33 research outputs found

    L√ļpus Eritematoso Sist√™mico e suas repercuss√Ķes psic√≥ticas: um desafio √† reumatologia / Systemic Lupus Erythematosus and its psychotic repercussions: a challenge to rheumatology

    Get PDF
    O L√ļpus Eritematoso Sist√™mico (LES), clinicamente, est√° associado a diversas manifesta√ß√Ķes aos pacientes, dentre elas, as repercuss√Ķes neuropsic√≥ticas s√£o alarmantes. Por isso, o presente artigo foi estruturado a partir de uma revis√£o narrativa de literatura para elencar, apresentar, descrever e comparar o quadro de LES com as intercorr√™ncias psic√≥ticas. Nota-se as insufici√™ncias consensual e cient√≠fica em rela√ß√£o √† determina√ß√£o dos mecanismos fisiopatol√≥gicos que levam ao desenvolvimento de sintomas neuropsic√≥ticos devido ao LES. Em consequ√™ncia, hodiernamente, n√£o h√° disponibilidade de tratamento medicamentoso direcionado e espec√≠fico para pacientes com tal apresenta√ß√£o cl√≠nica l√ļpica. Sendo assim, preconiza-se a utiliza√ß√£o de ansiol√≠ticos, antidepressivos, antipsic√≥ticos e anticonvulsivantes j√° existentes no mercado para tentar controlar os sintomas neuropsic√≥ticos l√ļpicos e melhorar a qualidade de vida dos pacientes com essa patologia. Al√©m das medica√ß√Ķes escolhidas de forma individualizada e cuidadosa para controle das respostas inflamat√≥rias sist√™micas e cr√īnicas presentes nos portadores de LES. Conclui-se que pacientes com eventos neuropsic√≥ticos l√ļpicos e n√£o l√ļpicos podem ser s√≠miles ou casuais. A heterogeneidade das sintomatologias representa outro fator relevante e, √†s vezes, confundidor para o diagn√≥stico. Os sinais e os sintomas cl√≠nicos consolidam a principal forma de realiza√ß√£o da hip√≥tese correta e do diagn√≥stico do paciente com neuropsicose l√ļpica

    Planos alimentares no consumo, na digestibilidade e no desempenho de novilhas leiteiras de distintos grupos raciais

    Get PDF
    The objective of this work was to evaluate the effects of nutritional plans and breed composition on nutrient intake and digestibility, nitrogen balance, and performance of dairy heifers in tropical conditions. Thirty-six heifers ‚Äď 12 Holstein, 12 Gyr, and 12 Gyrolando F1 (¬Ĺ Holstein √ó ¬Ĺ Gyr) ‚Äď were housed in a tie-stall system and randomly distributed, adopting a completely randomized design in a 3√ó3 factorial arrangement (nutritional plans and breed composition). The diets were formulated to enable weight gains of 200, 400, and 800 g per day, corresponding to the nutritional plans 11, 14, and 19 g kg-1 body weight (BW), respectively. The intake of dry matter, fibrous fractions (g kg-1 BW-0.75), and metabolizable energy (kcal-1 BW-0.75) in the 11-g kg-1 plan were greater for Gyr heifers than for Gyrolando and Holstein heifers. Ether extract digestibility was 13.85% higher for Gyr heifers compared with Gyrolando F1 in the 19-g kg-1 plan. The increase in the nutritional plans shows a quadratic response to nutrient intake and a linear response to average daily gain, but does not affect the digestibility coefficients. Gyr and Gyrolando F1 heifers present similar nutritional efficiency to that of Holstein heifers.O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos do plano alimentar e do grupo racial sobre o consumo e a digestibilidade de nutrientes, o balan√ßo de nitrog√™nio e o desempenho de novilhas leiteiras em condi√ß√Ķes tropicais. Trinta e seis novilhas¬†‚Äst12 Holand√™s, 12 Gir e 12 Girolando F1 (¬Ĺ Holand√™s √ó ¬Ĺ Gir)¬†‚Ästforam alojadas em sistema ‚Äútie-stall‚ÄĚ e distribu√≠das aleatoriamente, tendo-se adotado delineamento inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 3x3 (planos alimentares e grupos raciais). As dietas foram formuladas para possibilitar ganhos de peso de 200, 400 e 800 g por dia, correspondentes aos planos alimentares de 11, 14 e 19 g¬†kg-1 de peso corporal (PC), respectivamente. As novilhas Gir dentro do plano de 11 g¬†kg-1 consumiram mais mat√©ria seca, fra√ß√£o fibrosa (g kg-1 de PC-0,75) e energia metaboliz√°vel (kcal de PC-0,75) do que as novilhas Girolando e Holand√™s. A digestibilidade do extrato et√©reo foi 13,85% superior para as novilhas Gir, em compara√ß√£o √†s Girolando F1 no plano de 19 g¬†kg-1. O aumento do plano nutricional tem efeito quadr√°tico no consumo de nutrientes e linear no ganho de peso m√©dio di√°rio, mas n√£o influencia o coeficiente de digestibilidade. Novilhas Gir leiteiras e Girolando F1 apresentam efici√™ncia nutricional semelhante √† das novilhas Holand√™s

