191 research outputs found

    APELACI√ďN Y ATENUACI√ďN: COMPARACI√ďN INTERGEN√ČRICA ENTRE JUICIOS ORALES Y DEBATES PARLAMENTARIOS ESPA√ĎOLES

    Get PDF
    El objetivo de este trabajo es estudiar los mecanismos de apelaci√≥n que desarrollan una funci√≥n atenuante en contextos formales. M√°s concretamente, nos proponemos centrar nuestro estudio en las formas de tratamiento nominales (como se√Īor√≠a) y en las f√≥rmulas apelativas convencionalizadas (como mira). Para ello, esta investigaci√≥n se basa en dos corpus de dos g√©neros pertenecientes al registro oral formal: el debate parlamentario y el juicio oral. Tras analizar las muestras tomando como referencia la funci√≥n (preventiva o reparadora) del atenuante, la fuerza ilocutiva, la posici√≥n y los roles de los participantes, se ha comprobado que incluso en contextos formales, estos mecanismos pueden desarrollar valores estrat√©gicos relacionados con la atenuaci√≥n. Adem√°s, el an√°lisis destaca los beneficios de realizar estudios intergen√©ricos pues, por un lado, ayudan a conocer con m√°s precisi√≥n la manera en que se configura la atenuaci√≥n en distintos contextos y, por otro lado, la observaci√≥n de fen√≥menos pragm√°ticos desde una perspectiva contrastiva podr√≠a permitir a√Īadir nuevos detalles para la caracterizaci√≥n de los g√©neros

    Modelagem CESM para um sistema de recomenda√ß√Ķes: o caso de uma livraria virtual

    Get PDF
    Recommender systems aim to create personalized recommendations for guiding the user in choosing the most useful product, service, or content in a large space of possible options. Through content filtering and collaborative filtering, a recommender system can select appropriate options for the user, alleviating the information overload in the context of virtual bookstores. In this sense, this work’s aim is to present the modeling and analysis of a recommender system for a virtual bookstore seen as a sociotechnological system. A sociotechnological system involves human agents and artificial agents, the interconnections between them, their interaction dynamics, subjection to changes in relation to environmental demands and the emergence of behaviors. In this context, the methodological approach is based on the systemic view of Mario Bunge, through the application of the CESM model, according to which a system can be represented by its components, environment, structure, and mechanism. Mechanisms involved in the recommender system are outlined as cause-effect diagrams. The CESM modeling offers an integrated view of the interconnections and interactions between the components of the system and their context, and the identification of the involved processes. The modeling study precedes its computational implementation and actions for improvements and corrections of non-functional aspects related to the mechanisms can be designed before its deployment in the context of a virtual bookstore

