30 research outputs found

    O processo de materializa??o do projeto ?tico-pol?tico do servi?o social no trabalho do assistente social

    No full text
    Made available in DSpace on 2015-04-14T13:20:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 423304.pdf: 820305 bytes, checksum: ae32c03aa0e0b644636e75474a407974 (MD5) Previous issue date: 2010-03-05O estudo realizado atrav?s do Programa de P?s-Gradua??o da Faculdade de Servi?o Social Mestrado da PUCRS resulta a pesquisa que tem o objetivo analisar como os Assistentes Sociais materializam o Projeto ?tico-Pol?tico do Servi?o Social no trabalho realizado no ?mbito das pol?ticas p?blicas, com vistas a contribuir com subs?dios para as discuss?es deste Projeto. Constitui-se de uma pesquisa de natureza qualitativa sob o referencial dial?tico cr?tico e ostenta os estudos da constru??o do Projeto profissional do Servi?o Social na sociedade brasileira, com ?nfase para a consolida??o do Projeto ?tico-pol?tico na d?cada de noventa. O processo investigativo foi realizado no per?odo de 2008 e 2009 e contou com a participa??o de profissionais Assistentes Sociais que se encontram em pleno exerc?cio do trabalho nas Institui??es da esfera p?blica estatal - Prefeituras Municipais da Regi?o Fronteira Noroeste do Rio grande do Sul. Os principais resultados elucidam que os profissionais Assistentes Sociais encontram-se na condi??o de trabalhadores assalariados, atuando predominantemente, na pol?tica p?blica de Assist?ncia Social. A realiza??o do trabalho ocorre sob condi??es e rela??es tensas e contradit?rias entre projetos de interesses distintos, que coexistem nestes espa?os s?cio-ocupacionais. A materializa??o do Projeto ?tico-pol?tico, ocorre na dial?tica em que se processa a dimens?o ?tico-pol?tica da profiss?o, na conjuga??o cognoscitiva e pr?tica do profissional, que prescinde da dimens?o te?rico-metodol?gica e conhecimentos t?cnico-operativos para o exerc?cio do trabalho

    A indissociabilidade entre o projeto ?tico-pol?tico e a forma??o em servi?o social : uma materializa??o em xeque

    No full text
    Made available in DSpace on 2015-04-14T13:20:16Z (GMT). No. of bitstreams: 1 424039.pdf: 200073 bytes, checksum: de4bbbe0e4e689c1201435dda84d1c0e (MD5) Previous issue date: 2010-03-30A materializa??o do Projeto ?tico-Pol?tico do Servi?o Social no processo de forma??o, nos cursos de gradua??o em Servi?o Social no estado do Rio Grande do Sul ? a quest?o central da presente tese que teve como objetivo analisar se os cursos de Servi?o Social garantem a materializa??o do Projeto ?tico-Pol?tico no processo de forma??o profissional, na perspectiva de contribuir para a qualifica??o da forma??o profissional e para o fortalecimento do referido projeto. Para tanto, realizou-se uma pesquisa do tipo qualitativa, complementada com dados quantitativos, caracterizada como um estudo de caso explorat?rio e descritivo, baseada no m?todo dial?tico-cr?tico. Buscou-se desvendar aproxima??es e distanciamentos entre o que est? previsto nas atuais diretrizes curriculares e o que se materializa no processo de forma??o, com vistas a contribuir na cria??o de estrat?gias para aproxima??o e supera??o das poss?veis lacunas existentes. Para defini??o da amostra, optou-se por uma amostragem n?o probabil?stica, por tipicidade. Desta forma constitu?ram-se sete distintas naturezas institucionais. Como sujeitos de pesquisa teve-se uma representa?ao docente e discente, bem como os Projetos Pol?tico-Pedag?gicos de cada uma das sete institui??es de ensino superior. Para tanto, foram realizadas entrevistas semiestruturadas, que teve como instrumento um formul?rio com quest?es abertas e fechadas e para a pesquisa documental utilizou-se um roteiro norteador. A an?lise dos dados caracteriza-se pela t?cnica an?lise de conte?do de Bardin. Os resultados dessa an?lise demonstram que a forma??o profissional n?o capacita para materializa??o do Projeto ?tico-Pol?tico profissional. Nesse sentido, sinaliza-se para a necessidade de ampliar o debate sobre a dire??o social que est? se constituindo no processo de forma??o profissional, resgatando o paradigma da luta de classes, com vistas a fortalecer a resist?ncia contra uma forma??o mercantilizada que fragiliza o projeto profissional. Aponta-se tamb?m para a necessidade de se avan?ar em a??es investigativas sobre a tem?tica, com vistas a criar canais de reflex?o, estudo e an?lise sobre o Projeto Pol?tico do Servi?o Social e a implica??o do processo de forma??o para sua materializa??o