    Inj√ļria Renal Aguda: aspectos epidemiol√≥gicos, fisiopatol√≥gicos e manejo terap√™utico

    Get PDF
    A Inj√ļria Renal Aguda (IRA) √© uma doen√ßa cujas principais causas s√£o as doen√ßas prim√°rias, mas tamb√©m pode ser resultado de terapias medicamentosas e procedimentos m√©dicos. O aumento da expectativa de vida e consequente envelhecimento populacional, juntamente com maior incid√™ncia de condi√ß√Ķes com√≥rbidas, principalmente Diabetes Mellitus (DM) e Hipertens√£o Arterial Sist√™mica (HAS), pode levar ao desenvolvimento de Doen√ßa Renal Cr√īnica (DRC) e, por conseguinte, ao desenvolvimento de Insufici√™ncia Renal Aguda (IRA). Quanto √† epidemiologia, a incid√™ncia de IRA √© dif√≠cil de avaliar devido √† falta de consenso em torno de sua defini√ß√£o. √Č importante que se estabele√ßa uma defini√ß√£o padr√£o para que possamos ter uma melhor compreens√£o da magnitude do problema. A incid√™ncia de infec√ß√Ķes hospitalares depende de fatores como idade, sexo, comorbidades e local de interna√ß√£o dentro do hospital. Em pa√≠ses desenvolvidos, a incid√™ncia varia de 3 a 18,3%, enquanto em pa√≠ses menos desenvolvidos √© de 21%. A IRA tem diversos subtipos que s√£o importantes para identificar o progn√≥stico, as op√ß√Ķes terap√™uticas, as causas e outras condi√ß√Ķes associadas. Quanto √†s manifesta√ß√Ķes cl√≠nicas, incluem dist√ļrbios neurol√≥gicos, cardiovasculares, respirat√≥rios, hep√°ticos, digestivos, cut√Ęneos e de mucosas e renais. O diagn√≥stico da IRA √© feito com base na concentra√ß√£o s√©rica de creatinina ou na diminui√ß√£o do d√©bito urin√°rio, para que o tratamento e progn√≥stico sejam melhores. J√° a abordagem terap√™utica, depende de v√°rios fatores, incluindo idade, comorbidades cr√īnicas, DRC subjacente, est√°gio e dura√ß√£o do epis√≥dio e gravidade da recupera√ß√£o renal. Quanto mais grave, maior o risco de desfechos ruins. Para prevenir as IRA, √© necess√°rio realizar o manejo de fatores de risco modific√°veis, como a retirada de medicamentos nefrot√≥xicos, o controle adequado de comorbidades pr√©-existentes, o controle precoce do foco infeccioso em casos de sepse, entre outros

    C√Ęncer de es√īfago e seus aspectos cl√≠nicos e terap√™uticos: um relato de caso / Esophageal cancer and its clinical and therapeutic aspects: a case report