    O DESENHO COMO FERRAMENTA PARA PROJETAR E EXPRESSAR DESEJOS E CONFLITOS DA ADOLESCÊNCIA

    Get PDF
    O presente trabalho caracteriza-se por um recorte das atividades realizadas no Est√°gio Supervisionado Obrigat√≥rio em Psicologia Escolar (Est√°gio A) do curso de Psicologia da UNESC. Ocorreu em uma escola de educa√ß√£o b√°sica, no per√≠odo de fevereiro a junho de 2018, com estudantes do s√©timo ano do Ensino Fundamental, de doze a dezessete anos, em encontros de quarenta minutos. O objetivo principal foi promover reflex√£o e constru√ß√£o de conhecimento acerca da identidade e rela√ß√Ķes interpessoais. A metodologia utilizada foi qualitativa, buscando compreender os processos subjetivos e de significa√ß√£o dos sujeitos envolvidos nas pr√°ticas realizadas. Na atividade destacada nesse trabalho, a turma foi dividida por faixa et√°ria em tr√™s grupos, sendo um apenas com meninas. A partir disso, se prop√īs uma atividade de desenho projetivo, onde cada estudante deveria desenhar, em uma folha branca A4, uma pessoa e a partir dela escrever pensamentos recorrentes, o que gostaria de dizer, duas coisas que ama, sentimento a oferecer e a receber, um objetivo que deseja alcan√ßar e os passos para alcan√ß√°-lo. De modo geral, os grupos se mostraram reflexivos e engajados nas quest√Ķes propostas, ficando percept√≠vel a identifica√ß√£o de si mesmo com o desenho e objetivos de futuro fortemente ligados aquela realidade social. O grupo de meninas destacou-se por demonstrar planejamento de ingressar no ensino superior e expressar bastante afetividade. Promover a reflex√£o com os grupos de adolescentes foi um trabalho √°rduo, considerando que havia pouco interesse por parte dos alunos em usufruir de um espa√ßo de fala e constru√ß√£o de novos sentidos, como prop√īs a estagi√°ria. O fato de esse espa√ßo ser raro na vida dos adolescentes daquele local pode ter contribu√≠do para que eles n√£o percebessem a import√Ęncia do mesmo. O grupo na adolesc√™ncia √© considerado um importante espa√ßo de fala, reconhecimento e suporte para novas identifica√ß√Ķes, portanto primordial para manifesta√ß√Ķes do inconsciente individual, mas que pela unidade do grupo possibilita a emerg√™ncia de um inconsciente grupal. Portanto, h√° uma equival√™ncia entre trabalho de grupo e trabalho de an√°lise (COUTINHO; ROCHA, 2007). Considera-se que os objetivos propostos neste est√°gio foram atingidos da melhor forma poss√≠vel, sempre com muita aten√ß√£o e respeito para as necessidades emergentes dos sujeitos envolvidos. A maioria da popula√ß√£o atendida pela escola est√° em situa√ß√£o de vulnerabilidade social e a din√Ęmica familiar √© bastante complexa e dolorosa, o que gera conflitos intraps√≠quicos intensos nas crian√ßas e adolescentes que est√£o em processo de subjetiva√ß√£o. Romper com os muros da Universidade e encarar a realidade ‚Äúnua e crua‚ÄĚ pode gerar desprazer, mas tamb√©m servir como impulso para se tornar um agente transformador dessas realidades, que prezar√° pelo respeito e pela qualidade de vida de cada sujeito que puder alcan√ßar.Palavras-chave: Psicologia Escolar, Adolesc√™ncia, Identidade

    Resistance to artificial weathering of four tropical woods: the effect of the extractives

    Get PDF
    As madeiras tropicais: garapeira ( Apuleia leiocarpa ), tauari ( Couratari stellata ), ita\ufaba ( Mezilaurus itauba ) e marup\ue1 ( Simarouba amara ) foram selecionadas para examinar o efeito da presen\ue7a dos extrativos na varia\ue7\ue3o de cor e no processo de fotodecomposi\ue7\ue3o das suas superf\uedcies. Amostras com e sem extrativos foram submetidas a ciclos de radia\ue7\ue3o ultravioleta (350 nm) e \ue1gua at\ue9 totalizar 2.000 horas de irradia\ue7\ue3o e 400 horas de lixivia\ue7\ue3o. A mudan\ue7a da cor natural das madeiras foi monitorada por espectrocolorimetria de reflex\ue3o difusa. Amostras de marup\ue1 e tauari com teores de extrativos menores que 2% exibiram varia\ue7\ue3o de cor com o aumento do tempo de tratamento quase iguais \ue0s amostras sem extrativos. A resist\ueancia anormal do tauari \ue0 altera\ue7\ue3o de cor n\ue3o pode ser atribu\uedda aos seus extrativos. Para a garapeira e para a ita\ufaba, a presen\ue7a de 11,7 e 7,42% de extrativos respectivamente acelerou a velocidade de varia\ue7\ue3o de cor. A an\ue1lise dessas varia\ue7\uf5es de cor indica que os extrativos, nesse caso, agiram acentuando a cor natural da madeira. Adicionalmente, verificou-se que o tauari foi a madeira mais resistente \ue0 varia\ue7\ue3o de cor do grupo estudado, seguido pela garapeira, marup\ue1 e ita\ufaba todas com extrativos.The tropical woods Apuleia leiocarpa , Couratari stellata , Mezilaurus itauba and Simarouba amara were selected to examine the effect of the presence of the extractives in the color variation and in the photodecomposition process of their surfaces. Samples with and without extractives were submitted to cycles of ultraviolet radiation (350 nm) and immersion in water until totalizing 2,000 hours of irradiation and 400 hours of water leaching. Changings in the natural wood colors were monitored by diffuse reflectance spectroscopy. Samples of Simarouba amara and Couratari stellata with extractives content of 2% or less showed color variation with time of treatment almost similar to the samples without extractives. The abnormal resistance of Couratari stellata to color changing can not be attributed to extractives. For the Apuleia leiocarpa and Mezilaurus itauba woods, the presence of 11,7% and 7,42% of extractives compounds, respectively, accelerated the color variation rate. Analysis of the color variation indicated that the extractives, in this case, acted by intensifying the natural wood color. Additionally, it was verified that Couratari stellata was the more resistant wood to color variation in this studied group of woods, followed by Apuleia leiocarpa, Simarouba amara and Mezilaurus itauba, all with extractives