    As interfaces do projeto ?tico-pol?tico do servi?o social com a cultura de paz

    No full text
    Made available in DSpace on 2015-04-14T13:20:16Z (GMT). No. of bitstreams: 1 425482.pdf: 1133812 bytes, checksum: 3700ce134d5c55d3d56436f909e51aa3 (MD5) Previous issue date: 2009-07-13Este trabalho tem por objetivo discutir As Interfaces da Cultura de Paz com o Projeto ?tico-Pol?tico do Servi?o Social. O debate sobre a Paz, tem alcan?ado uma amplitude que vem provocando uma multiplica??o de iniciativas, eventos e manifesta??es em seu favor. Este movimento tem provocado uma nova demanda na forma??o profissional de ?reas diversas. O Servi?o Social, sendo uma profiss?o eminentemente interventiva, a partir do projeto ?tico-Pol?tico Profissional, comunga dos valores e princ?pios da Cultura de Paz, muito embora n?o visibilizado pela categoria profissional. Tanto o setor p?blico como a sociedade civil sentem a car?ncia de uma reflex?o te?rica qualificada e uma interven??o pr?tica adotada. O crescimento das express?es latentes da Quest?o Social aponta para a busca de supera??o dessas realidades sociais perversas por meio de a??es n?o violentas, a partir de um processo de educa??o voltado para uma Cultura de Paz. ? da responsabilidade universit?ria, diante dos desafios do nosso tempo e da sua pr?pria miss?o, formar profissionais para intervir junto ?s demandas da sociedade, a partir de interven??es que possibilitam uma maior consci?ncia cr?tica e a??es voltadas para uma cultura de paz na perspectiva da ?tica da solidariedade constru?da pelo exerc?cio da co-responsabilidade. A pesquisa realizada enfatiza a Cultura de Paz que aponta para um novo modo de ser na sociedade, na sua rela??o com o Servi?o Social que tem um projeto que aposta no avan?o da democracia. A relev?ncia dessa pesquisa configura-se na medida em que se constata que os princ?pios da Cultura de Paz e os princ?pios do Projeto ?tico- Pol?tico do Servi?o Social v?o ao encontro uns dos outros. Os sujeitos da pesquisa foram profissionais do Servi?o Social que desenvolvem processos de trabalhado na perspectiva da Educa??o e Cultura de Paz, assim como profissionais de ?reas diversas, de Institui??es renomadas que vem trabalhando com o mesmo foco. Os resultados do trabalho indicam que a paz que se quer alcan?ar como cultura, passa pela transforma??o das pessoas e das estruturas sociais existentes, exigindo um processo de forma??o que desafie a sociedade para uma mudan?a radical no sistema pol?tico, econ?mico, social e ambiental. A mudan?a social torna-se o maior desafio para a constru??o de uma Cultura de Paz. A paz ser? poss?vel quando houver de fato vontade pol?tica de diminuir as desigualdades sociais por via da materializa??o dos direitos humanos e da justi?a social. Tem a a??o pol?tica como uma das grandes ferramentas principais na sua constru??o. A paz ? uma aspira??o e um direito universal, faz parte dos direitos de terceira gera??o, sendo direito universal, ? tamb?m direito humano, e sua constru??o ? tarefa de todos

    Organiza??es da sociedade civil de interesse p?blico (OSCIP) do munic?pio de Porto Alegre : espa?os socioocupacionais dos assistentes sociais?

