oaioai:repositorio.ufpe.br:123456789/10164

Influência das rodovias PE-60 e PE-076 sobre a anurofauna de solo da Reserva Biológica Saltinho

Abstract

A Floresta Atlântica apresenta alta biodiversidade, contrastante com seu alto grau de fragmentação, intensificado pela ocorrência de rodovias. Esse trabalho objetivou registrar a influência direta e indireta de rodovias sobre a riqueza, abundância e distribuições temporal e espacial de anuros de solo e a penetração de ruídos na Reserva Biológica Saltinho (RBS), Pernambuco, Brasil. Foram instaladas oito linhas de pitfalls, quatro às margens das rodovias e quatro distantes delas, revisadas semanalmente de jan/2010 a jan/2011. As relações com pluviosidade, temperatura e umidade do ar foram testadas por meio da correlação de Spearman. As áreas foram comparadas usando ANOVA Kruskal-Wallis e ANOSIM. Foram registrados 245 animais, compondo 14 espécies. As estações seca e chuvosa não diferiram nas abundâncias, nem houve correlação entre as abundâncias populacionais com as variáveis abióticas. A ANOSIM não diferenciou a área das rodovias daquelas mais distantes. Vinte espécimes de espécies tolerantes a áreas abertas foram encontrados atropelados, sendo que uma delas representa o segundo registro para o Estado. Os ruídos das estradas penetram cerca de 800 m na floresta, fortemente até 200 m da margem das rodovias, reduzem entre 200 m e 800 m em 1.5 dB/100 m, e após, não há influência sonora das rodovias. Apesar da similaridade na distribuição da anurofauna, não é possível afirmar que as estradas não tenham efeitos negativos sobre os animais, tendo em vista a impossibilidade de dissociar os seus efeitos dos demais impactos sofridos pela RBS. As baixas abundâncias encontradas e os atropelamentos registrados são fenômenos que estão conhecidos como consequência das rodovias indireta e diretamente, respectivamente. Fragmentos florestais pequenos ligados a riachos (caso da RBS) são considerados importantes para a fauna de anfíbios em paisagens muito fragmentadas e as rodovias ainda devem ser observadas com atenção visando à minimização de mortalidades a elas associáveis e conservação da anurofauna que persiste no local.CAPE

Similar works

Full text

thumbnail-image

Repositório Institucional da UFPE

Provided original full text link
oaioai:repositorio.ufpe.br:123456789/10164Last time updated on 11/23/2016

This paper was published in Repositório Institucional da UFPE.

Having an issue?

Is data on this page outdated, violates copyrights or anything else? Report the problem now and we will take corresponding actions after reviewing your request.