Article thumbnail

Ludwik Fleck (1896-1961) e a translação do conhecimento: considerações sobre a genealogia de um conceito

By Leticia Barbosa and André Pereira Neto

Abstract

RESUMO A racionalidade científica moderna tem sido questionada, nos últimos anos, de diversas maneiras, entre as quais destaca-se a translação do conhecimento - um método de pesquisa e ação que visa a incentivar a troca entre diferentes saberes, construindo um conhecimento comum voltado para a compreensão e transformação da realidade existente. Trata-se de um procedimento cada vez mais utilizado na avaliação participativa. O objetivo deste artigo é discutir em que medida as bases conceituais da translação do conhecimento podem estar associadas à ideia de 'coletivo de pensamento', desenvolvida por Ludwik Fleck (1896-1961) na obra 'Gênese e desenvolvimento de um fato científico' (1935)

Topics: Conhecimento, Ciência, Avaliação em saúde, Public aspects of medicine, RA1-1270
Publisher: Centro Brasileiro de Estudos de Saúde
DOI identifier: 10.1590/0103-11042017s23
OAI identifier: oai:doaj.org/article:14a125a590f64710a5b72334db68322c
Journal:
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • https://doaj.org/toc/2358-2898 (external link)
  • http://www.scielosp.org/scielo... (external link)
  • https://doaj.org/article/14a12... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.