    No full text
    Made available in DSpace on 2015-04-14T13:20:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 389331.pdf: 2606514 bytes, checksum: aea8fd3d3e010ba1ce48050a1a37b571 (MD5) Previous issue date: 2007-03-08O presente estudo discute a composi??o sociopol?tica das Organiza??es da Sociedade Civil de Interesse P?blico (OSCIP) enquanto espa?o socioocupacional, de modo a desvendar os processos de trabalho em que participam os Assistentes Sociais. Interessa, nos marcos desta disserta??o, explicar como os Assistentes Sociais est?o sendo chamados a ocupar espa?o nessas organiza??es e como os processos de trabalho institu?dos podem, ou n?o, dar concretude ao projeto ?tico-pol?tico do Servi?o Social. Nessa perspectiva, desencadeia-se a discuss?o das rela??es entre Estado, mercado e sociedade civil. Problematiza-se o reordenamento institucional das rela??es sociais atrav?s das novas organiza??es, surgidas, no Estado democr?tico, sob a ?gide da economia de mercado. O tema da investiga??o ? de relev?ncia para o Servi?o Social, principalmente no que se refere aos processos de trabalho implicados diretamente com a quest?o social, sendo as manifesta??es desta refletidas em altera??es indissoci?veis do processo de reestrutura??o produtiva nos espa?os socioocupacionais. ? preciso evidenciar a import?ncia de ocupar os espa?os de forma qualificada, refor?ando a identidade profissional, desvendando as contradi??es na perspectiva do projeto ?tico-pol?tico do Servi?o Social. Inseridos na divis?o sociot?cnica do trabalho, os Assistentes Sociais passam a ter fun??es e compet?ncias, para atuarem na formula??o e na avalia??o de pol?ticas, planejamento e gest?o, inscritos em equipes interdisciplinares que tencionam a identidade profissional

    Entre o real e o abstrato : materializa??o do projeto ?tico-pol?tico profissional do assistente social

    No full text
    Submitted by Setor de Tratamento da Informa??o - BC/PUCRS ([email protected]) on 2016-04-13T16:41:32Z No. of bitstreams: 1 DIS_EMILENE_OLIVEIRA_DE_BAIRRO_COMPLETO.pdf: 2611059 bytes, checksum: 812b3cd118654b75cb8e761d10ec995f (MD5)Made available in DSpace on 2016-04-13T16:41:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DIS_EMILENE_OLIVEIRA_DE_BAIRRO_COMPLETO.pdf: 2611059 bytes, checksum: 812b3cd118654b75cb8e761d10ec995f (MD5) Previous issue date: 2016-01-29This dissertation deals about the materialization of the Professional Project Ethical-Political (PEPP) of the social workers, and searches for an answer to the following research problem: How does the PEPP is materialized on the daily social workers? interventions? This dissertation aims to analyze the way in which social workers materialize the Professional Project in order to contribute for the debate of the professional category and stimulate a reflective professional practice. To this end, we recreate the historical process of the profession in Brazil, since its genesis until the theoretical-methodological maturation, which is based on the Marx's Critical Social Theory. This recreation allowed us to understand the formation and setting of PEPP, based on the Laws of the Profession Regulamentation, the Professional Ethical Code, and on the ABEPSS?s guidelines. The Dialectical-Critical method is present in every part of the creation of this work, along with the contribution of categories such as totality, historicity, and contradiction to the obtention and analysis of the phenomena in the concrete reality. To achieve the study goals, we made a qualitative research collecting empirical data and making a bibliographical and documental analysis on the course of Specialization in Social Intervention with Families from the Faculty of Social Work of PUCRS, since we understand that this is a place with the permanent promotion of education. In the evaluation of the social workers? answers to the questions of the instrument, we notice, through content analysis, that there are possibilities for the PEPP materialization once the professional actions agree with the social and political direction of the profession, which has as main goals the human emancipation and the social transformation. We highlight that PEPP is a theme that needs more discussion in the knowledge production of the Brazilian Social Work due to its importance to the understanding of the profession as well as the real possibilities that it allows the professional to achieve by materializing the project within the limits imposed by the capitalist society.A presente disserta??o versa sobre a materializa??o do Projeto ?tico-Pol?tico Profissional (PEPP) dos/as assistentes sociais e busca resposta para o seguinte problema de pesquisa: Como ? materializado o PEPP no cotidiano interventivo dos (as) assistentes sociais? Seu objetivo ? analisar como os assistentes sociais materializam o Projeto Profissional, com intuito de contribuir para o debate da categoria profissional e estimular uma pr?xis profissional reflexiva. Para tanto, foi reconstitu?do o processo hist?rico de constru??o da profiss?o no Brasil, desde a sua g?nese at? o amadurecimento te?rico-metodol?gico, alicer?ado na Teoria Social Cr?tica de Marx. Essa reconstitui??o permitiu o entendimento da forma??o e da consolida??o do PEPP, alicer?ado nos pilares da Lei de Regulamenta??o da Profiss?o, no C?digo de ?tica Profissional e nas Diretrizes da ABEPSS. O M?todo Dial?tico-Cr?tico ? transversal a toda a produ??o deste trabalho, com a contribui??o das categorias totalidade, historicidade e contradi??o, para apreens?o e an?lise dos fen?menos na realidade concreta. Para alcan?ar os objetivos do estudo realizou-se uma pesquisa qualitativa que, al?m da an?lise bibliogr?fica e documental coletou dados emp?ricos, no curso de Especializa??o em Interven??o Social com Fam?lias da Faculdade de Servi?o Social da PUCRS, por entender que esse ? um espa?o de fomento a educa??o permanente. Na avalia??o das respostas dos assistentes sociais ?s quest?es do instrumento, constatou-se atrav?s da an?lise de conte?do que existem possibilidades de materializa??o do PEPP, desde que as a??es profissionais estejam em conson?ncia com a dire??o social e pol?tica da profiss?o, que tem como horizonte a emancipa??o humana e a transforma??o social. Evidencia-se, ainda, que o PEPP ? um tema que carece de maior discuss?o na produ??o do conhecimento do Servi?o Social brasileiro, tendo em vista sua import?ncia para a compreens?o da profiss?o e as possibilidades reais de materializa??o do projeto pelo profissional dentro dos limites impostos pela sociedade capitalista