    Resistance to artificial weathering of four tropical woods: the effect of the extractives

    Get PDF
    As madeiras tropicais: garapeira (Apuleia leiocarpa), tauari (Couratari stellata), ita√ļba (Mezilaurus itauba) e marup√° (Simarouba amara) foram selecionadas para examinar o efeito da presen√ßa dos extrativos na varia√ß√£o de cor e no processo de fotodecomposi√ß√£o das suas superf√≠cies. Amostras com e sem extrativos foram submetidas a ciclos de radia√ß√£o ultravioleta (350 nm) e √°gua at√© totalizar 2.000 horas de irradia√ß√£o e 400 horas de lixivia√ß√£o. A mudan√ßa da cor natural das madeiras foi monitorada por espectrocolorimetria de reflex√£o difusa. Amostras de marup√° e tauari com teores de extrativos menores que 2% exibiram varia√ß√£o de cor com o aumento do tempo de tratamento quase iguais √†s amostras sem extrativos. A resist√™ncia anormal do tauari √† altera√ß√£o de cor n√£o pode ser atribu√≠da aos seus extrativos. Para a garapeira e para a ita√ļba, a presen√ßa de 11,7 e 7,42% de extrativos respectivamente acelerou a velocidade de varia√ß√£o de cor. A an√°lise dessas varia√ß√Ķes de cor indica que os extrativos, nesse caso, agiram acentuando a cor natural da madeira. Adicionalmente, verificou-se que o tauari foi a madeira mais resistente √† varia√ß√£o de cor do grupo estudado, seguido pela garapeira, marup√° e ita√ļba todas com extrativos.The tropical woods Apuleia leiocarpa, Couratari stellata, Mezilaurus itauba and Simarouba amara were selected to examine the effect of the presence of the extractives in the color variation and in the photodecomposition process of their surfaces. Samples with and without extractives were submitted to cycles of ultraviolet radiation (350 nm) and immersion in water until totalizing 2,000 hours of irradiation and 400 hours of water leaching. Changings in the natural wood colors were monitored by diffuse reflectance spectroscopy. Samples of Simarouba amara and Couratari stellata with extractives content of 2% or less showed color variation with time of treatment almost similar to the samples without extractives. The abnormal resistance of Couratari stellata to color changing can not be attributed to extractives. For the Apuleia leiocarpa and Mezilaurus itauba woods, the presence of 11,7% and 7,42% of extractives compounds, respectively, accelerated the color variation rate. Analysis of the color variation indicated that the extractives, in this case, acted by intensifying the natural wood color. Additionally, it was verified that Couratari stellata was the more resistant wood to color variation in this studied group of woods, followed by Apuleia leiocarpa, Simarouba amara and Mezilaurus itauba, all with extractives