    Get PDF
    O presente artigo objetivou apresentar o caso cl√≠nico de um paciente transferido para centro terci√°rio de aten√ß√£o √† sa√ļde com queixas de disfagia, perda ponderal expressiva e rouquid√£o, sendo, posteriormente, diagnosticado com c√Ęncer de es√īfago. Trata-se, ent√£o, de estudo descritivo, do tipo relato de caso, que visou analisar as principais caracter√≠sticas cl√≠nicas referidas pelo paciente em quest√£o e o manejo terap√™utico, al√©m de tra√ßar comparativos com a literatura. O c√Ęncer de es√īfago (CE) √© uma displasia de alta malignidade e ocupa o s√©timo lugar entre as neoplasias mais incidentes e, dentre estas, a que det√©m o sexto lugar em termos de mortalidade. Sintomas como rouquid√£o, odinofagia, dor retroesternal, n√°useas, v√īmitos, perda ponderal, sensa√ß√£o de empachamento e disfagia s√£o observados em certos casos, sendo que perda do apetite, fadiga e mal-estar s√£o considerados os de maior gravidade por alguns estudos. Diversos estudos s√£o realizados com o intuito de estabelecer o melhor tratamento para o CE. Nessa perspectiva, e observando-se a conduta empregada neste relato de caso, ressalta-se o estudo CROSS, pautado pelo emprego de terapia neoadjuvante, seguida da cirurgia para a ressec√ß√£o da neoplasia, que apontou uma maior sobrevida global dos doentes, al√©m de incutir em uma menor mortalidade por CE na popula√ß√£o analisada. Frente √† agressividade do tumor, h√° perspectivas de que o cuidado do doente seja cada vez mais pautado pelas evid√™ncias cient√≠ficas, trazendo benef√≠cios potenciais para a qualidade de vida do paciente

    Pervasive gaps in Amazonian ecological research

    Get PDF
    Biodiversity loss is one of the main challenges of our time,1,2 and attempts to address it require a clear un derstanding of how ecological communities respond to environmental change across time and space.3,4 While the increasing availability of global databases on ecological communities has advanced our knowledge of biodiversity sensitivity to environmental changes,5‚Äď7 vast areas of the tropics remain understudied.8‚Äď11 In the American tropics, Amazonia stands out as the world‚Äôs most diverse rainforest and the primary source of Neotropical biodiversity,12 but it remains among the least known forests in America and is often underrepre sented in biodiversity databases.13‚Äď15 To worsen this situation, human-induced modifications16,17 may elim inate pieces of the Amazon‚Äôs biodiversity puzzle before we can use them to understand how ecological com munities are responding. To increase generalization and applicability of biodiversity knowledge,18,19 it is thus crucial to reduce biases in ecological research, particularly in regions projected to face the most pronounced environmental changes. We integrate ecological community metadata of 7,694 sampling sites for multiple or ganism groups in a machine learning model framework to map the research probability across the Brazilian Amazonia, while identifying the region‚Äôs vulnerability to environmental change. 15%‚Äď18% of the most ne glected areas in ecological research are expected to experience severe climate or land use changes by 2050. This means that unless we take immediate action, we will not be able to establish their current status, much less monitor how it is changing and what is being lostinfo:eu-repo/semantics/publishedVersio

    Pervasive gaps in Amazonian ecological research

    Get PDF

    Transtorno bipolar em crianças: análise de relato de caso 2018-2023

    Get PDF
    O transtorno bipolar em crian√ßas √© uma realidade cl√≠nica que demanda aten√ß√£o especializada. A compreens√£o dos sintomas, fatores de risco, preval√™ncia e desafios diagn√≥sticos √© fundamental para proporcionar interven√ß√Ķes precoces e adequadas, visando melhorar a qualidade de vida desses jovens e reduzir o impacto a longo prazo dessa condi√ß√£o psiqui√°trica. Trata-se de um estudo cujo objetivo foi objetivo revisar relatos de caso publicados entre 2018 e 2023 sobre transtorno bipolar em crian√ßas, identificando o estado da arte desses estudos. Para isso, se realizou uma revis√£o sistem√°tica de literatura utilizando as bases de dados Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE), Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ci√™ncias da Sa√ļde (LILACS) e Scientific Electronic Library Online (SCIELO). Com a an√°lise e interpreta√ß√£o qualitativa dos resultados, a principal conclus√£o deste estudo √© que o transtorno bipolar na inf√Ęncia √© uma condi√ß√£o complexa, manifestando-se com comportamentos consistentes com o Transtorno de Conduta e sendo influenciado por fatores ambientais, familiares e gen√©ticos. O tratamento eficaz requer uma abordagem multidisciplinar, integrando interven√ß√Ķes farmacol√≥gicas e n√£o farmacol√≥gicas, personalizadas conforme as necessidades individuais. A supervis√£o familiar √© crucial para a ades√£o ao tratamento, mas reconhece-se a necessidade cont√≠nua de pesquisa para aprimorar as estrat√©gias terap√™uticas diante da diversidade de casos