    As mulheres e o servi?o social : alian?as e rupturas com a forma??o discursiva do capital

    No full text
    Made available in DSpace on 2015-04-14T13:20:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 402876.pdf: 1029012 bytes, checksum: c73798e24c76cb8bc64c5da54c8c9478 (MD5) Previous issue date: 2008-03-10A tese trata da condi??o feminina, majorit?ria na composi??o s?cio-hist?rica do Servi?o Social e tem a finalidade de, atrav?s da An?lise de Discurso, examinar a discursividade da profiss?o na busca da sua interlocu??o com a discursividade do feminismo. Para tal, tem como objetivo desvelar, nos diferentes momentos da hist?ria do Servi?o Social no Brasil, pontos de identifica??o entre estas discursividades que possam sinalizar os limites encontrados pela profiss?o na sua trajet?ria e, principalmente no contexto atual, as possibilidades intr?nsecas da profiss?o a serem potencializadas pelos assistentes sociais na concretiza??o do projeto ?tico-pol?tico profissional. De um conjunto de textos de autores do Servi?o Social foram selecionados enunciados discursivos e fatos que produzem mudan?as no processo discursivo da profiss?o e de textos de autores feministas, enunciados que identificam as mudan?as obtidas pelo feminismo em rela??o ? vida das mulheres desde a implanta??o do capitalismo na sociedade brasileira. A an?lise dos discursos da profiss?o e dos discursos produzidos pelo feminismo possibilitou a compreens?o das modifica??es no sentido atribu?do pela forma??o discursiva do capital ?s mulheres e ao Servi?o Social e as mudan?as na posi??o sujeito das mulheres e dos assistentes sociais, de forma a que se desvelassem os per?odos de assujeitamento/alian?as e os de afastamento/rupturas com esta forma??o discursiva. A inter-rela??o da profiss?o com o feminismo, segundo a An?lise do Discurso, mostrou-se um fator importante da ruptura procedida pela profiss?o com a forma??o discursiva do capital e da alian?a/identifica??o com a forma??o discursiva do trabalho. O projeto ?tico-pol?tico do Servi?o Social ? a discursividade que materializa esta identifica??o e estas alian?as, e sua operacionaliza??o constitui um dos grandes desafios do trabalho profissional no atual contexto da Globaliza??o neoliberal. A tese apresenta a potencialidade da condi??o feminina, predominante na categoria dos assistentes sociais, como um fator relevante para o enfrentamento destes desafios

    Configura??es do trabalho do assistente social na aten??o prim?ria em sa?de (APS) no s?culo XXI : um estudo da produ??o te?rica do servi?o social brasileiro

