oaioai:doaj.org/article:23996207149642b8993167d9aa121ed4

Percepção do acidente fatal de trabalho para a família da vítima

Abstract

O trabalho humano constitui importante meio de inserção social, implicado na formação de identidade e de reconhecimento social. Em caso de acidente de trabalho fatal, a família sofre os impactos desse fenômeno em sua organização e dinâmica. Esta pesquisa teve por objetivo investigar a percepção do acidente de trabalho fatal para a família de uma vítima no sul do Estado do Espírito Santo, cuja análise se baseou nos seguintes temas: condições de trabalho do acidentado, impactos psicossociais gerados pelo acidente de trabalho e mudanças na dinâmica familiar em função dessa ocorrência. Foram entrevistados três membros da família da vítima e seu empregador. Os dados foram analisados conforme os critérios qualitativos da fenomenologia semiótica. Os resultados apontam um paradoxo na percepção da família da vítima e do empregador sobre o acidente: enquanto sua repercussão para a família se fundamenta na importância social do trabalho, para o empregador, associa-se à defesa da empresa e de sua responsabilidade sobre a morte no trabalho

Similar works

Full text

thumbnail-image

Directory of Open Access Journals

Provided original full text link
oaioai:doaj.org/article:23996207149642b8993167d9aa121ed4Last time updated on 10/13/2017

This paper was published in Directory of Open Access Journals.

Having an issue?

Is data on this page outdated, violates copyrights or anything else? Report the problem now and we will take corresponding actions after reviewing your request.