    Síndrome de DiGeorge (deleção do cromossomo 22q11.2): manejo e prognóstico

    Get PDF
    A s√≠ndrome de DiGeorge (SDG), tamb√©m conhecida como s√≠ndrome velocardiofacial, √© uma condi√ß√£o neurogen√©tica autoss√īmica dominante de interesse global caracterizada pela microdele√ß√£o do cromossomo 22q11.2, na qual n√£o h√° predile√ß√£o por g√™nero ou ra√ßa. A doen√ßa √© conhecida pela tr√≠ade cl√°ssica as cardiopatias cong√™nitas, timo hipopl√°sico ‚Äď ou apl√°sico ‚Äď e hipocalcemia decorrente da hipoplasia paratireoidiana O diagn√≥stico da s√≠ndrome baseia-se em dois exames laboratoriais, a Hibridiza√ß√£o Gen√īmica Comparativa baseada em microarray (aCGH) e a Hibridiza√ß√£o por Fluoresc√™ncia in situ (FISH), ambas com a finalidade de investigar o dist√ļrbio gen√©tico e o tratamento consiste em tratar as altera√ß√Ķes decorrentes da patologia. O objetivo estudo √© analisar o manejo e o progn√≥stico da s√≠ndrome de DiGeorge por meio de um apanhado de casos cl√≠nicos. Trata-se de uma revis√£o bibliogr√°fica integrativa, de natureza quantitativa, que utilizou as plataformas PubMed (Medline), Scientific Eletronic Library On-line (SciELO) e Cochrane Library como bases de dados para a sele√ß√£o dos artigos, todos na l√≠ngua inglesa. Foram utilizadas literaturas publicadas com recorte temporal de 2017 a 2022. De acordo com as literaturas analisadas, foi observado que a SDG requer dilig√™ncia por parte dos profissionais da sa√ļde no que concerne ao seu manejo, vide os v√°rios fen√≥tipos, desde leves a graves, da patologia. Por ter envolvimento multissist√™mico, √© essencial que, mesmo antes do diagn√≥stico, os dist√ļrbios inerentes √† s√≠ndrome sejam tratados e sujeitos √† suspei√ß√£o por interm√©dio da equipe, a qual necessita ter conhecimento acerca dessa possibilidade, haja vista a eventualidade de um pior progn√≥stico aos pacientes portadores

    Associação entre a ooforectomia bilateral precoce e o desenvolvimento do parkinsonismo e Doença de Parkinson em mulheres na pré-menopausa

    Get PDF
    O parkinsonismo √© um dist√ļrbio do sistema nervoso de maior incid√™ncia masculina do que feminina, visto que, por mecanismos fisiol√≥gicos, o estrog√™nio possui efeitos neuroprotetores, com fun√ß√Ķes como aumento da dopamina, um neurotransmissor essencial para o controle das fun√ß√Ķes motoras. Al√©m disso, previne a forma√ß√£o dos corp√ļsculos de Lewy e da agrega√ß√£o da őĪ-sinucle√≠na, respons√°veis pela progress√£o da Doen√ßa de Parkinson. Por isso, a doen√ßa se apresenta diferentemente nas mulheres. A remo√ß√£o cir√ļrgica de ambos os ov√°rios em mulheres na pr√©-menopausa para a preven√ß√£o do c√Ęncer de ov√°rio parece favorecer o surgimento da doen√ßa, tendo em vista a perda da produ√ß√£o do horm√īnio protetor. Assim, o objetivo do estudo √© analisar a associa√ß√£o entre a ooforectomia bilateral precoce e o desenvolvimento de parkinsonismo e Doen√ßa de Parkinson em mulheres na pr√©-menopausa. Trata-se de uma revis√£o bibliogr√°fica sistem√°tica, do tipo quantitativa, que utilizou as plataformas do PubMed, SciELO e Cochrane Library como bases de dados para sele√ß√£o dos artigos, todos na l√≠ngua inglesa. Foram utilizadas literaturas publicadas com recorte temporal de 2017 a 2022. De acordo com as literaturas analisadas, a ooforectomia bilateral precoce em mulheres na pr√©-menopausa aumenta o risco do desenvolvimento de parkinsonismo. Desse modo, a diminui√ß√£o dos procedimentos cir√ļrgicos profil√°ticos para c√Ęncer de ov√°rio nas pacientes com risco m√©dio de malignidade reduziria o risco dessa condi√ß√£o
    corecore