    No full text
    Made available in DSpace on 2015-04-14T13:20:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 457557.pdf: 1378173 bytes, checksum: 20bd6a652eada21f449683ab10608bab (MD5) Previous issue date: 2014-02-28The work of social workers in primary care of the Unified Health System (UHS) is the central theme of this Doctoral Thesis in Social Work, which main goal was to explain the job settings of the social worker in Primary Health Care (PHC) in theoretical yield of Social Service, in order to unravel the interface of professional ethical-political project and the care in the Unified Health System (UHS) in the twenty-first century style. To this end, we resorted to the literature search, the explanatory type, with a qualitative approach, theoretical and epistemological framework based on the critical dialectical method of inspiration and its theoretical and methodological categories historicity, totality, contradiction and mediation articulated to the themes of social work assistant, professional ethical-political project of Social Service, Primary Health Care (PHC), the Unified Health System (UHS) and the model of care in health, inspired by the theoretical framework of Social Work and Public Health and publications and measures of the Ministry of Health (MOH). The twenty publications of Social Service about the work of social workers in primary care of the Unified Health System (UHS) in the period from 2005 to 2012, located in the bibliographical sources for collecting survey data were subjected to content analysis with themed cut. The results at the end of the spiral work process research show that, according to the incipient theoretical yield of Social Service, the work of social workers in primary care of the Unified Health System (UHS) in the XXI century is configured as merges the interface between professional ethical-political project of social work, with different models of care conformed within the Unified Health System (UHS) and the polysemy of theoretical-conceptual and technical-operative approaches to primary health care (PHC), in tension between the recognition of determinants or health needs as a social right of state responsibility in view of the completeness and the commodification of health in the form of goods restricted to the dictates of neoliberal capitalist society project, hegemonic on the contemporary scene.O trabalho do assistente social na aten??o prim?ria do Sistema ?nico de Sa?de (SUS) ? o tema central desta Tese de Doutorado em Servi?o Social, que teve como objetivo geral explicitar as configura??es do trabalho do assistente social na Aten??o Prim?ria em Sa?de (APS) na produ??o te?rica do Servi?o Social, tendo em vista desvendar a interface do projeto ?tico-pol?tico profissional e o modelo de aten??o no Sistema ?nico de Sa?de (SUS) no s?culo XXI. Para tanto, recorreu-se ? realiza??o de uma pesquisa bibliogr?fica, do tipo explicativo, com abordagem qualitativa, fundamentada no m?todo dial?tico cr?tico e suas categorias te?rico-metodol?gicas historicidade, totalidade, contradi??o e media??o articuladas ?s categorias tem?ticas trabalho do assistente social, projeto ?tico-pol?tico profissional do Servi?o Social, Aten??o Prim?ria em Sa?de (APS), Sistema ?nico de Sa?de (SUS) e modelo de aten??o em sa?de, inspiradas no referencial te?rico do Servi?o Social e da Sa?de Coletiva e nas publica??es e medidas e medidas do Minist?rio da Sa?de (MS). As vinte publica??es do Servi?o Social sobre o trabalho do assistente social na aten??o prim?ria do Sistema ?nico de Sa?de (SUS), no per?odo de 2005 a 2012, localizadas nas fontes bibliogr?ficas de coleta de dados da pesquisa foram submetidas ? an?lise de conte?do com corte tem?tico. Os resultados encontrados ao final do processo de trabalho em espiral da pesquisa apontaram que, de acordo com a incipiente produ??o te?rica do Servi?o Social, o trabalho do assistente social na aten??o prim?ria do Sistema ?nico de Sa?de (SUS) no s?culo XXI, se configura como mescla da interface entre o projeto ?tico-pol?tico profissional do Servi?o Social, com os distintos modelos de aten??o conformados no ?mbito do Sistema ?nico de Sa?de (SUS) e a polissemia de abordagens te?rico-conceptual e t?cnico-operativa da Aten??o Prim?ria em Sa?de (APS), na tens?o entre o reconhecimento dos determinantes ou necessidades de sa?de enquanto direito social de responsabilidade do Estado na perspectiva da integralidade e a mercantiliza??o da sa?de sob a forma de mercadoria na perspectiva restrita aos ditames do projeto societ?rio capitalista neoliberal, hegem?nico na cena contempor?nea

    O servi?o social no programa de resid?ncia multiprofissional em sa?de : uma estrat?gia de consolida??o do projeto ?tico-pol?tico profissional?

