al rechazo de este tipo de prácticas. En cualquier caso, el ritual se repite año tras año, el rechazo y las quejas de los entonces “caloiros” (estudiantes del primer curso), dan lugar al ya mencionado sentimiento de humillación y al abuso de poder por parte de los practicantes “doctores”, que, estando también de prácticas, únicamente se encuentran en horizontes temporales y en cursos académicos diferentes. Con el objetivo de profundizar en la comprensión de esta problemática, desarrollamos un estudio de exploración a través de la aplicación de una encuesta a alumnos de enseñanza superior. Aplicamos, todavía, el inventario clínico del auto-concepto de Vaz Serra (1986) y la escala de satisfacción con el soporte social de Pais Ribeiro (1999). El análisis de los datos nos permitirá obtener evidencias empíricas sobre tal controversia y actual problemática y planear, si así se considerase, formas de intervención adecuadas. The academic praxis has been acting as an important dimension of student associations. Advocated by many, misunderstood by some, unfair and badly-performed by others, they constitute a controversial ritual, which in recent years has given much to talk about. For its defenders, it is seen as an integrative practice but the reality has left transpire some exaggerations and a feeling of humiliation that often exceeds what is reasonable. The exaggerations and deviations have conducted to complaints that once released in the media, lead to the rejection of these practices. However, the ritual is repeated year after year, the revulsion and complaints of the then “freshmen”, give rise to the already spoken humiliation and abuse of power by the "doctors" practice’s whom, being the same people, only are on different time horizons and different academic years. With the aim of deepen knowledges on this subject we develop an exploratory study with the help of an inquiry applied to higher education students. We apply also the self-concept inventory of Vaz Serra (1986) and the self-satisfaction social scale of Pais Ribeiro (1999).Data analysis, allow us to obtain empirical evidence on such a controversial and actual issue and plan, if necessary appropriate forms of intervention

    The construction of social and professional identity of a feminine profession : nursing

    Get PDF
    Durante miles de anos, la practica de los cuidados cotidianos, los cuidados que soportan la vida, se ha ligado fundamentalmente a la actividad de los diversos papeles que habian sido atribuidos a la mujer. La simple imagen de alguien que cuida con carino persiste en el tiempo. Desde los tiempos mas remotos, nos viene la imagen de una mujer consagrada, que atiende a los pacientes como una exigencia del deber cristiano y como un medio de salvacion. Asi, mas que una profesion, la enfermerfa adquiere un estatus de vocacion

    A emergência da gerontologia como profissão e o seu reconhecimento social em Portugal

    Get PDF
    A gerontologia enquanto disciplina académica e actividade profissional tem sofrido um desenvolvimento notável nas últimas décadas. Em Portugal, à semelhança de outros países europeus com uma população muito envelhecida, o desenvolvimento da gerontologia tem sido fundamental na evolução quantitativa e qualitativa dos cuidados gerontológicos formais. Em grande medida, essa evolução é devida ao aparecimento na última década de novos profissionais com diplomas de primeiro ciclo em gerontologia. Importa, no contexto da sociologia das profissões, estudar o processo de inserção profissional dos gerontólogos, assim como o seu papel específico no desenvolvimento dos cuidados e serviços disponibilizados aos idosos. Objetivos: Estudar a perceção dos gerontólogos e das entidades empregadoras sobre o desempenho profissional do gerontólogo no contexto de trabalho; Encontrar pontos de convergência e de divergência com os desempenhos de outros profissionais diplomados envolvidos na prestação de cuidados formais aos idosos; Incrementar o conhecimento empírico sobre o conceito de cuidado gerontológico formal. Metodologia: Foram realizadas cerca de uma dezena de entrevistas em profundidade a gerontólogos e a entidades empregadoras de gerontólogos, abordando as questões relacionadas com os objetivos acima referidos. Resultados e conclusões: Foram encontradas evidências empíricas bastantes sobre a especificidade do trabalho efetuado pelos gerontólogos. É nítida a evidência de competências técnicas, comunicacionais e organizacionais, que podem ser consideradas específicas a este grupo profissional e que se distinguem das evidenciadas por outros diplomados cuidadores de idosos. O destaque vai para a sensibilidade dos gerontólogos para detetar atempadamente sintomas de envelhecimento patológico e para o contacto pessoal com o idoso e suas famílias. É ainda muito referida e valorizada a sua capacidade para organizar e desenvolver serviços e actividades inovadoras. A interiorização do conceito de interdisciplinaridade e a capacidade de integrar e dinamizar equipas técnicas interdisciplinares é igualmente referida como uma característica deste grupo profissional. Todavia, também são apontadas algumas dificuldades comunicacionais e de repartição das competências com os profissionais de saúde habitualmente e tradicionalmente envolvidos na prestação de cuidados formais a idosos.Abstract: Gerontology, both as a subject and as a profession has undergone a remarkable development in recent decades. In Portugal, like in other European countries with a very aged population, the development of gerontology has been instrumental in the evolution of quantitative and qualitative formal geriatric care. To a large extent, in the last decade this evolution is due to the appearance of a new professional with a first degree diploma in gerontology. In the context of the sociology of professions, it is vital to study the process of vocational integration of gerontologists as well as its specific role in the development of care and services available to seniors. Objectives: To study the perception of gerontologists and their employers on the performance of the professional gerontologist in the workplace in order to find points of convergence and divergence with the performance of other graduate professionals involved in providing formal care to the elderly; To increase empirical knowledge about the concept of formal gerontological care. Methodology: Around a dozen in-depth interviews made to gerontologists and the employers of gerontologists and addressing issues related to the previously mentioned objectives. Results and conclusions: We found plenty of empirical evidence on the specificity of the work done by gerontologists. There is a clear evidence of technical, organizational and communicative skills, which can be considered specific to this professional group and which are distinctive from those shown by other graduated caregivers for the elderly. The focus is on the sensitivity of gerontologists to detect pathological symptoms of aging time and a personal contact with the elderly and their families. The focus goes to the sensibility of the gerontologists to detect in advance symptoms of a pathological aging, and to a personal contact with the eldery and their families. It is still very valuable their ability to organize and develop innovative services and activities. The internalization of the concept of interdisciplinarity and the ability to integrate and streamline interdisciplinary technical teams is also mentioned as a feature of this professional group. However, we also point out some difficulties of communication and sharing skills with health professionals commonly and traditionally involved in providing formal care to the elderly. Keywords: Gerontology, professionalization, professional identity, professional knowledge, geriatric care
    • …
    corecore