    RELATO DE EXPERI√äNCIA DE EST√ĀGIO ESCOLAR OBRIGAT√ďRIO EM PSICOLOGIA

    Get PDF
    O presente projeto faz parte dos requisitos obrigat√≥rios da disciplina de Est√°gio A - Escolar, cadeira obrigat√≥ria do curso de Psicologia da Universidade do Extremo Sul Catarinense - UNESC. Essa mat√©ria tem como objetivo de servir como ponte para a aplica√ß√£o dos conte√ļdos, at√© ent√£o, transmitidos principalmente em sala de aula, intersec√ß√Ķes de conte√ļdos te√≥ricos e pr√°ticos. Desta forma, o est√°gio busca a forma√ß√£o das compet√™ncias profissionais, assim como a tomada de conhecimento das atribui√ß√Ķes do psic√≥logo escolar e o seu fazer √©tico e a realiza√ß√£o do papel do psic√≥logo na sociedade por meio do est√°gio realizado. O objetivo geral do estagi√°rio dentro da experi√™ncia de est√°gio foi de atuar como agente de mudan√ßas de uma institui√ß√£o do ensino fundamental, fomentando a melhor aplica√ß√£o e desenvolvimento da educa√ß√£o junto com os estudantes, com a demanda institucional e as √°reas de interesse do acad√™mico. Durante o per√≠odo de observa√ß√£o foram utilizados: entrevista e observa√ß√£o participante. A partir dos primeiros encontros foi ent√£o percebida a necessidade de se trabalhar certos temas com a turma, como identidade, integra√ß√£o, bullying, motiva√ß√£o, autoestima, sa√ļde mental, limites e disciplina,. Acreditando-se, tamb√©m, que ao trabalhar esses temas, outros benef√≠cios tomar√£o forma. Al√©m disso, foram feitas conversas individuais com a turma, com o objetivo de desenvolver v√≠nculos e reconhecer a demanda institucional por meio de novas perspectivas. O papel do psic√≥logo escolar passa por atribui√ß√Ķes diversas, mas que compartilham um tema, posto como objetivo, em comum. O psic√≥logo deve ser um agente de mudan√ßas, tanto institucionais como pessoais. Respeitando-se sempre a heterogeneidade do grupo. A grande maioria das atividades executadas pelo estagi√°rio, circularam em torno da quest√£o da forma√ß√£o e reconhecimento da identidade. As conversas (individuais ou grupais), os trabalhos propostos e as palestras, encontraram todos base nos conceitos referentes a sentimentos, autoimagem, imagem f√≠sica e conceito de si, atribui√ß√Ķes comumentes relacionadas a forma√ß√£o de identidade. Juntamente com as concep√ß√Ķes individuais, n√£o se pode desvincular das atribui√ß√Ķes culturais, por isso tamb√©m se trabalhou a promo√ß√£o de igualdades sociais, raciais e defesa de direitos humanos, j√° que essas rela√ß√Ķes devem ser reconhecidas para a atua√ß√£o multifacetada e plural das rela√ß√Ķes sociais do cotidiano. Houveram momentos em que decis√Ķes precisaram ser tomadas rapidamente e pontos de vista defendidos, o estagi√°rio se imaginava preparado para tais fun√ß√Ķes, mas a comprova√ß√£o aparece na a√ß√£o, e junto com a a√ß√£o aparece tamb√©m a responsabilidade pelos resultados. Lidar com a atua√ß√£o do estagi√°rio encarando as suas pr√≥prias limita√ß√Ķes, foi, sem d√ļvida, o maior desafio. Desde como manejar a turma para as din√Ęmicas ou fazer a melhor escuta, a atua√ß√£o foi feita pela intui√ß√£o constante de ver nos alunos as pr√≥prias respostas para suas perguntas.Palavras-Chave: Est√°gio; Escola; Atua√ß√£

    ESTIMULA√á√ÉO ESSENCIAL MOTORA AQU√ĀTICA PARA BEB√äS E CRIAN√áAS COM DEFICI√äNCIA

    Get PDF
    A estimula√ß√£o que a crian√ßa recebe desde o nascimento e perdura em seus primeiros anos de vida √© indispens√°vel, pois este per√≠odo √© considerado sens√≠vel ao desenvolvimento humano. Assim, o ambiente aqu√°tico faz com que os est√≠mulos recebidos contribuam para o desenvolvimento motor e cognitivo e proporcionam melhoria na comunica√ß√£o e socializa√ß√£o. Nesse sentido, o projeto Estimula√ß√£o Essencial Motora Aqu√°tica para Beb√™s e Crian√ßas com Defici√™ncia, tem por objetivos estimular percep√ß√Ķes t√°teis, visuais, auditivas e sinest√©sicas dos alunos; desenvolver as capacidades motoras, especialmente o equil√≠brio, postura, ritmo e coordena√ß√£o; propiciar a melhoria das fun√ß√Ķes cardiorrespirat√≥rias, mobilidade articular e locomo√ß√£o, al√©m de possibilitar o desenvolvimento da autoconfian√ßa e autoestima. Os participantes do Projeto s√£o beb√™s e crian√ßas com defici√™ncia (f√≠sica/motora, visual e intelectual) com idades entre 2 e 7 anos. As aulas acontecem no Complexo das Piscinas T√©rmicas da Universidade, uma vez na semana. Para a realiza√ß√£o das atividades, s√£o realizadas reuni√Ķes pedag√≥gicas semanais com o grupo de professores e monitores do projeto. A aula √© desenvolvida em dois momentos, primeiro momento s√£o realizadas atividades coletivas e no segundo, s√£o realizadas atividades individuais com cada aluno. Ao final de cada aula √© realizada uma avalia√ß√£o geral e elaborado um parecer descritivo. Desta forma, considerando a fase de desenvolvimento motor que os beb√™s/crian√ßas est√£o, frequentar espa√ßos onde s√£o proporcionadas experi√™ncias motoras diversificadas e instru√ß√Ķes apropriadas, contribui para que possam desenvolver suas compet√™ncias e habilidades motoras. Portanto, o projeto contribui para a inclus√£o social e cidadania dos beb√™s/crian√ßas, al√©m de proporcionar novos conhecimentos aos acad√™micos atrav√©s das pr√°ticas do projeto