    No full text
    Made available in DSpace on 2015-04-14T13:20:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 430599.pdf: 248216 bytes, checksum: 6631146c3b4b142d11bddaada31d8fc3 (MD5) Previous issue date: 2011-01-25Este estudo discute as Particularidades do Servi?o Social no contexto dos Programas de Resid?ncia Multiprofissional em Sa?de, em Porto Alegre, nos anos de 2009 e 2010. O objetivo desse estudo foi analisar as express?es das particularidades do Servi?o Social nos Programas de Resid?ncia Multiprofissional em Sa?de, a fim de identificar sua inser??o no cotidiano da Educa??o Permanente em Sa?de. A pesquisa realizada foi do tipo qualitativa, com orienta??o epistemol?gica do m?todo dial?tico-cr?tico, a partir das seguintes categorias: totalidade, contradi??o e historicidade. Entre os resultados do estudo, verifica-se que na Resid?ncia Multiprofissional em Sa?de podem ser encontrados os pressupostos contra-hegem?nicos da Educa??o Permanente e da Reforma Sanit?ria, em rela??o ao projeto societ?rio em curso. Identifica-se, na inser??o do Assistente Social, um potencial para a consolida??o do projeto ?tico-pol?tico profissional, tamb?m direcionado ao eenfrentamento do projeto societ?rio hegem?nico. Mas para isso, ? fundamental ampliar a reflex?o em rela??o ao trabalho desenvolvido nesse espa?o, ouscando subs?dios nos referenciais te?ricos que garantam a compreens?o hist?rico-cr?tica da profiss?o

    O servi?o social e o controle social na sa?de : uma an?lise sob a perspectiva dos assistentes sociais

    No full text
    Made available in DSpace on 2015-04-14T13:20:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 453412.pdf: 5410337 bytes, checksum: 1d8aaadf3644812d44ce38c4da8b2db8 (MD5) Previous issue date: 2013-12-16This dissertation, prepared under the Graduate Program of Social Work at PUCRS, presents a qualitative study whose main objective is to analyze how Social Work is conducted within the scope of social control at the SUS [Unified Health Care System], in order to identify the professional role being developed, and to what extent this space is recognized as an axis of professional activity of Social Workers. Social control is understood as a space of contradiction that can both contribute to the democratization of social policies and serve to legitimize the needs of capital. Therefore, it is the stage for class struggle. The health care policy is investigated as the first social policy to guarantee social control in its legislation, through the Health Care Councils and Conferences. This study analyzed the approximation between the Health Reform Project and the Ethical-Political Social Work Project. It used the historical and dialectical materialism method to make a critical reading of social reality. The subjects investigated were the Social Workers who work at the Concei??o Hospital Group. For these Social Workers, it was found that social control activities take place more in terms of encouraging the participation of users in the search for their protagonism than in direct participation by the Social Workers in social control areas. The majority of the subjects studied consider social control to be an axis of professional activity; however, there are weaknesses in the materialization of social control in their daily work. Better recognition of the Ethical-Political Social Work Project would help to identify the professional role of the Social Workers in terms of social controlEsta disserta??o, desenvolvida junto ao Programa de P?s-Gradua??o em Servi?o Social da PUCRS, apresenta um estudo qualitativo que tem como principal objetivo analisar de que forma acontece a inser??o do Servi?o Social no controle social no SUS, a fim de identificar o papel profissional que vem sendo desenvolvido, bem como o reconhecimento deste espa?o enquanto eixo de atua??o profissional dos Assistentes Sociais. O controle social ? entendido como espa?o contradit?rio que pode tanto contribuir com a democratiza??o das pol?ticas sociais como servir para legitimar as necessidades do capital. Portanto, ? palco da disputa de classes. A pol?tica de sa?de ? investigada como primeira pol?tica social a garantir, em sua legisla??o, o controle social por meio dos Conselhos e Conferencias de Sa?de. O estudo busca realizar uma an?lise da aproxima??o entre o Projeto da Reforma Sanit?ria e o Projeto ?tico-Pol?tico do Servi?o Social. Utiliza o m?todo materialista dial?tico hist?rico na realiza??o de uma leitura cr?tica da realidade social. Os sujeitos investigados foram os Assistentes Sociais que trabalham no Grupo Hospitalar Concei??o. Verificou-se que, para estes Assistentes Sociais, a atua??o em rela??o ao controle social acontece mais no incentivo ? participa??o dos usu?rios na busca de seu protagonismo do que na participa??o direta dos Assistentes Sociais nos espa?os de controle social. A grande maioria dos sujeitos pesquisados considera o controle social como eixo de atua??o profissional, no entanto, aparecem fragilidades na materializa??o do controle social no seu cotidiano de trabalho. Em rela??o ao Projeto ?tico-Pol?tico do Servi?o Social, observa-se que o maior reconhecimento deste ajudaria a identificar o papel profissional dos Assistentes Sociais junto ao controle socia
    corecore