Article thumbnail

Hydrosedimentological monitoring in catchment from Sul-RioGrandense shield

By Guilherme Kruger Bartels

Abstract

The construction and the use of hydrosedimentological monitoring networks, are extremely important for the comprehension of the dynamics of phenomena involved, e.g. rain, discharge and sediment production. The hydrosedimentological monitoring is realized to describe and understand the transport and production of sediment in one catchment. Therefore the objective of this work was to analyze the relationship between the hydrosedimentological processes in one rural catchment, using monitoring techniques. This work was developed in the Arroio do Ouro catchment, situated between Pelotas and Morro Redondo/RS, with a drainage area of 17,27km², with average elevation of 194 meters, and undulating relief predominant. The soil uses are destined to activities in small farms, observing the cultivate of peach, corn and tobacco, apart from activities of livestock milk and aviculture. The continuous hydrosedimentological monitoring began in the beginning of 2014, with precipitation sensors (rain gauges), pressure sensors (pressure-sensing limnograph), and turbidity sensors (turbidity meter).During the 6-month monitoring period (April to October, 2014) 13 precipitation events were monitored, with different features and different condition of use and management. The results demonstrate that the sediment production has a direct relation with the magnitude of the precipitation events, in which one of these events was responsible for the transport of 1335,58 tons of sediment, corresponding to 59,4% of the total production of sediments of the all monitoring events. The bedload transported represented from 9 to 43,8% of the total of sediment rate, highlighting the importance of the total bedload in Arroio do Ouro. The hysteretic loops did not produce predominance of one type of way, presenting clockwise and counter-clockwise events. However, the events which presented counter-clockwise hysteretic loops were characterized by the lower magnitude. In these events it is possible the occurence of sediment deposition in the river channel, limited to transport of sediment from more distant areas, as it is typical in this type of hysteretic loops.Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPESA construção e uso de redes de monitoramento hidrossedimentológicas, são extremamente importantes para compreensão da dinâmica dos fenômenos envolvidos, chuva, vazão e produção de sedimentos. O monitoramento hidrossedimentológico realizado para descrever e compreender o transporte e a produção de sedimentos em uma bacia hidrográfica. Assim o objetivo deste trabalho foi analisar relações entre os processos hidrossedimentológicos numa bacia hidrográfica rural, utilizando técnicas de monitoramento. O trabalho foi realizado na bacia hidrográfica do Arroio do Ouro, localizada entre os municípios de Pelotas e Morro Redondo/RS, com área de 17,17km2, elevação média de 194 metros, predominância de relevo ondulado. Os usos predominantes do solo são das atividades desenvolvidas em pequenas propriedades familiares, observando-se o cultivo de espécies como pêssego, milho e tabaco, além de atividades de pecuária leiteira e avicultura. O monitoramento hidrossedimentológico contínuo teve início em 2014, com sensores de precipitação (pluviógrafos), sensor de pressão (nível) e sensor de turbidez (turbidímetro). Durante o período de monitoramento de 6 meses (abril a outubro de 2014) foram monitorados 13 eventos de precipitação, com diferentes características e em diferentes condições de uso e manejo do solo. Os resultados demonstram que a produção de sedimento tem relação direta com a magnitude dos eventos de precipitação, na qual um evento extremo foi responsável pelo transporte de 1.335,58 toneladas de sedimento, correspondendo a 59,4% da produção total de sedimentos de todos os eventos monitorados. O sedimento transportado em arraste representou de 9 a 43,8% do total de sedimento transportado, destacando sua importância do transporte em arraste no Arroio do Ouro. O laço de histerese não apresentou predominância em um único sentido, observando-se eventos com sentido horário e anti-horário. No entanto os eventos que apresentaram histerese anti-horária foram caracterizados por serem de pequena magnitude, nestes eventos é possível que ocorra a deposição de sedimento na calha fluvial, limitados ao transporte de sedimento proveniente de áreas mais distantes como é o característico deste tipo de histerese

Topics: Recursos hídricos, Produção de sedimentos, Transporte em arraste, Monitoramento, Monitoring, Histerese, Sediments production, Bedload transport, Hysteretic loops, CNPQ::ENGENHARIAS
Publisher: 'Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia (RBHH)'
Year: 2015
OAI identifier: oai:repositorio.ufpel.edu.br:ri/2800
Provided by: Guaiaca
Download PDF:
Sorry, we are unable to provide the full text but you may find it at the following location(s):
  • http://repositorio.ufpel.edu.b... (external link)
  • Suggested articles


    To submit an update or takedown request for this paper, please submit an Update/Correction/Removal Request.