    TENTATIVA DE SUIC√ćDIO NA ADOLESC√äNCIA: PERSPECTIVA PSICANAL√ćTICA

    Get PDF
    O suic√≠dio na adolesc√™ncia √© considerado um problema de sa√ļde p√ļblica e essa problem√°tica se caracteriza como a segunda principal causa de morte entre jovens de 15 a 24 anos no mundo. Essa faixa et√°ria √© reconhecida pela Organiza√ß√£o Mundial da Sa√ļde como mais vulner√°vel ao comportamento suicida. Este artigo aborda a tentativa de suic√≠dio na adolesc√™ncia, considerando-o um ato decorrente da viv√™ncia de situa√ß√Ķes traum√°ticas, por meio da an√°lise de dois casos de adolescentes que tentaram o suic√≠dio. Foram feitas duas entrevistas semidirigidas, elaboradas conforme o estudo realizado por M√īnica Macedo1 e utilizaram-se, ainda, os prontu√°rios como instrumento para coletar os dados. Os estudos de casos foram analisados a partir do m√©todo de An√°lise Interpretativa e com base na Teoria Psicanal√≠tica. Cinco aspectos principais permitiram compreender e avaliar os efeitos ps√≠quicos provocados pelo trauma. Nos casos estudados, identificou-se que o acolhimento e a escuta s√£o fundamentais na tentativa de suic√≠dio, especialmente na adolesc√™ncia.¬†Palavras-chave: Tentativa de suic√≠dio; trauma ps√≠quico, adolesc√™ncia.

    TENTATIVA DE SUIC√ćDIO NA ADOLESC√äNCIA: PERSPECTIVA PSICANAL√ćTICA

    Get PDF
    O suic√≠dio na adolesc√™ncia √© considerado um problema de sa√ļde p√ļblica e essa problem√°tica se caracteriza como a segunda principal causa de morte entre jovens de 15 a 24 anos no mundo. Essa faixa et√°ria √© reconhecida pela Organiza√ß√£o Mundial da Sa√ļde como mais vulner√°vel ao comportamento suicida. Este artigo aborda a tentativa de suic√≠dio na adolesc√™ncia, considerando-o um ato decorrente da viv√™ncia de situa√ß√Ķes traum√°ticas, por meio da an√°lise de dois casos de adolescentes que tentaram o suic√≠dio. Foram feitas duas entrevistas semidirigidas, elaboradas conforme o estudo realizado por M√īnica Macedo1 e utilizaram-se, ainda, os prontu√°rios como instrumento para coletar os dados. Os estudos de casos foram analisados a partir do m√©todo de An√°lise Interpretativa e com base na Teoria Psicanal√≠tica. Cinco aspectos principais permitiram compreender e avaliar os efeitos ps√≠quicos provocados pelo trauma. Nos casos estudados, identificou-se que o acolhimento e a escuta s√£o fundamentais na tentativa de suic√≠dio, especialmente na adolesc√™ncia.¬†Palavras-chave: Tentativa de suic√≠dio; trauma ps√≠quico, adolesc√™ncia.

    INFLU√äNCIAS PARENTAIS NA SA√öDE MENTAL DAS CRIAN√áAS NA FASE DA SEGUNDA INF√āNCIA

    Get PDF
    Esta pesquisa teve como objetivo analisar a rela√ß√£o existente entre limites, modelos educacionais e psicopatologias parentais; sendo realizada em um centro de educa√ß√£o infantil de Forquilhinha ‚Äď SC e participaram da pesquisa 16 m√£es e uma av√≥, as quais tinham filhos/neto na fase da segunda inf√Ęncia. Trata-se de um estudo qualitativo e para a coleta de dados foi utilizado entrevista semiestruturada. Os dados foram analisados com base na an√°lise de conte√ļdo e os resultados indicam que a cultura de cada fam√≠lia √© diferente, a grande maioria das m√£es estabelece limites e tem consci√™ncia que o modelo de educa√ß√£o utilizado influencia no comportamento dos filhos, tanto atual quanto futuramente, as m√£es diagnosticadas com transtorno mental possuem mais dificuldades em colocar limites e regras e os filhos possuem um comportamento mais dif√≠cil, estas m√£es acreditam que pode haver alguma complica√ß√£o futura para os filhos em virtude de seu transtorno.Palavras-chave: Estilo Educacional Parental; Psicopatologia Parental; Limites
    • ‚Ķ
    corecore